Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Yevgeny Mravinsky – Maestro russo

por António Filipe, em 04.06.13
No dia 4 de Junho de 1903 nasceu em São Petersburgo, o maestro russo Yevgeny Mravinsky, considerado um dos grandes maestros do século XX.

O seu pai faleceu quando ele tinha 15 anos, em 1918, e, no mesmo ano, Yevgeny começou a trabalhar como estagiário no Teatro Maryinsky. Antes de entrar no Conservatório de Leningrado, estudou biologia na Universidade de Leningrado. Estreou-se como maestro em 1929.
Começou por reger música para bailado, dirigindo o Ballet Kirov, no Teatro Maryinsky, e o Ballet da Ópera Bolshoi, em Moscovo. Em Setembro de 1938, venceu o Concurso de Maestros da União em Moscovo. Em Outubro do mesmo ano, tornou-se o maestro principal da Orquestra Filarmónica de Leninegrado, cargo que ocupou até 1988.
Sob a regência de Mravinsky, esta orquestra ganhou reputação internacional, particularmente com a música russa, como Tchaikovsky e Shostakovich, que lhe dedicou a sua oitava sinfonia. Durante a 2ª guerra mundial, Mravinsky e a orquestra foram evacuados para a Sibéria.
Fez a primeira digressão com a orquestra em 1946, que incluiu actuações na Finlândia e no Festival da Primavera de Praga. Dirigiu a estreias da Sinfonia nº 6, de Prokofiev, no ano da sua composição, em 1947.
Em Junho de 1956 fez digressões pela Alemanha Ocidental e Oriental, Áustria e Suíça. Em Setembro de 1960, apresentou-se no Festival de Edimburgo e no Royal Festival Hall, em Londres. A sua primeira digressão pelo Japão aconteceu em Maio de 1973. A última digressão no estrangeiro foi em 1984, na Alemanha Ocidental.
De 1938 a 1961, fez várias gravações de estúdio. A partir de 1961 começou a fazer gravações ao vivo. A sua última gravação data de Abril de 1984, interpretando a Sinfonia nº 12, de Dmitri Shostakovich e o seu último concerto foi no dia 6 de Março de 1987, em que interpretou a oitava sinfonia de Schubert e a quarta de Brahms.
Yevgeny Mravinsky faleceu em Leninegrado, no dia 19 de Janeiro de 1988.


1º andamento da Sinfonia nº 5, de Tchaikovsky
Orquestra Filarmónica de Leninegrado
Maestro: Yevgeny Mravinsky

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 11 de Maio de 1855 nasceu, em São Petersburgo, o compositor, professor e maestro russo Anatoly Lyadov. Dos 5 aos 13 anos aprendeu música com o pai, que era maestro e, em 1870, entrou para o Conservatório de São Petersburgo para estudar piano e violino. Mas, pouco tempo depois, desistiu de aprender os instrumentos, para se concentrar no estudo do contraponto e da fuga, continuando, porém, a ser um bom pianista.
Frequentou as aulas de composição de Rimsky-Korsakov, mas foi expulso, por faltas, em 1876, sendo readmitido dois anos depois. Ensinou no Conservatório de São Petersburgo, a partir de 1878, tendo como alunos, entre outros, Sergei Prokofiev e Nikolai Myaskovsky.
Em Novembro de 1887, encontrou-se com Tchaikovsky que, sete anos antes tinha dado um parecer negativo, à editora Besel, sobre uma peça para piano, que Liadov tinha escrito. Mas a opinião de Tchaikovsky sobre Liadov já tinha mudado e agora visitava-o frequentemente.
Através do seu casamento, em 1884, Liadov tinha adquirido uma propriedade rural em Polinovka, no distrito de Novgorod, onde passava os verões a compor e onde veio a falecer no dia 28 de Agosto de 1914.


Poema sinfónico “Baba Yaga”, de Anatol Liadov
Orquestra Filarmónica de Leninegrado
Maestro: Evgeny Mravinsky

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Gennady Rozhdestvensky – Maestro russo

por António Filipe, em 04.05.12
No dia 4 de Maio de 1931, nasceu, em Moscovo, o maestro russo Gennady Anosov, filho de um maestro e professor, Nikolay Anosov, com quem aprendeu composição no Conservatório de Moscovo. Apesar disso (ou talvez para melhor se distinguir do pai), adoptou o apelido de solteira da mãe para a sua carreira artística. Famoso quando ainda mal tinha completado 20 anos, por ter dirigido “O Quebra Nozes” no Teatro Bolshoi, muito cedo granjeou prestígio. Estreou diversas obras de compositores soviéticos e fez a estreia de “Sonho de uma Noite de Verão”, de Benjamin Britten, em Moscovo.
Conhecido pela eficiência das suas especiais batutas muito curtas e pelo facto de nunca usar o pódio para reger a orquestra, porque deambula permanentemente pelo palco enquanto dirige, Rozhdestvensky “passeou”, pelas grandes salas de todo o mundo, uma distinta classe e uma enorme humildade. Portugal foi, de algum modo, testemunha disso, quando, em 2003, um concerto do grande maestro na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, foi cancelado porque um segurança o não deixou entrar no recinto – certamente estranhando que uma tão grande personagem chegasse a pé e sozinho…

3º andamento da Sinfonia nº 4, de Tchaikovsky
Orquestra Filarmónica de Leninegrado
Maestro: Gennady Rozhdestvensky

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Piyush Giri Goswami

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE, ENTRE EM CO...

  • Piyush Giri Goswami

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    hello everyone, i'm so happy to recommend and tell...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Eles são uma equipe de legítimos profissionais HAC...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...

  • Anónimo

    They are a professional group of hackers beyond th...

  • Anónimo

    Despite all odds, this set of hackers has proved w...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog