Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Qualquer dia não há dia: Um silêncio chamado fascismo

por Rogério Costa Pereira, em 15.01.13

mafalda-repre1.jpg

A propósito desta "conferência" sobre "reforma" do "Estado", patrocinada pelo psd ou pelo "governo" ou lá o que é aquilo, e tendo em conta que os jornalistas foram graciosamente (de graça, por graça e em graça) autorizados a gravar tudo o que os filhotes do gaspar (moedas e coelho) disserem, lamento que a Comunicação Social seja tão mal-agradecida. 
Então recebem um convite para dois dias sem fazer nada, com coffee breaks de suminho de laranja à borla, e reagem daquela forma? Que ousadia! Liberdade de Imprensa-blá-blá? Não leram a nova Constituição, aka memorando revisto e ampliado pela praxis das necessidades da execução orçamental e pelo relatório do fmi? Viram por lá algum Direito Fundamental? Essas areias na engrenagem do "Custe o que Custar"? Cambada de ignorantes...
Agora a sério: não há dia em que estes diabos do desgoverno troiquista e o fascismo que os carrega não dêem um passo em frente. Não há dia em que Portugal e o Estado de Direito Democrático não dêem um passo atrás.
Qualquer dia não há dia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:55


Os Dias do Leopardo

por Licínio Nunes, em 20.09.12
É preciso que algo mude, para que tudo fique na mesma

Giuseppe de Lampedusa — Il Gatopardo


Foi bonita a festa, pá. Fiquei contente; acho que ficámos todos, pelo menos a maioria sã de nós. No entanto, depois da catarse colectiva, entrámos no período mais perigoso. Estes são os dias do leopardo.

Se lermos de forma ingénua as reacções ao passado 15 de Setembro, podemos ficar com a sensação que o actual governo está condenado e a breve prazo. Espero que não. Espero que o domínio do inenarrável Relvas sobre o aparelho do PSD seja tão profundo como todos os comentadores afirmavam ser, até há poucas semanas; espero que o cinismo do sr. Portas tenha ainda muitas oportunidades de se manifestar; espero que Aníbal Cavaco Silva se revele tão intrinsecamente indeciso como revelou ser durante o buzinão da Ponte.

Estes são os dias do leopardo. Giuseppe de Lampedusa rever-se-ia nas declarações de Mário Soares. Estão perfeitamente alinhadas com a indigência eurocrática dos super-Mários e superam de longe as meias-tintas envergonhadas de Pacheco Pereira. É preciso um protagonista de ar grave e queixo prognástico. Se for Bento de nome, os eurocratas chamar-lhe-ão super. Que pena não ser Mário!

Estes são os dias do leopardo, em que já nos começaram a informar suavemente que nada existe para além dos ditames da troika. Têm razão. Enquanto o sorriso Pepsodent — que os portugueses elegeram, não esquecer — não decidiu ficar na História como o autor da maior reversão social desde a primeira partilha da Polónia (*), Portugal parecia condenado a seguir as pisadas da Grécia, no caminho da destruição social, lenta e triste.



Talvez Passos Coelho venha afinal a ser lembrado como a nossa Maria Antonieta. "...comam croissants..."? Qual quê! Comam merda, que se calhar até isso é bom demais para vocês, idiotas inúteis que sonharam poder construir uma vida com base no vosso trabalho e proporcionar um futuro melhor aos vossos filhos. Os seres superiores são como o Borges, prosperam nos mares revoltos da manipulação financeira. Por isso, estes são os dias do 'quanto pior melhor'. E recomeçam já na próxima sexta-feira.

Para isso, é preciso que os Portugueses resistam aos dias do leopardo. Quanto mais a situação do poder austeritário apodrecer, maiores as chances de que este velho continente sacuda a modorra da sua decadência. É adequado que sejam os Portugueses a fazê-lo. De novo. Quando Vasco da Gama zarpou para a Índia, os seus grandes inimigos eram banqueiros venezianos. Hoje, os traidores da Europa mudaram-se mais para norte. "Se Deus tivesse cagado cimento, o resultado teria sido Frankfurt", escreveu Günther Grass.

Seria bom que pudéssemos destruir a traição europeia a tiro de canhão, de longe, como Franciso de Almeida o fez ao largo de Diu. Provavelmente, vamos ter que pagar o preço. O preço de sermos um Povo Soberano.


(*) Quando Frederico Guilherme da Prússia assumiu soberania completa sobre os territórios da Prússia Oriental, uma das suas primeiras medidas foi reinstaurar a servidão da gleba, abolida quase cem anos antes, por Jan II Kasimierz Vasa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:18


Habituem-se, diz ele

por Ariel, em 03.05.12

"O desemprego está a subir em Portugal a um ritmo muito superior ao da média da zona euro. No conjunto do último trimestre do ano passado e do primeiro deste ano, a economia portuguesa regista mesmo a maior subida da taxa de desemprego em toda a União Europeia. A escalada do desemprego em Portugal continua sem fim à vista. Em Março, de acordo cornos dados publicados ontem pelo Eurostat, a taxa atingiu os 15,3% da população activa, renovando valores recorde que se vêm verificando desde início do ano. Portugal tem agora a terceira maior taxa de desemprego da Europa a 27, apenas atrás de Espanha e Grécia.

Mas tão ou mais preocupante que os valores do desemprego é o ritmo de subida do mesmo: nos últimos dois trimestres, a taxa aumentou 2,3 pontos percentuais em Portugal, de longe a maior subida em toda a União Europeia. Poderá apenas ser suplantada pela subida registada na Grécia, cujos dados mais recentes dizem respeito a Janeiro e, por isso, não permitem ainda fazer a comparação. E está bem acima da média da zona euro, onde a subida da taxa foi de 0,6 pontos percentuais
."


Fonte:Diário Económico

 

Sobre este drama, já todos conhecemos o pensamento do primeiro-ministro: "temos de estar preparados para viver durante pelo menos dois ou três anos com níveis de desemprego a que não estávamos habituados".

 

Não há quem lhe esfregue um gato morto na cara até ele miar?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09

Constituição Suspensa! 
Tribunal Constitucional politizado! 
O país pode cair na bancarrota se o TC chumbar ... as leis que nos tiram o que é nosso? Terei eu ouvido bem, aquela primeira parte antes das reticências?
Ouvi, sim! Chantagem torpe e fascista sobre o Tribunal Constitucional! 
Vai pousando, passarinho. Vai falando e põe-te a jeito.
E é só! Tive MUITO cuidado com as palavras? Hum?
A que horas chegam os homens?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE OS H...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Anónimo

    I was searching for loan to sort out my bills &...

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO COM TODOS OS TIPOS DE TRABALHO HA...

  • Anónimo

    Recebi meu cartão multibanco programado e em branc...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog