Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Lendo nas entrelinhas das fontes, assim parece.

Tendo sido Stournaras (alcunhado de Mr. Euro) um dos principais conselheiros do PM Kostas Simitis, quando a Grécia negociava a entrada no Euro, e a não ser que seja cego, surdo e mudo, não lhe pode ter passado ao lado a maquilhagem das contas gregas elaborada pelo Goldman Sachs a pedido do Governo grego de então, liderado pelo dito Semitis.
Diga-se que foi esse jeitinho-de-mão que possibilitou que um país que não cumpria, nem de longe nem de perto, os requisitos para entrar no Euro, o tenha feito na paz do senhor e com o beneplácito dos donos do mundo e seus sequases europeus.
Como se vê, o perfil do Mr. Euro não engana: trata-se de mais um ultra-liberal para passar a mão pelo pêlo (acho que de acordo com a novilíngua oficial isto se escreve "pelo pelo") aos mercados, às agências de rating e à Troika. 
Em suma, nada de novo no mediterrâneo.

Se não é um Goldman-boy será, ao menos, mais um missus dominicus aos serviços de interesses menos claros e menos gregos (do ponto de vista do povo, pois claro).
De resto, pergunto, que faz um dos homens que, por acção e omissão, mais contribuiu para a entrada da Grécia no Euro, com a falcatrua que tal entrada exigiu, como Ministro das Finanças Grego nesta altura do campeonato? 
Encontro de contas? 
Fontes: http://mobile.reuters.com/article/idUSL6E8HQ64V20120626?irpc=932
http://www.athensnews.gr/portal/11/56506

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:27


Operação Overlord (take two)

por Rogério Costa Pereira, em 17.06.12

Faz hoje, por volta desta hora, 68 anos e 11 dias que começou o Dia D; por um mundo livre, contra a Alemanha - faço questão de não distinguir as coisas porque raramente enfio três vezes a pata na poça. E o que hoje vivemos é um holocausto, mascarado de ramos de oliveiras e pombinhas brancas. 

Ouço na rádio (penso que na Antena 1), que a vitória do Syriza pode lançar o pânico nos mercados.

Pois que lance, que ainda hoje não percebo como meia-dúzia de avençados por interesses obscuros (leia-se Goldman Sachs e IV Reich) avaliam países, controlam as dívidas soberanas e decidem o futuro do mundo. E os "inocentes" mercados da tainha, esses, vão atrás. Que entrem em pânico, pois; os milhões deles são os tostões que nos faltam para o pão.

"Eu faço o trabalho de Deus", disse Lloyd Blankfein, CEO d'O Banco. Mais logo, este deus, mais cruel do que o da Bíblia, vai começar a morrer. Seja qual for o resultado das eleições gregas. Porque a História assim o determina; assim o exige...

68 anos e 11 dias é um número bem redondo e já é tempo de a Mafaldinha deixar de se apoquentar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:43


A Europa e o Deus da Carnificina

por Rogério Costa Pereira, em 10.06.12

tullius-detritus.gif
A Alemanha e o FMI, ao autorizarem o sequestrado Rajoy (este que espere pela volta) a gabar-se de o resgate a Espanha não ser um verdadeiro resgate, colocaram os PIGS e arrabaldes a ferro-e-fogo. A Irlanda (outros se seguirão) já veio pedir condições iguais às espanholas (como se estas fossem diferentes e a austeridade não viesse no pacote).
Deixou de ser uma guerra Norte-Sul. Agora, é tudo à porrada e fé no deus em título. Cada um por si e não se fazem prisioneiros. 
Se os agentes-duplos do Goldman Sachs na Europa não tiveram dedo nisto, depressa serão postos com dono. Já não são precisos para nada. Extinção do posto de trabalho, pois, que o "Nosso [deles] Homem em Havana" não é cá necessário. A velha Europa (des)entende-se bem sozinha. 
Cada país europeu tem como líder e oposição a personificação cuspida e escarrada do Detritus inventado por Goscinny e posto no papel por Uderzo (excepção feita ao nosso empalhado líder, que vai fazendo o que lhe manda a voz da voz -- não confundir este entre-parêntesis com um elogio, trata-se apenas do reconhecimento de que temos "um rei-morto sem sombra de rei-posto à vista").

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:09


Os segredos da Goldman Sachs

por Rogério Costa Pereira, em 10.06.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:11

Goldman Sachs :( Económico) Coloca ex-funcionários nos lugares de topo que decidem o rumo da economia global, o que leva muitos a dizerem que domina o mundo. 

Quem são? Onde estão?

Hank Paulson, antigo secretário de Estado do Tesouro dos EUA
Saiu da liderança do Goldman Sachs para ser secretário de Estado do Tesouro durante a administração Bush. Paulson delineou o programa de ajuda à banca durante a crise financeira de 2008, que também resgatou o Goldman.

Mario Draghi, presidente do BCE
O presidente do BCE, Mario Draghi, foi director-geral da Goldman Sachs International entre 2002 e 2005. A ligação levou-o a enfrentar perguntas dos eurodeputados sobre se esteve envolvido na ocultação do défice grego.

Mark Carney, governador do Banco Central do Canadá
O actual governador do banco central do Canadá passou 30 anos no Goldman.Foi responsável pelas áreas relacionadas com risco soberana e foi o homem com a tarefa de delinear a estratégia do banco durante a crise russa de 1998.

Romano Prodi, antigo presidente da comissão europeia
O antigo presidente da Comissão e ex-primeiro-ministro italiano esteve no Goldman nos anos 90. A ligação valeu-lhe críticas da Oposição quando rebentou um escândalo a envolver o Goldman e uma empresa italiana.

Robert Zoellick, presidente do Banco Mundial
O actual presidente do Banco Mundial foi director-geral do Goldman.Antes de se juntar ao banco tinha trabalhado no Departamento do Tesouro norte-americano. Lidera o Banco Mundial desde Julho de 2007.

Robert Rubin, antigo Secretário de Estado do Tesouro dos EUA
Robert Rubin teve cargos de topo na administração do Goldman. Após 26 anos no banco foi escolhido por Bill Clinton como secretário de Estado do Tesouro. Após passar pelo Governo, trabalhou no Citigroup.

Ducan Niederauer, presidente da NYSE Euronext
O presidente da NYSE Euronext, Duncan Niederauer, que detém as bolsas de Nova Iorque e de Paris, Bruxelas, Amesterdão e Lisboa, foi responsável do Goldman pela área da execução de ordens dadas sobre títulos financeiros.

Mark Patterson, Chefe de Staff do Tesouro dos EUA
Mark Patterson é o chefe de gabinete do actual secretário do Tesouro dos EUA, Timothy Geithner. Antes de se juntar ao governo estava registado como lóbista, intercedendo para defender os interesses do Goldman.

António Borges, director do Departamento Europeu do FMI
O economista foi vice-presidente e director-geral do Goldman entre 2000 e 2008. Após sair do banco foi da associação que delineia a regulação dos ‘hedge funds'. Em Outubro de 2010, foi nomeado director do FMI para a Europa.

Carlos Moedas, Secretário de Estado adjunto do Primeiro Ministro
Após acabar o MBA em Harvard, no ano 2000, o actual responsável pelo acompanhamento do programa da ‘troika' foi trabalhar para a divisão europeia de fusões e aquisições do Goldman Sachs. Saiu do banco em 2004.

António Horta Osório, presidente do Lloyds Bank
O primeiro emprego de Horta Osório após terminar o MBA no Insead foi no Goldman, centrando-se na área de ‘corporate finance'. Actualmente é presidente do banco britânico Lloyds depois de ter estado no Santander.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Gr%3Fcia confron.jpg

E quando Papademos diz que “a violência e as destruições não têm lugar em democracia” está a referir-se à democracia de que país? À grega, que também já não existe, não é com certeza. Imagino que a frase vinha no memorando que a Goldman Sachs lhe enviou logo pela fresquinha e um homem tem de fazer pela vida, sendo certo que isso passa por não aborrecer o (ex-)patrão.

A profunda estupidez destes pequenos seres não cessa de me surpreender. Será que eles acreditam mesmo que podem continuar a pisar o povo e impedir o curso natural da história? Vamos ver quanto mais dura esta palhaçada, embora eu ache que podíamos passar já adiante. Para a inevitável parte do inevitável golpe de Estado (na Grécia já cheira a overcooked).

De resto, e a este propósito, os "líderes" europeus têm-me feito lembrar aquele saudoso ministro iraquiano. Claro que não, meus caros, no pasa nada, continuem assim, que o povo é sereno. Até na hora de vos ir ao focinho. Toodles.

[citação de Papademos e imagem via Público]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:04


Goldman Sachs - o banco que nos quer bem!

por Luis Moreira, em 18.11.11

Este artigo é uma preciosidade, embora há muito que se sabe o que esta instituição anda a fazer no mundo e em particular na Europa!

"Mario Monti, Lucas Papademos e Mario Draghi têm uma coisa em comum: trabalharam para o banco de investimento norte-americano. Não se trata de um acaso mas de uma estratégia de influência que talvez já tenha atingido os seus limites."

Os seus críticos acusam esta rede de influências europeia tecida pelo banco norte-americano Goldman Sachs (GS) de funcionar como uma loja maçónica. Em graus diferentes, o novo presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, o presidente designado do Conselho italiano, Mario Monti, e o novo primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, são figuras totémicas das malhas apertadas dessa rede.
Siga o link e veja o passado profissional de cada um deles!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:19


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Je suis une femme d'affaires sérieuse et j'accorde...

  • Anónimo

    Olá desculpe, talvez você não me conheça, meu nome...

  • Anónimo

    VOCÊ PODE OBTER ALGO NOVO !!!Ganhe 5.500 euros tod...

  • Finn Walsh

    We are Ireland based major/Direct providers of Fre...

  • Anónimo

    We are Ireland based major/Direct providers of Fre...

  • Anónimo

    Você vai conseguir um empréstimo?Você precisa de u...

  • Anónimo

    Assistência de empréstimo à sua disposiçãoVocê est...

  • Anónimo

    De um investidor privadoVocê precisa de um emprést...

  • Ashton Dillon

    Požádejte o rychlou půjčku !!!!!!!!!Hledáte finanč...

  • Anónimo

    Solicitar um empréstimo rápido !!!!!!!!!Você procu...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog