Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


No dia 8 de Abril de 1858 morreu, em Viena, o editor de música e compositor austríaco Anton Diabelli. Tinha nascido no dia 5 de Setembro de 1781, em Matsee, perto de Salzburgo.

Preparou-se para entrar no seminário, mas também teve lições de música com Michael Haydn (irmão mais novo de Joseph Haydn). Mudou-se para Viena para ensinar piano e guitarra, antes de formar uma sociedade com Pietro Cappi, em 1818, e abrir uma editora de música.
A editora de Diabelli ficou inicialmente conhecida por publicar peças com arranjos populares para que amadores as pudessem tocar em casa. Depois afirmou-se nos círculos mais sérios por ser a primeira a publicar os trabalhos de Franz Schubert, um compositor que se destacaria mais tarde.
Como compositor, Diabelli escreveu várias peças: uma opereta, várias missas e canções, peças para piano e guitarra e peças a 4 mãos, populares entre pianistas amadores. A composição pela qual é mais conhecido foi, na verdade, parte de uma aventura editorial. Em 1819, resolveu publicar um volume de variações sobre uma valsa, com uma variação para cada compositor austríaco vivo naquela época, assim como vários compositores importantes de outros países.
As contribuições seriam publicadas numa antologia chamada “Associação de Artistas da Pátria”. 51 compositores responderam com peças, incluindo Beethoven, Schubert, Czerny, Hummel, Moscheles e, com 8 anos de idade, Liszt. Parece que Liszt não foi convidado directamente, mas o seu professor, Czerny, insistiu na sua participação. Czerny também foi recrutado para escrever uma coda.
Beethoven, entretanto, em vez de contribuir com somente uma variação, fez 33, que vieram a formar a 1ª parte da obra. As "Variações Diabelli", op. 120 são consideradas uma das melhores obras para piano de Beethoven e uma das melhores séries de variações da época. As outras 50 variações foram publicadas como a 2ª parte da “Associação de Artistas da Pátria”.
A editora fundada por Diabelli continuou a expandir-se até que ele se afastou, em 1851. No futuro, esta editora seria responsável pela publicação de obras de Johann Strauss II e Josef Strauss.


Rondo, do Trio para três guitarras, op. 62, de Anton Diabelli
Trio de Guitarras de Bérgamo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    OFERTA DE EMPRÉSTIMO ACESSÍVEL SEM TAXAS PRÓPRIAS ...

  • Anónimo

    OLÁ; Você precisa de um empréstimo?Fornecemos todo...

  • Anónimo

    Hi guys, I'm Davidson. The blank ATM card I receiv...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um empréstimo rápido?Eu sou S...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog