Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Raymond Leppard – Maestro e cravista inglês

por António Filipe, em 11.08.13
No dia 11 de Agosto de 1927, nasceu, em Londres, o maestro e cravista inglês Raymond John Leppard.

Estudante de cravo e viola no Trinity College, em Cambridge, era, também, maestro de coro e desempenhou o cargo de director musical da Sociedade Filarmónica de Cambridge. Nos anos 60, desempenhou um papel importante no renascimento do interesse pela música barroca, sendo um dos primeiros maestros a interpretar óperas desse período.
Em 1952 estreou-se em Londres e, depois, dirigiu o seu próprio Leppard Ensemble. Trabalhou com a Orquestra de Goldsbrough que, em 1960, deu origem à Orquestra de Câmara Inglesa. Também deu recitais como cravista e foi professor de música e director musical no Trinity College, cargos que abandonou em 1968.
Em Novembro de 1969, Leppard estreou-se nos Estados Unidos, dirigindo o Coro de Westminster e a Filarmónica de Nova Iorque. Também apareceu como solista no Concerto em ré maior, para cravo e orquestra, de Haydn. De 1973 a 1980, ocupou o cargo de maestro principal da BBC Northern Symphony Orchestra, em Manchester.
Raymond Leppard tem dirigido grandes orquestras, tanto na Europa como nos Estados Unidos. Entre 1987 e 2001, foi director musical da Orquestra Sinfónica de Indianapolis. Foi consultor musical da Orquestra de Louisvile, de 2004 a 2006. É, também, artista residente da Universidade de Indianapolis.


3º andamento do Concerto para trompete, de Haydn
Trompete: Wynton Marsalis
Orquestra de Câmara Inglesa
Maestro: Raymond Leppard

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 30 de Dezembro de 1919 nasceu, em Newquay, no condado de Cornualha, o maestro, organista e compositor britânico David Willcocks.

Em 1929, começou os estudos musicais, como corista, na Abadia de Westminster. De 1934 a 1938, estudou música na Universidade de Clifton, em Bristol, antes de ser nomeado organista no King´s College, em Cambridge. Quando rebentou a 2ª guerra mundial, interrompeu a formação, para servir no exército inglês, regressando a Cambridge, em 1945, para terminar os estudos.
Em 1947, David Willcocks foi nomeado maestro da Sociedade Filarmónica de Cambridge. No mesmo ano começou a desempenhar o cargo de organista da Catedral de Salisbury e de maestro da Sociedade Musical da mesma cidade. Entre 1950 e 1974, desempenhou funções como maestro de coro e organista, em várias cidades inglesas. Foram-lhe atribuídos graus “honoris causa”, em várias universidades da Inglaterra e dos Estados Unidos. É, actualmente, presidente do Coro Bach, da cidade de Bath e do Coro do Festival de Exeter.


Hino da Coroação nº 4, de Haendel
Coro da King's College, Cambridge
Orquestra de Câmara Inglesa
Maestro: Sir David Willcocks

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Géza Anda – Pianista húngaro

por António Filipe, em 19.11.12
No dia 19 de Novembro de 1921 nasceu, em Budapeste, o pianista húngaro Géza Anda. Fantástico intérprete do repertório clássico e romântico, particularmente conhecido pelas suas gravações e interpretações de Mozart, foi, também, um óptimo intérprete de Beethoven, Schumann, Brahms e Bartók.

Estudou com alguns professores de nomeada do séc XX e foi aluno de Dohnányi e Zoltán Kodály, na Academia Franz Liszt, em Budapeste. Em 1940, Géza Anda ganhou o prémio Lizt e, no ano seguinte, ficou conhecido internacionalmente pela sua interpretação do Concerto nº 2, de Brahms. Nesse mesmo ano, também estreou com a Orquestra Filarmónica de Berlim, dirigida por Wilhelm Furtwängler, que o intitulou de “o trovador do piano”.
Em 1943, Géza Anda radicou-se na Suíça, assumindo a cidadania daquele país, em 1955. Em meados da década de 1950 deu masterclasses no Mozarteum de Salzburgo e, em 1960, assumiu a posição de director das masterclasses de Lucerne, sucedendo a Edwin Fischer. Foi, também, um notável intérprete da música de Schumann. O Novo Dicionário Grove cita a sua “leitura carismática de Bartók e Schumann”. Na verdade, era considerado o principal intérprete de Bartók, da sua geração.
Em 1965 foi nomeado Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras e, em 1970, tornou-se membro honorário da Royal Academy of Music. Géza Anda morreu no dia 14 de Junho de 1976, com, apenas, 55 anos, em Zurique, na Suíça. Embora, no princípio da carreira, tocasse muito pouco Mozart, foi, mais tarde, muito respeitado pelas suas interpretações daquele compositor. De facto, foi o primeiro pianista a gravar o ciclo completo dos concertos para piano de Mozart, o que aconteceu entre 1961 e 1969, dirigindo, ele próprio, a orquestra, a partir do teclado.


Concerto nº 16, para piano e orquestra, de Mozart
Orquestra de Câmara Inglesa
Maestro: Géza Anda

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 28 de Abril de 1943 nasceu, em Salisbury, na Inglaterra, o maestro Jeffrey Tate, Comandante da Ordem do Império Britânico. Ainda jovem, a família mudou-se para Farnham, onde frequentou a escola primária. Estudou medicina no Christ’s College, em Cambridge, de 1961 a 1964, especializando-se em cirurgia ocular. Depois, exerceu medicina no Hospital de S. Tomás, em Londres.
Abandonou a carreira médica para estudar música no Centro de Ópera de Londres. Estreou-se, como maestro, no Metropolitan Opera de Nova Iorque, em 1979. Em 1985, foi nomeado maestro principal da Orquestra de Câmara Inglesa e, a partir de 2005, desempenhou o cargo de director musical do Teatro San Carlo de Nápoles.
Sob a tutela de Sir Georg Solti, Jeffrey Tate trabalhou na Royal Opera House, Covent Garden, em Londres e, em Setembro de 1986, foi nomeado maestro principal, sendo a primeira pessoa a ocupar esse cargo. De 1991 a 1995 foi maestro principal da Orquestra Filarmónica de Roterdão.
Jeffrey Tate nasceu com espinha bífida, e tem sido presidente da organização caritativa de espinha bífida do Reino Unido, desde 1989. Em Outubro de 2007, a Orquestra Sinfónica de Hamburgo anunciou que Jeffrey Tate seria o próximo maestro principal daquela orquestra, a partir da Primavera de 2008.


4º andamento da Sinfonia nº 41 “Jupiter”, de Mozart
Orquestra de Câmara Inglesa
Maestro: Jeffrey Tate

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog