Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Se eu quisesse, enlouquecia

por Rogério Costa Pereira, em 16.08.12

Edvard Munch, Despair

Se eu quisesse, enlouquecia.
Sei uma quantidade de histórias terríveis.
Vi muita coisa, contaram-me casos extraordinários, eu próprio...
Enfim, às vezes já não consigo arrumar tudo isso.
Porque, sabe?, acorda-se às quatro da manhã num quarto vazio, acende-se um cigarro... Está a ver?
A pequena luz do fósforo levanta de repente a massa das sombras, a camisa caindo sobre a cadeira ganha um volume impossível, a nossa vida... compreende?... a nossa vida, a vida inteira, está ali como... como um acontecimento excessivo...
Tem de se arrumar muito depressa.
Há felizmente o estilo.
Não calcula o que seja?
Vejamos: o estilo é um modo subtil de transferir a confusão e violência da vida para o plano mental de uma unidade de significação.
Faço-me entender?
Não?
Bem, não aguentamos a desordem estuporada da vida.

HERBERTO HELDER
Os Passos em Volta

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:41


Da Loucura

por Rogério Costa Pereira, em 10.06.12

É certo que "se eu quisessse, enlouquecia" ["Os Passos em Volta", Herberto Hélder]

Porém (agora sou eu), se um dia me virem não louco não digam que enlouqueci porque quis.

Enlouqueceram-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:47


Se eu quisesse, enlouquecia

por Rogério Costa Pereira, em 19.11.11

— Se eu quisesse, enlouquecia. Sei uma quantidade de histórias terríveis. Vi muita coisa, contaram-me casos extraordinários, eu próprio... Enfim, às vezes já não consigo arrumar tudo isso. Porque, sabe?, acorda-se às quatro da manhã num quarto vazio, acende-se um cigarro... Está a ver? A pequena luz do fósforo levanta de repente a massa das sombras, a camisa caída sobre a cadeira ganha um volume impossível, a nossa vida... compreende?... a nossa vida, a vida inteira, está ali como... como um acontecimento excessivo... Tem de se arrumar muito depressa. Há felizmente o estilo. Não calcula o que seja? Vejamos: o estilo é um modo subtil de transferir a confusão e violência da vida para o plano mental de uma unidade de significação. Faço-me entender? Não? Bem, não aguentamos a desordem estuporada da vida. E então pegamos nela, reduzimo-la a dois ou três tópicos que se equacionam. Depois, por meio de uma operação intelectual, dizemos que esses tópicos se encontram no tópico comum, suponhamos, do Amor ou da Morte. Percebe? Uma dessas abstracções que servem para tudo. O cigarro consome-se, não é?, a calma volta. Mas pode imaginar o que seja isto todas as noites, durante semanas ou meses ou anos? 

in Os Passos em Volta - Estilo, Herberto Helder

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:43


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Kelvin Ericksson

    Blank ATM cardDo you know that you can withdraw c...

  • 曾于娟

    Welcome. BE NOT TROUBLED anymore. you’re at the ri...

  • Abraham Khan Joy Shik

    Ei pessoal, estou tão feliz que recebi meu cartão ...

  • Pensador pensantw

    Luis Moreira, não sei de onde tu és, mas no Brasil...

  • Anónimo

    OFERTA DE EMPRÉSTIMO ACESSÍVEL SEM TAXAS PRÓPRIAS ...

  • Anónimo

    OLÁ; Você precisa de um empréstimo?Fornecemos todo...

  • Anónimo

    Hi guys, I'm Davidson. The blank ATM card I receiv...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um empréstimo rápido?Eu sou S...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog