Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A pegada não morreu; apenas deslocámos a maior parte das nossas pegadas para o facebook. Enorme pecado, bem sabemos; mas por estes instantes, em que o tempo não abunda, é mais fácil interagir e publicar ali. Esta nossa casa não desaparece; será sempre a referência principal e o lugar das pegadas mais profundas. No entretanto, e quando não nos virem por aqui, é porque estamos aqui:pegadabook. Cliquem no link (não é necessário ter facebook para ler, apenas para comentar) e/ou façam like acima. A todos os leitores e ao sapo, que nunca nos falhou, pedimos desculpa. É coisa de momentos; a pegada será sempre aqui. Aqui é a regra, este anúncio não revela mais do que uma excepção. Já agora, e também no facebook, mas numa onda diferente -- e em que todos os leitores podem ser autores --, visitem o ouvir & falar.

 

 



Robert Stolz - Compositor e maestro austríaco

por António Filipe, em 25.08.13
No dia 25 de Agosto de 1880, nasceu, em Graz, o compositor e maestro austríaco Robert Stolz.

Era filho de um maestro e de uma pianista e sobrinho da soprano Teresa Stolz. Estudou no Conservatório de Viena com Robert Fuchs e Engelbert Humperdinck. Em 1907 sucedeu a Artur Bodanzky no Theater an der Wien. Depois de servir no exército austríaco, na Primeira Guerra Mundial, Stolz mudou-se para Berlim em 1925 e, em 1930, começou a compor música para filmes. Devido ao regime nazi, Stolz regressou a Viena, onde a sua música foi um sucesso. Viajou para Zurique e depois para Paris, onde, em 1939, foi internado com anemia.
Em 1940, partiu para Nova Iorque. Nos Estados Unidos, alcançou fama com os seus concertos de música de Viena, que começaram no Carnegie Hall. Como resultado, recebeu muitos convites para compor música para espectáculos e filmes. Em 1946, Stolz voltou para Viena, onde viveu o resto da vida. Nas décadas de 1960 e 70 fez uma série de gravações de operetas, de compositores como Johann Strauss e Franz Lehár. Em 1970, quando fez noventa anos, foi nomeado Cidadão Honorário de Viena.
Robert Stolz morreu em Berlim, no dia 27 de Junho de 1975.


Marcha, da opereta “Parada da Primavera”, de Robert Stolz
Orquestra Sinfónica de Viena
Maestro: Heinz Wallberg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    I got my ATM card already programmed and blank to ...

  • Anónimo

    Testemunho sobre como recebi meu empréstimo Olá, ...

  • Anónimo

    TESTIMONIO SOBRE COMO EU OBTIVE MEU PRÊGOBom dia, ...

  • Anónimo

    Eu prometo compartilhar esse testemunho de emprést...

  • Anónimo

    TESTEMUNHO DE COMO EU OBTIVE MEU PRÊNCIO DE UMA LI...

  • Anónimo

    Testemunho sobre como minha vida foi transformada ...

  • Anónimo

    Olá a todosMeu nome é Luisa Alex Rodrigo, estou aq...

  • Anónimo

    Do you need a financial help? Are you in any finan...

  • Anónimo

    Somos hackers universais e acabamos de ter sucesso...

  • Anónimo

    Você está ajoelhado no chão? E você é solicitado p...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog