Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


No dia 12 de Junho de 1911, foi apresentada, pela primeira vez na Europa, a ópera “La Fanciulla del West”, do compositor italiano Giacomo Puccini. O evento realizou-se em Roma.

“A Rapariga do Oeste” é uma ópera em três actos com libreto de Guelfo Civinini e Carlo Zangarini, baseado na peça “The Girl of the Golden West”, do autor americano David Belasco e a acção tem lugar na Califórnia, durante a corrida ao ouro de 1849.
A estreia absoluta foi realizada a 10 de Dezembro 1910, em Nova Iorque, no Metropolitan Opera House, com direcção musical de Arturo Toscanini, que se referiu a esta ópera como “um grande poema sinfónico”. Entre outros intérpretes, encontravam-se Enrico Caruso e Emmy Destinn, para quem Puccini tinha criado os papéis principais. No entanto, depois de assistir à interpretação do papel de Minnie pela soprano Gilda dalla Rizza, na Ópera de Monte Carlo, o compositor exclamou: “Finalmente, vi a minha verdadeira Fanciulla”.
Apesar de ter sido um enorme sucesso nos Estados Unidos, esta ópera nunca foi muito popular na Europa, excepto, provavelmente, na Alemanha, onde estreou na Deutsche Opera de Berlim, em Março de 1913, sob a direcção musical de Ignatz Waghalter.

“A Rapariga do Oeste” veio a seguir à “Madame Butterfly”, que também foi baseada numa peça de Belasco. Notam-se algumas influências de compositores como Debussy, Stravinsky e Richard Strauss.
Esta ópera é apresentada de vez em quando, mas não tanto como outras óperas de Puccini. O Metropolitan Opera de Nova Iorque levou-a à cena na temporada de 2010-2011, para celebrar o centésimo aniversário da obra.


Final da ópera “La fanciulla del west”, de Puccini
Orquestra da Metropolitan Opera de Nova Iorque
Maestro: Leonard Slatkin

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 1 de Fevereiro de 1859 nasceu, em Dublin, o compositor irlandês Victor Herbert. Embora tenha tido uma carreira importante como violoncelista e maestro, é mais conhecido por ter composto muitas operetas de sucesso que estrearam na Broadway, a partir de 1890 e até à 2ª guerra mundial. Fez a sua formação musical no Conservatório de Estugarda, onde aprendeu violoncelo. Tocando esse instrumento integrou a Orquestra de Johann Strauss em Viena, antes de se mudar para os Estados Unidos, juntamente com a mulher, a soprano Therese Förster, que, em 1886, foi contratada pelo Metropolitan Opera de Nova Iorque. Enquanto a mulher fazia a sua estreia na companhia, interpretando a Aida, Herbert integrava a orquestra do Met, tocando violoncelo.
Continuou a sua carreira como solista, maestro e compositor, enquanto ensinava no Conservatório Nacional. Em 1892, tornou-se maestro da Banda do 22º Regimento da Guarda Nacional de Nova Iorque, sucedendo ao lendário Patrick Gilmore. Na viragem para o séc. XX dirigiu a Orquestra Sinfónica de Pittsburgh, que levou à sua maior digressão pelas principais cidades americanas. Nesses primeiros anos do século XX, fundou a sua própria orquestra, que dirigiu até ao fim da vida, e liderou a defesa dos direitos autorais dos compositores, fundando, com John Philip Sousa e Irving Berlin, a ASCAP, Sociedade Americana de Compositores, Autores e Editores, de que foi vice-presidente durante uma década. Veio a falecer, de ataque cardíaco, depois de uma vida saudável, no dia 26 de Maio de 1924, em Nova Iorque.
Como compositor, escreveu principalmente operetas, a par de concertos para violoncelo. De uma das suas obras mais conhecidas, "Babes in Toyland", faz parte a “Marcha dos Brinquedos”.


“Marcha dos brinquedos”, da opereta “Babes in Toyland”, de Victor Herbert
Orquestra Sinfónica de Saint Louis
Maestro: Leonard Slatkin

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 20 de Janeiro de 1894 nasceu em Rockland, estado do Maine, o compositor americano Walter Piston. Depois de ter estudado engenharia no liceu e de se ter licenciado em pintura, foi admitido na Universidade de Harvard, em 1920, onde estudou contraponto, harmonia, composição e história da música. Trabalhou como assistente de vários professores de música e foi maestro da orquestra dos estudantes. Mais tarde, foi professor na Universidade de Harvard, cargo que exerceu até 1959.
Virtuoso neoclássico no seu estilo, recebeu influências do jazz. É autor da suite de bailado “O Incrível Flautista” e de seis sinfonias, concertos, cinco quartetos de cordas, bem como de tratados de orquestração, contraponto e harmonia. Nos últimos anos de vida, Piston ficou debilitado com diabetes, que afectaram a sua visão e audição. Morreu, de ataque cardíaco, no dia 12 de Novembro de 1976, em Belmont, no estado de Massachusetts.


4º andamento da Sinfonia nº 6, de Walter Piston
Orquestra Sinfónica de Saint Louis
Maestro: Leonard Slatkin
Imagens: Obras do pintor e muralista americano Thomas Hart Benton

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Wahid Miha Wahid Miha

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    Meu nome é Valeria Marco. Há 6 meses atrás, meu ne...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog