Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


"(...) agora convidaram-me para trabalhar no gabinete de um membro do governo que é do PSD e eu aceitei: ninguém me exigiu que eu me filiasse em partido nenhum, eu também não prometi nada que não fosse profissionalismo", diz António Figueira, no Albergue Espanhol e, para que não restem dúvidas, também no 5 dias, um inofensivo blogue de extrema-esquerda.

Não posso duvidar do profissionalismo de António Figueira, pela singela razão, desde logo, de que não faço a menor ideia de quem é, do que faz ou da qualidade do seu trabalho. Vou pois dar de barato que é um bom profissional e que daria um excelente realizador de estudos e um óptimo prestador de apoio técnico no Gabinete do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares.

Não enveredo, assim, pelo trilho de insinuações daqueles que assinam por Miguel Abrantes -- pelo menos, o António Figueira aceitou ver o seu nome publicado em Diário da República. Assume-se, dá a cara, pode ser atacado e pode defender-se. Figueira tem um nome e tem uma cara que um Miguel Abrantes pôde ir googlar. O mesmo já não se pode dizer de Miguel Abrantes, embora, estou certo, o homem-de-quase-todos-os-nomes-num-só já tenha aparecido por aqui e por ali nos Despachos do DR que tanto cata.

Se António Figueira resolveu a sua quadratura do círculo pessoal, se se sente bem a escrever, ao mesmo tempo, no Albergue Espanhol e no 5 dias isso é lá com ele. Se o novo ajudante do Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares se sente à-vontade a partilhar um blogue com quem diz algo como "É por isto que urge transformar Portugal numa nova Inglaterra. Não porque gostemos de ver o nosso país a ferro e fogo nem porque sejamos adeptos da violência como solução para os problemas. Mas porque é essa a única forma de lutar contra tudo o que o Governo se prepara para fazer. Como alguém disse em forma de previsão para o futuro, nós não somos carneiros" isso continua a ser lá com ele.

Obviamente, e agora respondendo a Fernando Moreira de Sá, não há crime nenhum!

Outra coisa completamente diferente, não sejamos inocentes nem façamos dos outros parvos, são as conclusões que se podem tirar de tamanho eclectismo, desta inaudita conjugação de factos e escolhas, escolhas e factos. Factos e escolhas que se traduzem em algo de tão singelo como isto: o Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares tem a assessorá-lo alguém como António Figueira, indivíduo que trabalha há mais de 25 anos em comunicação institucional, escreve neste 5 dias (revejam o link, que é outro e muito interessante) e no Albergue Espanhol. Termino como comecei, não duvido por um instante do profissionalismo do António Figueira, mas convenhamos que tanta (ora deixa cá escolher uma palavra simpática) adaptabilidade faz alguma impressão. E revela demasiada ingenuidade.

E por isto, por mais que estranhem o meu estranhar, estranho. Estranho seria eu não estranhar. Obviamente, hoje ou amanhã, António Figueira pensará melhor e, como bom profissional, abandonará o 5 dias. Ou isso ou Miguel Relvas pensará melhor – confesso que esta segunda opção me deixaria bem mais descansado. É que, por mais impoluto que seja, António Figueira parece-me ser daqueles indivíduos que gostam de estar bem com deus e com o diabo. Este post, por exemplo, cuja imagem aqui reproduzo, do tal 5 dias de António Figueira, foi publicado logo a seguir ao das palavras onde Figueira nos promete profissionalismo. Diz assim, a imagem escolhida por um dos colegas de Figueira, uma das tais que vale por mil palavras:

NOTA: a escolha das tags deste meu post não é, obviamente, inocente. É que, na verdade, no meio desta treta toda, apenas Portugal me interessa (e, sim, lamento imenso que um homem do calibre de António Figueira, que até sabe o que é um busybody seja, ingenuamente, apanhado no meio desta novela mexicana portuguesa). Bem sei que o problema de António Figueira é o mesmo da mulher de César. Temos pena (plural de modéstia, obviamente). 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog