Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vai bardamerda, Arménio! [por Carlos Galvão]

por autor convidado, em 16.10.13

Não podias ceder, Arménio, pura e simplesmente não podias ceder. "O Povo é quem mais ordena", lembras-te? Tinha chegado a altura de os enfrentarmos, de gritar bem alto "A Ponte é nossa", mas que fizeste tu? Transformaste um protesto numa excursão, já agora, também vai haver pique-nique? Os do Sul trazem as sardinhas e nós levamos o vinho?
20.000, 30.000 ou 50.000 pessoas no garrafão da Ponte, com a polícia à frente, sabes o que significava? Imaginas o impacto que tinha? Se não nos deixassem passar fazíamos o protesto ali, escrevias um discurso de 3 ou 4 horas e parávamos a ponte, tramávamos a Lusoponte, a primeira das PPP's, lembras-te? As PPP's que nos andam a sugar a vida. E se houvesse confrontos? E se morresse alguém? Era grave, mas mais grave ainda é a morte lenta a que nos condenaram, mais grave ainda são os suicídios que estão a acontecer, dois por dia, Arménio!
Não podíamos ter esta derrota Arménio! Não foste tu que saíste derrotado, fomos nós, os portugueses, os que sofrem, os que têm que pagar, tu não perdeste nada.
E agora Arménio? E quando eles decidirem proibir as manifestações no Marquês? Que vais tu fazer? Também te vais encolher para não os afrontar? E quando proibirem os ajuntamentos? E quando...
Estamos órfãos, Arménio, ainda há dias disse isto ao teu camarada Miguel Tiago, estamos órfãos, e tu deixaste-nos ainda mais órfãos.
Sabes que mais? Não mereces o trabalho que tive a escrever estas linhas, és mais um "irrevogável", vai bardamerda!

Carlos Galvão

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:51


Miguel Macedo apela à tomada da Ponte

por Rogério Costa Pereira, em 15.10.13

photo.jpg


"O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou hoje que não é possível fazer a travessia da Ponte 25 de Abril no dia 19, no âmbito de uma manifestação da CGTP, por razões de segurança." [Negócios]

 

Dá-lhe gás, Miguelito. Sei que isso que dizes não é inocente e que tu e o resto dos irmãos metralha querem mesmo que algo aconteça. Ao dizer que não se pode atravessar a ponte, estás claramente a apelar a que se tome a ponte. Virar o tabuleiro de jogo nesta altura? Think again. Fraco estratega, aquele que subvaloriza o adversário. A responsabilidade do que acontecer no dia 19 é toda de quem lava as mãos e em tom de desafio as sacode para a cara do oponente. Dava mesmo um jeitaço uma campanha de vitimização, não era? Pode ser que te saia o tiro pela culatra. Veremos... Não devias jogar um jogo cujas regras não dominas ou ainda corres o risco de acabar a ser jogado por ele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:47


O Mundo fantasma das Parcerias Público Privadas

por Luis Moreira, em 09.03.12

O caso do pagamento em duplicado das portagens na ponte 25 de Abril é só "uma gota de água" face ao que se irá encontrar quando for feita a auditoria às Parcerias Público Privadas.

A comentadora da TVI24, Constança Cunha e Sá considera que o duplo pagamento à Lusoponte por causa das portagens da Ponte 25 de Abril é só um «apontamento do que se passa no mundo fantasma das Parcerias Público Privadas (PPP)» e afirma mesmo que «isto é uma gota de água ao pé do que vai aparecer quando se fizer a auditoria às PPP».

O Secretário de Estado dá o dito por não dito e agora diz que " o contrato está armadilhado". Pode saber-se por quem? Nada disto é uma surpresa para quem tenha lido o livro do Juiz reformado do Tribunal de Contas sobre a sua própria experiência enquanto auditor das PPP. As suas declarações (várias) sobre este assunto aconselha que nos preparemos para episódios tão ou mais caricatos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Descontar "pontes" nas férias

por Luis Moreira, em 13.01.12

A UGT e as associações patronais estão perto de assinar este acordo." A UGT está disposta a aceitar uma medida que permita que as empresas encerrem em dias de ponte, o que para os trabalhadores implica o gozo obrigatório de um dia de férias. A medida, que agrada às confederações patronais, está a ser delineada no âmbito das negociações para o eventual acordo tripartido, apurou o Negócios junto de várias fontes. E acresce à eliminação da majoração de três dias de férias. "

É claro que a meia hora a mais por dia vai cair, não só não tem impacto na competitividade das empresas como dificilmente os sindicatos e os próprios trabalhadores aceitariam trabalhar mais meia hora /dia gratuitamente. Mas com estas medidas e a redução dos feriados a economia vai tornar-se mais competitiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


Feriados e coisas que não existem

por Luis Moreira, em 28.11.11

É uma boa ideia esta de reduzir os feriados e encostá-los aos fins de semana. A interrupção dos trabalhos no meio da semana é altamente prejudicial para a produtividade das empresas, muito especialmente para as industriais.E o banco de horas também é muito importante, é preciso trabalhar quando há encomendas, prazos a cumprir. Acerta-se quando há pouco trabalho.

Agora não percebo é como se podem acabar com coisas que não existem, como é o caso das pontes e das tolerâncias de ponto. Não existem nem estão previstas em lado nenhum, foi a imaginação preguiçosa de uns e o interesse eleiçoeiro de outros que os inventou.  Se não existem, não é preciso fazer nada, o trabalhador não espera por eles e o patrão ou o dirigente não os permite, ponto final!

Outro assunto muito importante são os falsos certificados médicos, uma fraude que deve ser tratada como fraude e dar despedimento. Não se pode esquecer a dimensão que esta fraude pode tomar ao sabermos que de Outubro de 2010 a Fevereiro de 2011 os professores meteram 73 041 certificados médicos, isto é, metade da classe esteve doente. Em termos estatísticos podemos dizer que num ano cada um dos professores mete um atestado médico (são perto de 150 000). E, quantos dias de trabalho perdido representam estes certificados?

Deixem-se de reuniões e de perdas de tempo! Apoie-se quem trabalha e meta-se na ordem quem pisa o risco!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


Fim de feriados está decidido

por Luis Moreira, em 16.11.11

Os feriados que acabam já estão escolhidos.

O Governo propõe o fim dos feriados de 5 de Outubro, que celebra a Implantação da República, e de 1 de Dezembro, que assinala a Restauração da Independência. A eliminação destes feriados civis junta-se aos dois religiosos sobre os quais a Igreja já chegou a acordo: Assunção de Maria (15 de Agosto) e Corpo de Deus (assinalado a uma quinta-feira, 60 dias após a Páscoa).

O descanso do Carnaval também pode acabar. Junte-se-lhes a meia hora de trabalho diário e a produtividade nas empresas agradece, bem assim, como encostar feriados aos fins de semana por forma a acabar com as pontes, essa praga que só beneficia os relapsos e quem tem dinheiro para passar fins de semana prolongados fora de casa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30


A ponte - não há ninguém em Lisboa

por Luis Moreira, em 01.11.11

Preocupadíssimos, os Lisboetas foram reflectir para o Algarve ou visitar os cemitérios da terra, colocando flores nas campas dos familiares, entre dois almoços bem regados. Amanhã já é 4ª feira, e aí temos uma semana de três dias de trabalho. Isto é, simplificando, a produção em quantidade de bens e serviços foi à vida em 40%. Quem ainda não tinha percebido o que são pontes e quem as goza ( os que têm trabalho e vencimento, 13º e 14º mês) fica agora a saber do que se trata.

Não acho nada que a meia hora a mais no trabalho acrescente o quer que seja, a não ser que seja implementada conjuntamente com um "banco de horas" e, assim, flexibilizar o horário ( trabalha quando há encomendas, descansa quando há menos).

A produtividade da nossa economia sempre foi uma desgraça, há que avançar rapidamente. Pede-se, por isso, aos sindicatos e às centrais patronais que se deixem de mesuras e de declarações indendiárias na televisão, (para os que pagam as quotas verem como são esforçados) e resolvam o que tem que ser resolvido.

Não inventem o que está há muito inventado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:21

Isto é que é poupar! Depois dos comboios de alta velocidade para as mercadorias que custam um terço do TGV (dizem os mesmos que defenderam o TGV e a Ponte sobre o Tejo, que eu estive na apresentação pública da maqueta e vi-os lá, com o governo "jamais" e com um belo beberete... com o fastio não toquei em nada.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog  



subscrever feeds