Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Gerard Schwarz - Maestro norte-americano

por António Filipe, em 19.08.12

No dia 19 de Agosto de 1947 nasceu em Weehawken, New Jersey, o maestro norte-americano, filho de pais austríacos, Gerard Schwarz. É o maestro principal da Orquestra Sinfónica de Seattle, no estado de Washington. Licenciou-se na Juilliard School, em Nova Iorque e começou a sua carreira como trompetista principal na Orquestra Filarmónica de Nova Iorque, sob a direcção de Pierre Boulez, cargo que manteve até 1973. Em 1971 ganhou o primeiro prémio nas Audições Internacionais de Jovens Artistas de Concerto. Tem sido director musical de várias organizações, entre as quais se destaca o Festival Mostly Mozart de Nova Iorque, que dirigiu entre 1982 e 2001.
Em 1989, Gerard Shwarz recebeu o prémio Ditson, para maestros, pelo seu empenho na apresentação de música americana. Entre as suas numerosas distinções, destacam-se o prémio de Maestro do Ano, em 1994, 13 nomeações para os Grammy e 3 para os Emmy (2 das quais resultaram na obtenção do prémio), pela sua interpretação do Requiem, de Mozart e das suas actuações com a Orquestra Sinfónica de Seattle, transmitidas pela cadeia pública de televisão PBS.


Sinfonia nº 8, de Shostakovich
Orquestra Sinfónica de Seattle
Maestro: Gerard Schwarz

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Sinfonia nº 7 “Leninegrado”, de Shostakovich

por António Filipe, em 19.07.12

No dia 19 de Julho de 1942 estreou-se, nos Estados Unidos, a Sinfonia nº 7, também conhecida como “Leninegrado”, de Shostakovich. Arturo Toscanini dirigiu a Orquestra Sinfónica da NBC.
A Sinfonia n.º 7, op. 60, em dó maior, composta por Dmitri Shostakovich, foi dedicada à cidade de Leninegrado, no dia 27 de Dezembro de 1941. No seu tempo, a sinfonia era extremamente popular na Rússia e no Ocidente, como um símbolo da resistência ao totalitarismo e militarismo nazi. Como uma condenação da invasão alemã à União Soviética, a peça é particularmente representativa das responsabilidades políticas que Shostakovich sentia perante o estado, apesar dos conflitos e críticas que sofreu ao longo da sua carreira por parte dos censores soviéticos e de Estaline.
Depois da guerra, a reputação da sinfonia decresceu substancialmente, devido à percepção do público como sendo propaganda de guerra e à ideia de que se tratava de uma das obras menos conseguidas de Shostakovich. Em anos mais recentes, estudiosos têm sugerido que a obra é melhor interpretada como sendo uma descrição do totalitarismo e fascismo no geral. Esta análise é subjectiva, visto não se saber ao certo quando a composição começou a ser elaborada.


Excerto da Sinfonia nº 7 “Leninegrado”, de Shostakovich
Orquestra Filarmónica da Malásia
Maestro: Kees Bakels

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Nota prévia:
Dedico esta sinfonia a Miguel Portas, que faria hoje 54 anos. Morreu em Antuérpia, no passado dia 24 de Abril, véspera do Dia da Liberdade. E, pelo que fez e disse, deixa muitas saudades. Obrigado, Miguel. Por tudo.

Neste 1º de Maio, Dia do Trabalhador, desejo a todos os que ainda têm emprego, um bom feriado. Para os restantes, um bom dia. Neste dia internacional do trabalhador veio-me à ideia o compositor russo Dmitri Shostakovich. Acontece que Shostakovich, entre muitas outras, escreveu uma sinfonia à qual deu o nome de “1º de Maio”. É a sua Sinfonia nº 3, op. 20, em mi bemol maior, da qual vos deixo um excerto.
Dmitri Shostakovich, que nasceu no dia 25 de Setembro de 1906 e morreu a 9 de Agosto de 1975, foi um compositor russo, do período soviético. A sua Sinfonia nº 3, “1º de Maio”, estreou-se no dia 6 de Novembro de 1931, pela Orquestra Filarmónica de Leninegrado, dirigida por Aleksander Gauk. Tal como a 2ª sinfonia, a 3ª é uma sinfonia coral experimental, com 4 secções contínuas. No final o coro canta um poema de Semyon Kirsanov, que exulta o 1º de Maio e a revolução.


Excerto da Sinfonia nº 3, “1º de Maio”, de Shostakovich
Maestro: Mstislav Rostropovich

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog