Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lohengrin, de Wagner

por António Filipe, em 28.08.13
No dia 28 de Agosto de 1850, estreou-se, em Weimar, na Alemanha, a ópera “Lohengrin”, de Richard Wagner.

É uma ópera romântica em três actos, cujo libreto foi adaptado pelo próprio compositor. A estreia aconteceu sob a direcção de Franz Liszt, amigo íntimo de Wagner. Liszt escolheu esta data em honra do cidadão mais conhecido de Weimar, Johann Wolfgang von Goethe, que nasceu naquele dia, em 1749. A história do protagonista foi retirada de uma novela germânica medieval - a história de Perceval e do seu filho Lohengrin. Passa-se durante a primeira metade do séc. X, no Ducado de Brabante (na actual região de Antuérpia, na Bélgica).
Lohengrin é um personagem do Ciclo Arturiano. Filho de Perceval, é um cavaleiro da Távola Redonda enviado num barco guiado por cisnes para defender a princesa Elsa da falsa acusação de ter matado o irmão mais novo (que na realidade está vivo e reaparece no final da obra). De acordo com a interpretação de Wagner, o Santo Graal fornece ao Cavaleiro do Cisne poderes místicos que só podem ser mantidos se o seu nome e origem permanecerem em segredo. “Lohengrin” é uma ópera que faz grande uso do “leitmotiv”, confirmando o início da tradição wagneriana iniciada na ópera “O holandês voador”. Pode-se destacar como passagens famosas o célebre coro nupcial que se segue ao prelúdio do terceiro acto.


Prelúdio e “Marcha nupcial”, da ópera “Lohengrin”, de Wagner
Coro e Orquestra Filarmónica Nacional da Hungria
Maestro: Janos Kovacs

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


William Cochran – Tenor norte-americano

por António Filipe, em 23.06.13
No dia 23 de Junho de 1943, nasceu em Columbus, no estado do Ohio, o tenor americano William Cochran.

Estudou no Curtis Institute of Music, com Martial Singher. Estreou-se no Metropolitan Opera de nova Iorque, em 1968, como Vogelgesang, na ópera “Os Mesters Cantores de Nuremberga”, de Wagner. No ano seguinte, cantou o papel de Froh, no “Anel dos Nibelungos”, do mesmo compositor.

Em 1974, estreou-se no Covent Garden, na ópera “Jenůfa”, de Leoš Janáček, sob a direcção de Charles Mackerras e, no ano seguinte, cantou Lohengrin, na Ópera de Nova Orleães. Em 1977 actuou na ópera “Katya Kabanova”, de Janáček, em São Francisco, onde regressou, em 1997, para interpretar o papel de Herodes, na ópera “Salomé", de Richard Strauss.
Em 1982 e, novamente, em 1986, Cochran actuou na Companhia de Ópera de Boston, ambas as vezes sob a direcção da maestrina Sarah Caldwell.
Na temporada de 1984-85, regressou ao Met, para interpretar o papel de Bacchus, na ópera “Ariadne auf Naxos”, de Richard Strauss.
William Cochran ambém se apresentou com companhias de ópera em Frankfurt, Munique, Hamburgo e Viena.


Excerto do 1º acto da ópera “A Valquíria”, de Wagner
Tenor: William Cochran
Soprano: Eileen Farrell
Orquestra Sinfónica de Utah
Maestro: Maurice Abravanel

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Erich Kleiber – Maestro austríaco

por António Filipe, em 05.08.12

No dia 5 de Agosto de 1890 nasceu, em Viena, o maestro Erich Kleiber no dia 5 de Agosto de 1890. Estudou em Praga e, em 1923, depois de dirigir a ópera Fidélio, de Beethoven, na Ópera Estatal de Berlim, tornou-se o director musical dessa instituição. Em 1925 dirigiu a estreia mundial de Wozzeck, de Alban Berg. Quando a segunda ópera de Berg, Lulu, foi proibida pelo Partido Nazi, abandonou o seu posto na Ópera de Berlim, em sinal de protesto. Kleiber também abdicou do seu contrato com o teatro La Scala de Milão, em Abril de 1939, logo após o regime de Mussolini anunciar o anti-semismo.
Posteriormente, Erich Kleiber mudou-se para Buenos Aires, onde trabalhou no Teatro Colón, assumindo o cargo de director musical. É especializado no repertório operático alemão, particularmente nas obras de Wagner. Graças ao prestígio do seu nome, conseguiu atrair grandes nomes ao Teatro Colón. Naturalizou-se argentino em 1938. O seu filho, Carlos Kleiber, foi, também, um maestro de renome. Erich Kleiber morreu no dia 27 de Janeiro de 1956, em Zurique.


Abertura da ópera “Lohengrin”, de Wagner
Danish Royal Opera
Maestro: Erich Kleiber

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 13 de Fevereiro de 1883, morreu, em Veneza, o compositor alemão Richard Wagner, um dos mais influentes compositores da música erudita. Tinha nascido no dia 22 de Maio de 1813, em Leipzig, cidade talismã da grande música. Foi compositor, maestro, teórico musical, ensaísta e poeta. Na música, foi um dos expoentes do romantismo.
Era um homem de personalidade egocêntrica e teve uma vida turbulenta e ideias radicais, não só quanto à música, mas também em assuntos tão diversos como a religião e a pureza racial.
Tendo-se apropriado do dinheiro e das mulheres dos seus amigos como se a sua condição de génio tudo permitisse, Wagner viveu em mais de uma dúzia de cidades da Europa, por vezes fugido de credores impacientes ou governos enfurecidos. Era anti-semita e xenófobo fanático e os seus caóticos panfletos viriam a ser muito admirados pelo ditador Adolf Hitler.
Apesar deste carácter controverso, teve um papel primordial na cultura europeia do séc. XX. Revolucionou a ópera, que com ele passou a ser o chamado “drama musical”. Combinação perfeita de música, poesia, dança e artes visuais, Wagner enriqueceu, como poucos, este género musical. Mas a produção wagneriana não se limitou à ópera, tendo conseguido excelentes obras no domínio da música orquestral e em particular da música de câmara.


Prelúdio da ópera "Tristão e Isolda", de Wagner
Orquestra Sinfónica de Boston
Maestro: Leonard Bernstein

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 12 de Fevereiro de 1890, morreu, no Cairo, o maestro, pianista e compositor alemão Hans von Bülow. Tinha nascido a 8 de Janeiro de 1830, em Dresden, na Alemanha. Virtuoso pianista, foi um dos mais famosos maestros do século XIX. Entre 1887 e 1892 foi director artístico e maestro titular da Filarmónica de Berlim. Em 1848 entrou para a Universidade de Leipzig para estudar Direito, porém, ao assistir a uma representação da ópera Lohengrin, de Richard Wagner, dirigida por Liszt, decidiu tornar-se músico profissional. Foi para Zurique, e encontrou Wagner, de quem recebeu conselhos essenciais sobre direcção de orquestra. Entre 1851 e 1853 estudou piano com Franz Liszt, em Weimar. No período de 1855 e 1864 ocupou a cátedra principal de piano no Conservatório Stern em Berlim e, em 1867, assumiu a direcção do Conservatório da Baviera.
Bülow, que construíra fama como pianista e também como maestro, veio a ser o solista na primeira execução do Concerto nº 1 para piano e orquestra de Tchaikovsky, em 1875, em Boston. Em apenas dois anos apresentou 139 concertos, apenas nos Estados Unidos. Como compositor, é mais conhecido pelas suas paráfrases e transcrições de óperas de Gluck, Verdi, e Wagner, incluindo a primeira transcrição para piano da ópera “Tristão e Isolda”, de Wagner. É de sua autoria a conhecida frase: "Os três grandes ‘Bs’ da música", fazendo referência a Bach, Beethoven e Brahms.
A partir de 1890 a sua saúde física e mental começou a deteriorar-se, devido a um tumor do nervo cervical radicular. Esperando uma melhoria na sua saúde, viajou para o Egipto em 1894, tendo vindo a falecer, no Cairo, poucos dias depois da chegada.


Abertura da ópera “Tannhäuser”, de Wagner
Arranjos para piano a 4 mãos de Hans von Bülow
Piano: Katrijn Simoens e John Gevaert

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Godsto Mamedu

    Trazemos a você boas notícias dos cartões master e...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    kkkk tipo a classe média de Cuba ou da Venezuela?

  • Anónimo

    Olá, telespectadores, quero compartilhar minha exp...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ONLINE Cuidado com os am...

  • Barei Khan

    Olá, deparei-me com um grupo de hackers certificad...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog  



subscrever feeds