Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ópera “Beatriz e Benedicto”, de Berlioz

por António Filipe, em 09.08.13
No dia 9 de Agosto de 1862, o compositor francês Hector Berlioz, assumiu o papel de maestro, na estreia da sua ópera “Beatriz e Benedicto”. O evento realizou-se no Neues Theater, em Baden-Baden.

“Beatriz e Benedicto” é uma ópera cómica, em dois actos, com libreto em francês, escrito pelo próprio compositor, baseado na obra de Shakespeare “Muito barulho para nada”. Berlioz terminou a partitura desta ópera logo depois de terminar e antes de produzir a monumental ópera “Os Troianos”. Pouco depois da sua triunfante estreia, Berlioz dirigiu as duas primeiras actuações de uma versão alemã de “Beatriz e Benedicto”, em Weimar.
Como o próprio Berlioz refere nas suas memórias, em Weimar foi “inundado por todo o género de amáveis atenções”. A ópera “Beatriz e Benedicto” não é levada à cena com frequência e nunca se tornou parte do habitual repertório operático. No entanto, existem várias gravações e a sua abertura, que refere várias passagens da ópera, é frequentemente ouvida nas salas de concerto.


Abertura da ópera “Beatriz e Benedicto”, de Berlioz
Academy of St. Martin in the Fields
Maestro: Sir Neville Marriner

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 27 de Setembro de 1930 nasceu, em Berlim, o cravista Igor Kipnis. Era filho do baixo russo Alexander Kipnis. Em 1938 foi para os Estados Unidos com a família. Aprendeu a tocar piano com o avô, frequentou a Escola de Música de Westport e obteve a licenciatura na Universidade de Harvard. Estudou cravo com Fernando Valenti e, em 1959, deu o seu primeiro concerto, em Nova Iorque. Em 1993, recebeu o título de doutor honoris causa, da Universidade Wesleyan de Illinois.
Kipnis vivia em Redding, Connecticut. Durante cinco anos, foi Presidente e Director Artístico dos Amigos da Música do Condado de Fairfield e serviu, num período de treze anos, como co-director artístico do Connecticut Early Music Festival.
Foi maestro e exerceu intensa actividade de professor de música – mas notabilizou-se principalmente como cravista. Embora trabalhasse intensamente também ao piano, deu um importante contributo para reavivar e divulgar a utilização do cravo. O seu último concerto foi um recital de piano, em Outubro de 2001, em S. Francisco. Igor Kipnis morreu de cancro renal, na sua casa, em Redding, no dia 23 de Janeiro de 2002.


1º andamento do Concerto nº 1, para cravo, de Johann Sebastian Bach
Cravo: Igor Kipnis
The London Strings
Maestro: Sir Neville Marriner

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 15 de Abril de 1924 nasceu, em Lincoln, na Inglaterra, o maestro e violinista Sir Neville Marriner. Realizou os seus estudos de violino no Royal College of Music e no Conservatório de Paris. Em 1949 ingressou no Martin String Quartet e fundou o Jacobean Ensemble, com o cravista Thurston Dart, e o Virtuoso String Trio. Como violinista, integrou diversas orquestras de Londres e teve, deste modo, oportunidade de trabalhar com nomes lendários da direcção de orquestra como Toscanini, Furtwängler, Cantelli e Karajan, entre outros.
Enquanto membro da Orquestra Sinfónica de Londres, fundou, em 1959, a Academy of St. Martin in the Fields, com a qual trabalhou primeiramente como violinista e, mais tarde, como maestro titular. Pierre Monteux tornou-se seu mentor e Marriner ocupou o seu primeiro cargo como maestro à frente da Orquestra de Câmara de Los Angeles, entre 1969 e 1979. Posteriormente, foi Director Musical da Orquestra de Minnesota até 1986, ano em que assumiu idênticas funções na Orquestra Sinfónica da Rádio de Estugarda.
Neville Marriner foi galardoado, por duas vezes, pela acção que desenvolveu em prol da música: em 1979 foi nomeado ''Comendador da Ordem do Império Britânico'' e em 1985 recebeu o título honorífico de ''Sir''. Mais recentemente, a Academy of St. Martin in the Fields e Neville Marriner foram distinguidos com o Queen's Award for Export Achievement, em reconhecimento pela sua destacada actividade conjunta no domínio dos concertos e das gravações internacionais. Além disso, em 1995, foi-lhe atribuída a Ordem das Artes e Letras, pelo Ministério da Cultura Francês, pela sua grande dedicação à vida cultural francesa.
Especialmente célebre pelas gravações históricas que fez com a Academy of St. Martin in the Fields, Neville Marriner desempenha as funções de Maestro Convidado Principal da Orquestra de Cadaqués desde 1992. Como curiosidade, diga-se que é pai do também famoso clarinetista Andrew Marriner, primeiro clarinete da Orquestra Sinfónica de Londres.


3º andamento da Sinfonia nº 1, de Mahler
Orquesta de Cadaqués
Maestro: Sir Neville Marriner

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...

  • Anónimo

    Olá pessoal, Você precisa de serviços de hackers? ...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Muitas pessoas disseram que os hackers invadiram d...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    QUERO HACKEAR UM BLOG!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Anónimo

    oi me explica mais siobre isso


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog