Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A nomeação de Maria Luís Albuquerque para o cargo de Ministra das Finanças é uma provocação reles e vil saída da cabeça de uma criatura infame que, de derrota em derrota que não mata-mas-mói (não ainda totalmente real e eficaz, para meu lamento; que tais derrotas são o lado para onde eles melhor se deitam), insiste em vingar-se de quem, dia após dia -- na rua, nos jornais e nas redes sociais --, faz por lhas infligir. Falo das pedras no caminho do esvaziamento, do despejo, do esgotamento de um país; as areias na engrenagem da aniquilação total. Falo do POVO que ousa respirar.

Para o “neoliberalismo segundo coelho e respectivos caudilhos”, quanto pior melhor. Não quero com isto dizer que Gaspar era melhor do que a ora indigitada – ao nível do “pior é impossível”, não é sério fazer tal comparação. Ao dizer que, para Passos y sus muchachos, “quanto pior melhor”, refiro-me ao pior para Portugal e para os portugueses.

Gaspar era a pedra angular deste governo e das suas políticas de terra queimada. O plano de acabar com Portugal e com os Portugueses, pela via duma espécie de genocídio social, cultural, económico e institucional, sustentando numa espécie de solução final política, foi traçado a régua e esquadro por Gaspar, orientado pelos seus mandantes. E, ainda que fosse factual que Gaspar houvesse sido escolhido por Passos para a função – no que não concedo e apenas por uma questão de raciocínio refiro --, tal não retiraria ponta de verdade ao que atrás disse. Pelo contrário. Passos, eleito pelo voto popular, era a legitimação democrática, salvo seja, de um mercenário pago para trazer o país até aqui. Mas Gaspar já fez o seu trabalho e pode seguir adiante, para outras funções.

Em suma, neste estado de coisas, tanto fazia escolher Maria Luís Albuquerque como a nossa senhora de Fátima. O trabalho já está feito e o barco dos infernos já dispensa Caronte. Aos olhos dos neoliberais, o ideal até dispensaria, neste momento, um ministro das finanças – não vá correr-se o risco de o escolhido não ter a arte e o engenho de ir além de apenas se certificar de que o leme se mantém seguro na direcção do abismo.

Posto isto, e porque parece mal não ter alguém na pasta das Finanças, qual a razão para não dar mais uma cuspidela no POVO e escolher quem, antes de o ser, já reúne todas as condições para não o ser? Penso que foi o João Semedo que disse, as palavras são minhas mas ideia é esta, que a cabeça de Maria Luís Albuquerque podia ser pedida hoje mesmo, que quem o fizesse não cairia no ridículo.

Por mais absurdo que pareça, Passos escolheu Albuquerque para o cargo porque esta já reunia, hoje mesmo, aos olhos da higiene democrática, condições para ser demitida de secretária de estado. Que pior afronta para a democracia e para o regular funcionamento das instituições democráticas do que escolher Albuquerque? Alguém que comprovadamente mentiu e reincidiu na mentira? Antes que alguém ousasse pedir-lhe a cabeça, Passos promoveu-a. E como se deve estar a rir, e como deve estar a ser felicitado pela sua vilanagem companheira.

Se vivêssemos numa Democracia, se tivéssemos um Presidente da República, o governo cairia já hoje. Mas tal não acontece nem vai acontecer pelas mãos de Aníbal, o traidor. Para o decano regedor da destruição pátria, ora elevado a chefe de estado, este é um sonho tornado realidade.

E amanhã assistiremos à alegoria sórdida que aníbal, Passos e seus mandantes nos servem no prato – o gozo primário de homologar a ignomínia. Apesar de não a ter jurado – ou por isso mesmo --, à constituição democrática que cada vez mais se resume ao papel, sinto-me completamente desobrigado de respeitar o estado de sítio actual. E direi e agirei em conformidade.

Não assistirei cego, surdo e mudo a este “quanto pior melhor”, que tem como fim único a destruição e venda a retalho do país do meu filho. Continuarei a não dar para o peditório destes canalhas. Não assistirei sentado à destruição de Portugal. E continuarei a escrever e a fazer, em Liberdade – aqui ou ali --, aquilo que a consciência me dita.

Continuo a sonhar que é possível, mesmo que tudo indique o contrário. Assim o engenho e as forças mo permitam – e a loucura não me atente --, continuarei a contribuir para o extermínio do projecto de aniquilação de Portugal.

Este é o meu testemunho e a minha certeza. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42

Miguel Portas.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:36


Apesar de tudo 2012...

por Luis Moreira, em 31.12.11

Pode valer a pena! Assim se tomem medidas para tornar o país menos injusto e mais solidário. A maioria não acredita e tem fundadas razões para não acreditar tantas foram já as promessas não cumpridas. Mas eu tenho um filho com 35 anos e uma neta com 16 meses tenho que acreditar que estas novas gerações vão ser capazes de vencerem onde a minha se afundou.

Há muita gente jovem com novos horizontes e têm um problema em que se focar. Exigir que o país crie oportunidades para todos.

A nossa geração cumpriu um sonho, atingiu a democracia, mas não conseguimos uma sociedade justa embora, a verdade seja dita, o país tenha melhorado em imensos aspectos. Só quem nasceu depois do 25 de Abril é que não compreenderá esta verdade. O país há 30 anos atrás envergonhávamo-nos a todos.

Sem democracia, com imensa pobreza, maioritariamente analfabeto, estupidamente "só" no concerto das nações europeias e mundiais.

Temos que acreditar que depois da euforia do "capitalismo popular" nós todos, perante os miseráveis resultados, tenhamos também mais senso e menos ambição de possuir tudo e mais alguma coisa.

Que nos tirem o dinheiro mas que nos deixem sonhar é o meu desejo para todos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


Sonhar como Jesus sonhou

por n, em 07.12.11
O homem é bom, disso não há dúvida, mas às vezes exagera nos seus sonhos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:31

Leão Sonho na apresentação do Sporting

... já alguns dos "adeptos" continuam os energúmenos de sempre. Onde raio já se viu assobiar-se uma equipa que, obviamente, entrou condicionada por todo o ambiente de festa que a envolvia e, em cima disso, sofreu um golo aos cinco minutos? Por este caminho, mais vale jogarmos fora os jogos em casa (experimentem ver um jogo da Briosa, em Coimbra, para ver se aprendem o que é amar uma camisola).

Quanto aos lampiões que não tardaram em mandar-me sms de regozijo: as contas vamos fazê-las no fim, pode ser?

Em relação ao Sporting e ao jogo: o Valência jogou em casa -- houve quem fizesse por isso -- e mereceu a vitória, que só pecou por escassa.

E agora vou pôr as quotas do meu filho em dia.

PS - Já me esquecia, o Leão da imagem chama-se Sonho e foi hoje estrela no Estádio de Alvalade. As grades que vêem não servem para mais do que para o proteger da cambada de "adeptos" de que acima falei. Já viram alguém assobiar durante um sonho? Ok, já viram!, mas fica a parábola.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Anónimo

    I was searching for loan to sort out my bills &...

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO COM TODOS OS TIPOS DE TRABALHO HA...

  • Anónimo

    Recebi meu cartão multibanco programado e em branc...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    Olá, conheci um grupo de hackers há algumas semana...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog  



subscrever feeds