Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Tribunal de Contas anda ano após ano a apontar desleixo, incompetência, corrupção mas ninguém faz caso. Não há consequências, todos encolhem os ombros e a "fanfarra continua" como se nada fosse. Agora nas PPP o mesmo Tribunal detectou remunerações adicionais de 3,9 mil milhões que não constavam nos concursos nem nos contratos iniciais. O Estado, sem qualquer contrapartida, ofereceu aos privados  ( que são sempre os mesmos, diga-se) negócios cuja rentabilidade interna chega a 20%. Com esta rentabilidade nem nas minas de ouro a céu aberto.

Protegidos por cumplicidades poderosas, a coberto de impunidades várias, os decisores já nem sequer procuram uma boa desculpa. Um argumento que corre por aí é, que, como a construção civil está a passar um mau bocado se feche os olhos aos milhões e se arranje uma maneira expedita de resolver o assunto sem causar mais problemas às empresas. Por exemplo, aumentar o prazo de vigência dos contratos.

Como se não estivéssemos perante um crime. Ou como se tudo se tratasse de uma pequena nódoa que sai com lixivia. O problema é que de tanto aplicar a lixivia um dia destes deixamos de ter tecido. Esburacados a democracia e o estado de direito! Sem ponta de remendo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Tribunal de Contas detecta acordos paralelos ( Económico) : O Tribunal de Contas (TC) detectou na auditoria, que é divulgada hoje, sobre 16 Parcerias Público-Privadas (PPP) do sector rodoviário que, em sete dessas concessões, ocorreram "acordos entre os bancos financiadores, as subconcessionárias e a EP [Estradas de Portugal], consagrando um conjunto de ‘compensações contingentes', as quais, nos termos acordados, são devidas às concessionárias sem reservas ou condições". Compensações que, defende, são remunerações adicionais que não estavam previstas e que representam encargos para o Estado de 3,9 mil milhões de euros. " 

...os acordos em causa constituíram uma forma adicional de remuneração das subconcessões, que não estava prevista nos cadernos de encargos, que não foi objecto de apreciação no âmbito da análise e da classificação das propostas, que não foi espelhada no texto dos contratos principais, designadamente nas cláusulas que, nos mesmos, definiram as remunerações, e que não foi visada por este Tribunal".

O que é preciso mais para levar esta gente a tribunal?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Transportes : a verdade a que temos direito

por Luis Moreira, em 21.02.12
Greve após greve, os transportes prejudicam muitos milhares de pessoas. Que querem agora os sindicatos? Que os inquéritos disciplinares levantados a cerca de duzentos trabalhadores sejam arrumados sem mais. Isto é, os sindicatos querem a partir de agora serem eles a exercer a acção disciplinar na empresa.
Percebe-se bem, porque já não há mais nada para oferecer aos trabalhadores com trabalho e vencimento garantidos.
No outro dia tive uma discussão com uma amigo comunista que me afiançava que os maqunistas da CP ganhavam mil euros e, logo ali, telefonou para um camarada que, "of course", confirmou. Esqueceu-se, claro, dos dezoito subsídios, dez dos quais fixos.
Hoje, o DN titula na primeira página que os trabalhadores das empresas de transportes, as tais que oferecem "serviço público", beneficiam de esquemas de remuneração que os deixam a léguas da esmagadora maioria dos restantes trabalhadores e pensionistas .
As mesmas empresas que acumulam milhões de euros de prejuízo! O buraco que vamos pagar a seguir com Troika ou sem ela, é justamente este "buraco" descomunal, que é "serviço público" e com isso está justificado, pode gastar, fazer greve, andar de carruagens vazias...
A destruição do "serviço público" ( pelos malandros que estão contra os direitos adquiridos) segue dentro de momentos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45


Gestores ganham 7 400 euros por reunião...

por Luis Moreira, em 25.01.12

 

 Não sei se é muito se é pouco, até pode não dar para as despesas, mas uma coisa sei eu, enquanto estes senhores ganharem como ganham haverá sempre quem não ganhe o suficiente para ter uma vida digna. Somos um país pobre mas isso não impede um país mais justo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Quando se trata de hackers, somos profissionais, t...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog