Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Antes de partir para Angola

por Luis Moreira, em 23.02.12

Angola tem muitas oportunidades de emprego mas já não é como era aqui há dois anos. Luanda é a cidade mais cara do mundo, com um trânsito infernal.

Cerca de cem mil portugueses vivem hoje em Angola. Para ser o próximo, é preciso tomar alguns cuidados antes de partir e preparar-se bem para o que vai encontrar à chegada. A melhor forma de o fazer é falar com o maior número possível de pessoas que já tenha estado lá, aconselha o livro "Trabalhar em Angola", do assessor de comunicação Hermínio Santos.

1. Antes de partir
É obrigatório estabelecer bem todos os pormenores do seu contrato e ir à consulta do viajante, onde será informado das vacinas e cuidados a tomar. Convém levar alguns medicamentos. Na bagagem, têm de estar o visto e o boletim de febre-amarela, obrigatórios para entrar no país.

2. Negociar o contrato ainda em Portugal
Na negociação do contrato, tenha em atenção se é possível receber parte do seu salário em euros. As viagens para Portugal também podem fazer parte do pacote e pode definir qual a companhia com que pretende viajar: a TAP ou a angolana TAAG. Falar com o maior número de quadros que estejam ou tenham passado pelo país ajuda a estabelecer uma base de comparação para saber que salário deve esperar.

3. O que vai receber e o que vai gastar em Angola
Um director de uma empresa ganha entre dez mil a 15 mil dólares por mês (entre 7.531 e 11.310 euros), enquanto um administrador pode auferir até 20 mil dólares (15.087 euros). Já um técnico ganha entre 4.500 a seis mil dólares por mês (entre 3.395 e 4.526 euros). Assegure-se de que o salário será pago em euros ou em dólares, apesar da moeda nacional ser o kwanza. Luanda é das cidades mais caras do mundo e o custo de vida reflecte esse facto. A renda de um T3 ou T4 pode atingir os sete mil ou nove mil euros por mês.

4. Cuidados a ter com a segurança
Há cuidados básicos a ter em qualquer metrópole mundial que convém respeitar em Luanda. Manter as janelas de casa fechadas quando está fora, trancar as portas do carro e não seguir por caminhos que não conhece são alguns exemplos.

5. Levar os filhos e encontrar escolas para eles
A maioria dos expatriados portugueses escolhem os colégios privados internacionais, mais caros mas menos sujeitos às debilidades do sistema nacional de ensino angolano. O acesso não é automático e ,além de dinheiro, pode exigir conhecimentos. Nas escolas internacionais, o preço pode variar entre os 25 mil a 40 mil dólares por ano (18.857 a 30.181 euros). Na Escola Portuguesa de Luanda, as propinas quadrimensais são de 990,54 euros para os cidadãos portugueses.

6. O que fazer nos tempos livres
A praia (fora de Luanda), os restaurantes, as viagens pelo país e as discotecas são os passatempos mais populares entre angolanos e expatriados.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Casa de férias no Mussulo para quê?

por Luis Moreira, em 01.10.11

 

Estar "in" em Luanda é chegar a sexta feira e rumar ao Mussolo onde se encontram as luxuosas casas de férias dos dignatários angolanos.

A marina de Luanda exibe barcos de recreio e veleiros de todos os tamanhos e preços.(sempre é melhor que ter uma marina e não ter barcos, ó Alberto João).
Mas segundo rezam as más línguas, "o suprasumo do tubarão" já saiu do Mónaco e está a chegar a Luanda. Um luxo incrível e inaceitável, propriedade de quem compra em Portugal as melhores e maiores empresas com o dinheiro da Caixa Geral de Depósitos e paga o empréstismo com "o pelo do mesmo cão".
Lembro-me, logo ali antes e depois do 25 de Abril, como a grande maioria destes senhores era idolatrada por serem de "esquerda", tomariam o poder nas suas mãos para socorrer o povo há 500 anos esmagado pelos colonos portugueses.
Apesar das imensas riquezas não há país mais injusto e gente mais pobre! As amplas liberdades deram em partido único, na tomada do estado por uma "clique" insaciável, as ténues manifestações de rua dão porrada de ferver e prisão .
Amanhã, cá nesta terra que eles tanto odeiam, o PCP e os sindicatos comunistas vão descer a avenida em "combates de rua". Livres, protegidos pela polícia!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 08:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Você precisa de algum serviço de hackers? ENTÃO CO...

  • Anónimo

    Você precisa de algum serviço de hackers? ENTÃO CO...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um serviço de hackers profiss...

  • Anónimo

    Incrível, mas verdadeiro. Acabei de receber meu em...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Estou tão feliz que recebi um empréstimo de um cre...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    OLÁ, você precisa de um serviço de hackers? Você e...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog  



subscrever feeds