Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sines - revolução industrial - Turismo

por Luis Moreira, em 30.05.12
E a realização total dos "Estados Unidos da Europa". As crises têm esta virtude. Mostram que há condições que são absolutamente necessárias para se atingirem objectivos ambiciosos e sem as quais as crises voltam sempre. Sines que nasceu há 50 anos e que só nos últimos anos viu serem-lhe reconhecidos os méritos que fazem do seu porto de águas profundas uma mais valia não só para Portugal mas também para a Europa. E o relançamento da indústria na Europa sem o que não há emprego permanente .

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00


Que o estado não chateie

por Luis Moreira, em 17.03.12

Que o estado não chateie, que o Presidente da Câmara não demore seis meses a responder a um pedido de reunião, que a Ordem dos Médicos não demore no exame de português que quer fazer a " renomado especialista em microcirurgia infantil"...

Isabel Vaz disse que "há uma grande oportunidade a nível de saúde porque está em cima da mesa uma directiva europeia que permite a escolha dos doentes a nível europeu". Segundo a gestora, Portugal encarou esta decisão como uma ameaça, mas "os privados vêem como uma oportunidade de ganhar o mercado europeu".
Para Isabel Vaz, Portugal "pode e deve saber ser um 'player' no turismo de saúde", mas tem de se saber posicionar nos mercados emissores de eleição.

"Não precisamos que o estado nos dê doentes, só precisamos que não chateie!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30

“Ou você tem uma estratégia própria, ou então é parte da estratégia de alguém.” Alvin Toffler

Vi, adorei e enviei o vídeo publicitário com o título “Estoril” (ver link abaixo) ao meu grupo-alvo alemão. Algumas das reacções espontâneas recebidas

“Adorei o vídeo, aqueceu-me o coração” (empresária alemã)

e

“Estou a sentir saudades de Portugal e logo que tenha tempo,

lá estarei de volta” (dono – retirado – de uma organização turística internacional)

 corroboraram a minha ideia de que o país, isto é, a “montra” da sua “loja”,  está muito bem apresentado.

Todavia, existem outros aspectos que precisam de ser focados. Como é óbvio, a vida económica das sociedades não pode apenas consistir em “lojas” onde – com relativa passividade - donos e vendedora(e)s  se encontram à espera de clientes. Tem que haver também uma parte activa e industrial que dá cartas lá fora.

Neste sentido, gostaria de lembar o que escrevi sobre este tema no meu artigo

 “A aventura alemã das empresas de construção civil portuguesas – Sobre as causas e consequências de

uma internacionalização de empresas estrategicamente mal compreendida e concebida”

(Jornal de Notícias 10-13.09.96):

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:49


Fátima é uma poderosa marca comercial

por Luis Moreira, em 05.12.11

Uma das marcas mais conhecidas no mundo inteiro é Fátima. Inserida no chamado turismo religioso, Fátima chama a Portugal muitos milhões de pessoas.    Esta razão deveria determinar decisões de investimento de acesso, acolhimento e aproveitamento como pólo agregador de toda uma região ímpar em monumentos e belezas naturais, não esquecendo a gastronomia.

Por ali perto, encontramos Óbidos, Caldas da Rainha, Nazaré, Batalha, Alcobaça, Peniche e de fácil acesso a partir de Lisboa.

Em contraponto ao turismo de sol e praia, o desenvolvimento deste pólo turístico religioso e cultural atrairia ao país outro tipo de pessoas, nivelando a procura na época baixa do turismo de sol e praia. Mas,  muito raramente tenho visto campanhas de publicidade que indiquem estarmos perante uma aposta forte do Turismo de Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Quando se trata de hackers, somos profissionais, t...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog  



subscrever feeds