Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Wolf-Ferrari – Compositor italiano

por António Filipe, em 12.01.13
No dia 12 de Janeiro de 1876 nasceu, em Veneza, o compositor italiano Ermanno Wolf-Ferrari, filho de mãe italiana e pai alemão.

Ainda que tenha estudado piano desde a mais tenra idade, a música não foi a principal paixão da sua juventude. O que ele mesmo queria era ser pintor como o seu pai. Estudou intensamente em Veneza e até viajou para o exterior, para estudar em Munique. Foi aí que Wolf-Ferrari começou a considerar a música seriamente. Matriculou-se no conservatório e estudou contraponto e composição. As fortuitas classes de música do início, com o tempo, eclipsaram completamente os estudos de arte e a música tomou conta da vida de Wolf-Ferrari. Com 19 anos de idade deixou o conservatório e voltou para a casa da família em Veneza. Ali, trabalhou como maestro de coro, casou-se, teve um filho e conheceu Boito e o grande Verdi.
Alguns anos mais tarde, Wolf-Ferrari estreou a sua primeira ópera, La Cenerentola, com base na história da Cinderela. Na Itália, a ópera foi um fracasso e o compositor, humilhado, voltou para Munique. A audiência alemã provaria ser mais receptiva ao seu trabalho. Uma versão revista de La Cenerantola foi um sucesso em Brennan e, ao mesmo tempo, o jovem compositor tornava-se internacionalmente famoso com a maravilhosa cantata La Vita Nuova. Até ao início da Primeira Guerra Mundial, as óperas de Wolf-Ferrari eram as mais executadas no mundo. Wolf-Ferrari morreu em Veneza, em 1948, alguns dias depois de seu septuagésimo segundo aniversário.


Intermezzo, da ópera “The Jewels of the Madonna”, de Wolf-Ferrari
NHK Symphony Orchestra
Maestro: Wolfgang Sawallisch

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Sinfonia Doméstica, de Richard Strauss

por António Filipe, em 31.12.12
Na véspera de Ano Novo de 1903, Richard Strauss terminou a composição do poema sinfónico em fá maior, a que chamou "Sinfonia Doméstica".

Richard Strauss começou a trabalhar nesta obra em 1902, quando passava férias com a mulher e o filho na ilha de Wight. De regresso a Berlim, começou a sua orquestração, terminando-a no dia 31 de Dezembro de 1903.
A "Sinfonia Doméstica" descreve a vida familiar de Richard Strauss, que, em 1894, tinha casado com Pauline de Ahna, soprano de temperamento ardente, com quem teve um único filho, Franz, nascido em 1897. Durante uma tournée pela América, dirigiu-a pela primeira vez em Março de 1904, no Carnegie Hall, de Nova Iorque. É possível que esta sinfonia mostre um lado mais alegre do que a maioria das composições orquestrais de Richard Strauss, mas grandes secções da obra também retratam brigas e outras tensões domésticas, concluindo com uma fuga elaborada que restaura a coerência na casa.


Final da Sinfonia Doméstica, de Richard Strauss
Orquestra de Filadélfia
Maestro: Wolfgang Sawallisch

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Ferdinand Hérold - Compositor

por António Filipe, em 19.01.12

No dia 19 de Janeiro de 1833 morreu, em Paris, o compositor francês Ferdinand Hérold, conhecido pelas suas óperas e ballets. Tinha nascido na mesma cidade a 28 de Janeiro de 1791. As suas primeiras aulas de música foram em casa, com o pai, pianista e compositor, tendo sido admitido mais tarde no Conservatório de Paris. Em 1812 concorreu ao prestigiado “Prix de Rome” com as suas peças para piano. Como vencedor do 1º prémio foi para Itália onde conviveu com Paisiello e Zingarelli que o incentivam a compor ópera. É assim que surge “A juventude de Henrique V”, a primeira ópera de Hérold e um estrondoso sucesso em Nápoles, onde trabalhava como pianista para a rainha Carolina.
Em 1827, um ano após o êxito da sua ópera Marie, tornou-se maestro do coro da Ópera de Paris. Um ano depois consagrou-se também como compositor de ballets com “La Fille mal gardée”. A ópera Zampa chegou com um estrondoso sucesso em 1831, ano em que Ferdinand Hérold começava a evidenciar problemas de saúde, sendo que, no dia 19 de Janeiro de 1833, pouco depois da estreia da sua ópera “Le Prés-au-Clercs”, morreu de tuberculose, em Paris. A sua música ainda hoje permanece bastante popular na França, Itália e Alemanha, sobretudo à custa do bailado “La Fille mal gardée” e da ópera “Zampa”.


Abertura da ópera “Zampa”, de Ferdinand Hérold
Orquestra Sinfónica NHK
Maestro: Wolfgang Sawallisch

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Meu nome é Valeria Marco. Há 6 meses atrás, meu ne...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    OLÁ, você precisa de um serviço de hackers? Você e...

  • Anónimo

    OLÁ, você precisa de um serviço de hackers? Você e...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um serviço de hackers profiss...

  • Anónimo

    Você está em busca de um serviço de hacking confiá...

  • Anónimo

    They are all scammers, they will make you pay afte...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog