Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lusoponte já recebeu duas vezes o que investiu

por Luis Moreira, em 26.03.12

Os grandes e generosos negócios do estado com as empresas do regime dão exemplos destes que não deixam dúvidas a ninguém. "A Lusoponte já recebeu em rendas do Estado e em receitas de portagens o dobro do que investiu na construção da Ponte Vasco da Gama. A empresa detida, maioritariamente, pela Mota-Engil investiu 578 milhões de euros na construção da segunda travessia do rio Tejo e, desde 1995, já recebeu 364 milhões de euros em indemnizações, mais 746 milhões de euros em receitas de portagens das pontes 25 de Abril e Vasco da Gama. No total, recebeu 1,1 mil milhões de euros.

Foi Cavaco Silva que para compensar a Lusoponte do investimento na Ponte Vasco da Gama deu o monopólio do trânsito na ponte 25 de Abril e Vasco da Gama, bem como a sul da ponte de Vila Franca de Xira . Convém pois fazer muitas pontes sobre o Tejo porque o estado paga indemnizações se o trânsito não for suficiente.

Percebem porque a Terceira Ponte sobre o Tejo era um investimento fundamental?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:30


Nacionalize-se a Lusoponte

por Luis Moreira, em 16.03.12

Vamos pagar quatro - 4 - pontes ! O estado deu o monopólio da travessia do Tejo até Vila Franca de Xira à mesma empresa. Os contratos estão de tal modo artilhados e bloqueados que a empresa tem sempre direito a indemnizações. Se o tráfego automóvel não for o previsto no contrato o estado paga a diferença, trata-se de um negócio sem risco.

Não há negócios sem risco, em monopólio e com as vantagens todas para um dos lados. Não sendo possível o estado negociar em melhores condições então a empresa deve ser nacionalizada, sob pena de os cidadãos avançarem para uma acção crime contra os negociadores de ambos os lados. Este contrato não é um negócio, é uma renda, em que um dos contraentes ( o estado) assegura ao outro contraente, sejam quais forem as condições, um rendimento estabelecido muito superior ao que seria obtido num mercado em concorrência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Foi uma assessora com ligações profissionais à Lusoponte  quem redigiu a proposta para pagamento da indemnização dos 4,4 milhões de euros e que o secretário de Estado dos Transportes assinou.

É mais uma evidência que o estado está nas mãos destas empresas que fazem Parcerias Público Privadas em que ganham tudo e o estado paga tudo. Não é por acaso que os contratos são ruinosos para o estado, nem que obtenham monopólios furtando-se à concorrência, que os seus administradores sejam ex-membros de governos...

O deputado Rui Paulo Figueiredo do PS disse esta quarta-feira que a assessora do secretário de Estado dos Transportes, autora da informação em que se baseou o despacho que mandou pagar a compensação à Lusoponte pelas portagens, “teve no passado ligações à Lusoponte e aos accionistas da Lusoponte".
Isto é, no mínimo, deveria ter-se declarado incompatível! Estamos numa situação em que já ninguém sabe onde termina o poder destas empresas do regime, profundamente mergulhadas nos centros de decisão do Estado, ora no estado ora nas empresas numa dança incompatível com o estado de Direito.
É preciso desmantelar este monstro que chega a tudo, está em todo o lado mas não é competente nas funções que lhe são próprias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:41


Portagens a dobrar

por Luis Moreira, em 08.03.12

Foram pagas a dobrar porque é assim que está numa qualquer folha de pagamentos. Foram pagas a dobrar porque alguém nos serviços se limita a copiar os documentos do ano anterior. E todos assinam por aí acima na hierarquia. É a burocracia na seu melhor !

E, do lado da Lusoponte? Não disse nada porque tem pagamentos em atraso e com a verba transferida faz um acerto de contas.

Este pagamento a dobrar, se todos estiverem de boa fé, nunca passaria por uma conciliação de contas mas o problema é saber se quem é tão pouco criterioso no seu trabalho fará conciliações de contas. Fará?

Com o estado é sempre aos milhões, e serão muitos os casos iguais ou parecidos. Felizmente que a liberdade de expressão permite que este assunto seja discutido na Praça Pública!Provado está que a melhor garantia é a auditoria permanente que a separação de poderes faculta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    hello everyone, i'm so happy to recommend and tell...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Eles são uma equipe de legítimos profissionais HAC...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...

  • Anónimo

    They are a professional group of hackers beyond th...

  • Anónimo

    Despite all odds, this set of hackers has proved w...

  • Anónimo

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Altanhuyg Ariunaa

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog