Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Nobel da Paz eleita deputada da Birmânia

por Luis Moreira, em 02.04.12

Uma luta de uma vida. Afastada da família e da vida em sociedade, prisioneira dos militares que tomaram o poder através de um golpe de estado, esta mulher frágil, bonita e de carácter não desiste.

A opositora birmanesa e líder do movimento democrático, Aung San Suu Kyi, conquistou um lugar de deputada, pela primeira vez na sua carreira política, nas eleições legislativas parciais de hoje, afirmou o seu partido, a Liga Nacional para a Democracia (LND).

"Aung San Suu Kyi conseguiu 82 por cento dos votos" na circunscrição rural de Kahwmu, declarou à agência noticiosa francesa AFP um elemento da LND, Tin Oo, antes da divulgação dos resultados oficiais.

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/nobel-da-paz-conquista-lugar-de-deputada-na-birmania=f716274#ixzz1qtCUY6YI

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00


Acorda Portugal

por Rolf Dahmer, em 25.01.12

“Estratégia não é tudo, mas sem estratégia tudo é nada.” Wolfgang Mewes, investigador de sistemas e autor da Teoria da Gestão Cibernética (EKS)

 A alteração da Constituição abaixo referida, situa-se no campo táctico e é sem dúvida um assunto interessante a considerar. Todavia, se este passo não for precedido por uma alteração fundamente da ESTRATÉGIA – New Deal! – o seu efeito será nulo ou quanto muito apenas passageiro.

"Peço a cada destinatário deste e-mail que o envie a um mínimo de vinte pessoas em sua lista de contatos, e por sua vez, peça a cada um deles que faça o mesmo.

Em três dias, a maioria das pessoas neste país lerá esta mensagem. Esta é uma idéia que realmente deve ser considerada e revista por todos os cidadãos.

Alteração da Constituição de Portugal para 2012 para poder atender o seguinte, que é da mais elementar justiça:

1. O deputado será pago apenas durante o seu mandato e não terá reforma proveniente exclusivamente do seu mandato.

2. O deputado vai contribuir para a Segurança Social de maneira igual aos restantes cidadãos. Todos os deputados ( passado, presente e futuro) passarão para o actual sistema de Segurança Social imediatamente. O deputado irá participar nos benefícios do regime da Segurança Social exactamente como todos os outros cidadãos. O fundo de pensões não pode ser usado para qualquer outra finalidade. Nãohaverá privilégios exclusivos.

3. O deputado deve pagar seu plano de reforma, como todos os portugueses e da mesma maneira.

4. O deputado deixará de votar o seu próprio aumento salarial.

5. O deputado vai deixar o seu seguro de saúde atual e vai participar no mesmo sistema de saúde como todos os outros cidadãos portugueses.

6. O deputado também deve estar sujeito às mesmas leis que o resto dos portugueses.

7. Servir no Parlamento é uma honra, não uma carreira. Os deputados devem cumprir os seus mandatos (não mais de 2 mandatos), e então irem para casa e procurar outro emprego.

8. Exigência de assiduidade tal como aos restantes portugueses, que até quando vão ao médico lhes é descontado o dia.

9. Juntar a estas exigências O Governo e o Presidente da República.

10. Alterar de 230 para 150 o nr de deputados, um país tão pequeno não precisa de tantos deputados.

O tempo para esta alteração à Constituição é AGORA. Forcemos os nossos políticos a fazerem uma revisão constitucional.

Assim é como se pode  CORRIGIR ESTE ABUSO INSUPORTÁVEL DA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA.

Se você concorda com o acima exposto, ENTÃO VÁ PARA A FRENTE. Senão, PODE DESCARTÁ-LO.

Você é um dos meus 20 contatos.

Por favor, mantenha ISTO A CIRCULAR."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00


O lello cigano

por Luis Moreira, em 25.01.12
Sempre pensei que a melhor forma de resolver o problema que temos com o baixo nível dos deputados era por-lhes um calmante na água. Deixavam de fazer mal e más leis, não abriam a matraca, não gastavam telefone e energia e logo que acordassem iriam fazer uma auscultação a uma qualquer freguesia...
Ter uma casa paga pelo estado é uma boa ideia, mesmo que tenham casa em Lisboa, assim sempre podem dizer à família que estão a ultimar um relatório para a Assembleia, enquanto se deliciam com um opíparo jantar que dura até às tantas. Não há pressa em deitar nem há sono, isso recupera-se enquanto os da fila da frente estão convencidos que mandam alguma coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Afinal, parece que quem enviou o primeiro relatório das "secretas" para o jornal Público foi o deputado dos gravadores, diz ou insinua a deputada relatora do inquérito.

O que é impressionante é realmente isto. Não se trata de saber se as "secretas" estão ou não infiltradas por grupos de pressão, empresas privadas ou pela Maçonaria, do que se trata é desviar a atenção pública dessas questões. Importante é aparecerem dois relatórios diferentes para mostrar que do primeiro para o segundo houve "mudanças" à má fila e, dessa forma, descredibilizar  o trabalho da Comissão.

Nem sequer se importam nada de aparecerem face aos portugueses como uns mentirosos a quem não é devido respeito, pois a maioria dos senhores deputados são maçons ou pertencem a uma outra qualquer "loja de interesses" e são estas organizações que é preciso defender, não é a verdade, o interesse público ou a dignidade dos representantes do povo.

Todos discutem, não as pressões exercidas junto das "secretas" mas as mentiras com que se enlameiam uns aos outros.

A origem do poder que usufruem não lhes é dado pelas eleições mas pelos poderes ocultos a que estão vergados!

Belo retrato do poder político deste país!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Ligações dos directores das "secretas"  a grupos de pressão instalados na sociedade portuguesa nomeadamente a Maçonaria foram apagadas de relatório de uma deputada no âmbito de um inquérito.

O PSD encarregou-se de, entre o primeiro relatório e o segundo, o que viu a luz do dia, fazer desaparecer a denúncia de, em Comissão na Assembleia da República à porta fechada, se terem detectado interesses com vista a ocupar lugares de poder incluindo nas próprias "secretas". Grupos de pressão nomeadamente a Maçonaria. Ainda se denunciaram fugas de informação para uma empresa privada a Ongoing e o acesso ílicito aos registos telefónicos do jornalista Nuno Simas.

Desapareceu o que dava razão de existir ao relatório!

Também se compreende que tenham desaparecido pois se os denunciados são grupos de pressão, não é senhores deputados?

O Presidente da bancada do PSD é "irmão" do desaparecido no relatório, dá tudo certinho como Deus com os anjos. O PS já veio perguntar a que são devidas estas alterações pois como é óbvio nada sabe sobre a Maçonaria nem sobre as "secretas".

A bem da Nação!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    OLÁ, você precisa de um serviço de hackers? Você e...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog