Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eugen Jochum - Maestro alemão

por António Filipe, em 01.11.12
No dia 1 de Novembro de 1902 nasceu, em Babenhausen, perto de Augsburg, o maestro alemão Eugen Jochum, que foi um dos maiores responsáveis pela divulgação das sinfonias de Anton Bruckner.

Estudou piano e órgão em Augsburg até 1922 e depois estudou direcção de orquestra em Munique, onde se estreou como maestro com a Filarmónica de Munique, em 1926. No mesmo ano foi nomeado maestro em Kiel, onde dirigiu dezassete óperas apenas numa temporada. Em 1932 tornou-se o maestro principal da Orquestra da Rádio de Berlim e dois anos depois sucedeu a Karl Böhm como director musical da Ópera Estatal de Hamburgo e da Filarmónica de Hamburgo. Foi o primeiro maestro da Orquestra Sinfónica da Rádio da Baviera, em 1949.
Eugen Jochum também apareceu como maestro convidado da Orquestra Concertgebouw, de Amesterdão, da qual foi director musical entre 1941 e 1943 e maestro principal, ao lado de Bernard Haitink, de 1961 a 1963. Dirigiu frequentemente em Londres, com a Filarmónica de Londres e a Orquestra Sinfónica de Londres. É mais conhecido pelas suas interpretações de Anton Bruckner. Eugen Jochum faleceu em Munique no dia 26 de Março de 1987.


Final da Sinfonia nº 7, de Bruckner
Orquestra Sinfónica da Radiodifusão da Baviera
Maestro: Eugen Jochum

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 25 de Agosto de 1918 nasceu, na cidade de Lawrence, Massachusetts, o maestro e compositor americano Leonard Bernstein. Foi o primeiro compositor nascido nos Estados Unidos a ter fama mundial, ficando famoso por composições como West Side Story. Bernstein despertou para a música relativamente tarde. Só aos dez anos teve as primeiras lições de piano. Foi na Universidade de Harvard e no Instituto Curtis que cursou Teoria Musical e teve as primeiras experiências como maestro.
No dia 13 de Novembro de 1943, estreou-se como maestro da Filarmónica de Nova York, em pleno Carnegie Hall. O jovem músico de 25 anos foi convidado, por acaso, para a tarefa, já que o maestro titular, Bruno Walter, tinha adoecido. Algumas pessoas do público chegaram a retirar-se da sala. Mas quem ficou, presenciou um momento que ficou para a história da música e aplaudiu-o de pé e aos gritos. No dia seguinte, o seu nome era manchete do New York Times.
Da noite para o dia, Leonard Bernstein tornou-se herói nacional. A sua enorme sensibilidade para com a música e a forma de passar esta sensibilidade para os músicos eram a sua principal característica. O pianista e compositor chegou a comparar a direcção de uma orquestra a um acto sexual:
"É como se respirássemos ao mesmo tempo, chegamos ao clímax juntos e relaxamos ao mesmo tempo. Como uma experiência sexual, só que com cem pessoas ao mesmo tempo."
Na década de 1960, Leonard Bernstein deliciou jovens e adultos por todo o mundo, com a sua série televisiva “Concertos para jovens”. Morreu no dia 14 de Outubro de 1990.

Requiem K. 626, de Mozart
Soprano: Marie Mc Laughlin
Mezzosoprano: Maria Ewing
Tenor: Jerry Hadley
Baixo: Cornelius Hauptmann
Coro e Orquestra Sinfónica da Radiodifusão da Baviera
Maestro: Leonard Bernstein

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 19 de Maio de 1954 faleceu, em Nova Iorque, o compositor americano Charles Ives. Tinha nascido, em Danbury, Connecticut, a 20 de Outubro de 1874. Era filho de George Ives, líder da Banda do Exército dos Estados Unidos, durante a guerra civil americana. O pequeno Charles costumava ir para a praça de Danbury, para ouvir a banda do pai e outras que por lá tocavam, às vezes simultaneamente, noutros locais da praça. Este facto contribuiu muito para o desenvolvimento do seu gosto pela música. Recebeu lições de música do pai, que o encorajou a fazer experiências com harmonizações bitonais e politonais.
Tornou-se organista da igreja quando tinha 14 anos e escreveu vários hinos e canções para os serviços eclesiásticos. As suas composições foram largamente ignoradas enquanto foi vivo e muitas delas não foram executadas durante vários anos. As suas composições combinavam a música popular americana e a música tradicional da igreja com a música europeia e foi dos primeiros compositores a aventurar-se no mundo da música experimental.
Em 1893 mudou-se para New Haven e matriculou-se na Hopkins School, onde foi capitão da equipa de baseball. Em Setembro de 1894 entrou para a Universidade de Yale. Compunha música de igreja e, em 1896, escreveu uma canção para a campanha presidencial de William McKinley. Continuou a ser organista na igreja até Maio de 1902. Em 1899 arranjou emprego numa companhia de seguros, onde se manteve até 1906. Em 1907, juntamente com um amigo, Charles Ives criou a sua própria companhia de seguros, que manteve até que se reformou. Era muito bem visto no ramo das seguradoras e muitos dos seus companheiros de profissão ficavam surpreendidos, ao saberem que também era compositor.
Nesse mesmo ano sofreu o primeiro de vários ataques de coração. Depois da recuperação, iniciou um dos períodos mais criativos da sua vida como compositor. Depois de casar com Harmony Twitchell, em 1908, mudou-se para Nova Iorque, onde continuou a ser um prolífico compositor até que, em 1918, sofreu outro ataque de coração. Depois disso, só compunha esporadicamente. A sua última composição foi a canção “Sunrise”, em Agosto de 1926. A sua mulher conta que, um dia, no início do ano de 1927, Ives foi ter com ela e, com lágrimas nos olhos, disse-lhe: “Já não consigo compor. Nada me soa bem.”
Embora deixasse de compor e lutasse, constantemente, com problemas de saúde, continuou a fazer revisões às sua obras anteriores e a supervisionar estreias da sua música. Em 1930 contraiu diabetes e retirou-se, definitivamente, do negócio de seguros. Embora tivesse mais tempo para se dedicar à música, nunca mais conseguiu compor.


4º e 5º andamentos da Sinfonia nº 2, de Charles Ives
Orquestra Sinfónica da Radiodifusão da Bavária
Maestro: Leonard Bernstein

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Ludwig van Beethoven

por António Filipe, em 16.12.11

Não se sabendo ao certo a data de nascimento de Beethoven, presume-se que tenha sido no dia 16 de Dezembro de 1770, já que foi baptizado no dia 17, na Renânia do Norte, Alemanha. Foi um compositor do período de transição entre o Classicismo e o Romantismo. É considerado um dos pilares da música ocidental, permanecendo como um dos compositores mais respeitados e mais influentes de todos os tempos. “O resumo da sua obra é a liberdade,” observou o crítico alemão Paul Bekker, “a liberdade política, a liberdade artística do indivíduo, a sua liberdade de escolha, de credo e a liberdade individual em todos os aspectos da vida.”
Goethe definiu-o como "Uma criatura completamente indomável."
Nunca teve estudos muito aprofundados, mas sempre revelou um talento excepcional para a música. Com apenas 8 anos, foi confiado a Christian Gottlob Neefe, o melhor mestre de cravo da cidade, que lhe deu uma formação musical sistemática, e lhe deu a conhecer os grandes mestres alemães da música. Numa carta publicada em 1780, Neefe afirmava que o seu discípulo, de dez anos, dominava todo o repertório de Johann Sebastian Bach, e apresentava-o como um segundo Mozart.
Beethoven compôs as suas primeiras peças aos 11 anos, iniciando a sua carreira de compositor. Em 1784, já era organista-assistente da Capela do Eleitor e, pouco tempo depois, foi violoncelista na orquestra da corte e professor, assumindo, nesta altura, a chefia da família, devido à doença do pai - alcoolismo. Em 1787, com o patrocínio do Conde de Waldstein, a quem mais tarde dedicou algumas das suas obras, foi para Viena, para estudar com Joseph Haydn. O Arquiduque de Áustria, Maximiliano, subsidiou os seus estudos. No entanto, teve que regressar pouco tempo depois, devido à morte da mãe. A partir daí, com apenas 17 anos, teve que lutar contra dificuldades financeiras, já que o seu pai tinha perdido o emprego, devido ao elevado grau de alcoolismo.
Inscreveu-se num curso de literatura, durante o qual teve o primeiro contacto com os ideais da Revolução Francesa, com o Iluminismo e com o movimento literário romântico “Tempestade e Paixão”, do qual faziam parte Schiller e Goethe. Em 1792, já com 21 anos, mudou-se para Viena onde permaneceu até ao fim da vida. Tornou-se um pianista virtuoso e começou então a publicar as suas obras.
Foi nesta cidade que Beethoven começou a sentir os primeiros sintomas da sua grande tragédia. Aos 26 anos, foi-lhe diagnosticada uma congestão dos centros auditivos internos, o que lhe transtornou bastante o espírito, levando-o a isolar-se e a ter grandes depressões. Consultou vários médicos, fez curativos, usou cornetas acústicas, mas os seus ouvidos permaneciam entupidos. Desesperado, entrou em profunda crise depressiva e pensou em suicidar-se. Durante os anos seguintes, a doença continuou a progredir e, aos 46 anos, estava praticamente surdo. Nem por isso deixou de compor.
As suas obras, criadas sem a menor preocupação em respeitar as regras até então seguidas, são aclamadas por todos. Beethoven inaugura a tradição do compositor livre, que escrevia música para si, sem estar vinculado a um príncipe ou nobre. Tudo, em Beethoven, traz a marca da liberdade; era solitário, não tinha vínculos nem responsabilidades com ninguém senão consigo mesmo. Em 1827, no dia 26 de Março, às 17h45, durante uma tempestade, Beethoven morreu, vitimado por cirrose crónica - herdada, talvez, do pai - brandindo a mão fechada contra o céu, num último gesto de rebeldia. Conta-se que cerca de dez mil pessoas foram ao seu funeral, entre elas Franz Schubert.


1º andamento da "Sinfonia nº 5", de Beethoven
Orquestra Sinfónica da Radiodifusão da Baviera
Maestro-Leonard Bersntein

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:02


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Wahid Miha Wahid Miha

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    Meu nome é Valeria Marco. Há 6 meses atrás, meu ne...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog