Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Então e a Esquerda, pah?

por Licínio Nunes, em 03.07.13
É um nome lindo, camarada
É um nome lindo, tu sabes
Que casa cereja e romã
Com as cem flores do mês de Maio

Nas últimas eleições legislativas, votei duas vezes no Bloco de Esquerda. Literalmente. Preenchi dois boletins com a cruzinha na mesma posição. O primeiro foi parar à urna de voto, o segundo, à maleta dumas miúdas simpáticas que estavam a efectuar uma sondagem à boca da urna, para a Universidade Católica. Em face da correspondência muito próxima entre os resultados daquela sondagem e os totais nacionais, sou dos muito poucos que podem afirmar terem uma certeza quase absoluta de o seu voto ter contado.

O meu voto contou. Essencialmente, serviu para legitimar a agressão que se abateu sobre este País. São as regras do jogo, nada de essencial muda quando votamos vencido. E também por isso, continuam a aplicar-se as palavras do Jean Ferrat, naquela primeira quadra acima. Sim, é um nome lindo, camarada, mais ainda quando evoca o "...é proibido proibir...", do Maio de 68, na sua referência inequívoca ao período das Cem Flores, "Que cem flores floresçam / Que cem escolas de pensamento debatam livremente"</em>. Mas deixemos Mao Tse Tung em paz. Os Povos votam (os que o podem fazer), usam a sua liberdade, inclusive, para permitir a actuação dos inimigos dessa liberdade. São as regras do jogo.

Durante anos, camarada
Durante anos, sabe-lo bem
Apenas com o teu nome por canção
Os lábios floresciam

E no fim de contas, só é derrotado quem desiste. E no fim de contas, quem, neste País, se atreverá a dizer que não valeu a pena? Os tais inimigos da liberdade e esses não me interessam. Os outros, desde os que têm uma memória física do antes do 25 Abril de 1974, até aos que aprenderam os factos nos livros de História, sabem que os lábios floresceram; não tanto quanto queríamos, mas floresceram. E aquela coisa, essencialmente difusa, a que chamamos Esquerda tem aí muitas das suas coroas de glória.

É um nome terrível, camarada
É um nome terrível para ser dito
Durante o tempo duma mascarada
Mais não faz do que tremer

Se parássemos neste ponto, estaríamos a passar moeda falsa. Não vou falar das lutas internas da República, durante a Guerra Civil de Espanha, nem sequer da única acusação invalidada no Tribunal de Nuremberga. Os espanhóis que se pronunciem sobre os primeiros factos e os polacos que façam a paz possível como os outros. Mas outros factos, mais próximos de nós, estão ainda em cima da mesa. E o Jean Ferrat não se esqueceu deles.

Que vens fazer, camarada?
Que vens fazer aqui?
Foi às cinco horas de Praga
Que o mês de Agosto se obscureceu.

Foi às cinco da manhã de 21 de Agosto de 1968, que os exércitos do Pacto de Varsóvia invadiram a Checoslováquia. E aquelas foram exactamente as perguntas que os jovens de Praga e de outras cidades, fizeram aos miúdos atarantados, que tripulavam os tanques soviéticos. E eles não sabiam. Provenientes, na sua maioria de unidades estacionadas na Ucrânia, estavam convencidos que a guerra tinha rebentado e que estavam na então Alemanha Federal; era o que os veteranos de '45 lhes tinham dito: "Quando vocês já não conseguirem ler os sinais de trânsito [por já não estarem escritos em cirílico], isso quer dizer que estão na Alemanha...".

É um nome lindo, camarada
É um nome lindo, tu sabes
Com o meu coração batendo a chamada
Para que ele renasça para sempre.
Casando cereja e romã
Às cem flores do mês de Maio

Não, a Esquerda não pode assumir qualquer postura de superioridade moral, a menos que seja capaz de olhar para os esqueletos que tem no armário. Os franceses fizeram-no, após a libertação de 1944; à maneira deles, pelo pacto do silêncio. Fizeram-no. Os italianos fizeram-no, pelo Compromisso Histórico. Então e nós? Nós, hoje, 3 de Julho de 2013, quer-me parecer que, colectivamente, ainda não percebemos a profundidade da crise que nos atinge e a natureza extrema da agressão a que estamos sujeitos. Na minha qualidade de alguém que vota em dobrado no BE, quero afirmar que a cultura do protesto, por mais justo e correcto que seja, não leva a lado nenhum.



No dia de hoje, esta deputada do Bloco, conseguiu encontrar tempo e disponibilidade mental, para afirmar a sua indignação. A respeito dum assunto diplomático. Triste e irrelevante. Constato que o PCP não encontrou o tempo ou a disposição para se congratular com o internacionalismo norte-coreano. Talvez o façam amanhã, se a nossa própria urgência não os impedir. Então e o PS?

Será que a tal "superioridade moral" vai continuar a permitir apontar o dedo numa única direcção? Existem muitos e bons motivos para esse apontar, mas e a urgência nacional? "Não vale a pena, o TóZero é um zero...". Pois muito provavelmente é, mas que caminho é que se faz se não lhe metermos os nosso próprios pés? Cada vez mais me convenço de que vocês ainda não perceberam até que ponto a crise é urgente, e de que não fazem a menor ideia do que está para vir. Amanhã estará mais claro e no dia a seguir ainda mais.



A austeridade é a velha história das roupagens novas do Imperador. Ninguém, do alto da sua respeitabilidade, se atreve a dizer que não existem. Resta-nos a ingenuidade das crianças, mas que ninguém se iluda, o primeiro Povo, neste continente mártir, que se atrever a dizer "...o Rei vai nu..." vai ser sujeito a uma agressão que tornará as pressões obscenas sobre os gregos, durante as eleições de 2012, numa mera brincadeira. É este o nosso futuro próximo. Vamos a ele!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31


Godinho Lopes diz que não vai para eleições

por Luis Moreira, em 18.04.12

Não sei se terá condições para continuar. Como digo aqui, quem não pode estar sujeito a este ambiente de suspeição é o Sporting. Porque a reintegração do dirigente sob suspeita pode ser lida como " eu vou partir tudo", como faz primeira página o CM.

E quem é que tem medo que Cristóvão parta tudo? Partir o quê? Os outros dirigentes têm medo do "tudo"?

Cristóvão devia sair, a direcção menos pressionada esperava que se cumprisse o calendário do futebol onde se jogam uns milhões largos e, a seguir, eleições! Democracia, transparência...

O nosso texto acima de há dois dias,  andou em bolandas na SICN, parece que poucos se atreveram a pedir a demissão da direcção. Mas a verdade é que não há muitos que sobrevivam a acusações de "fruta", agências de viagens, guardas "Abel" e assim por diante. Há quem se alimente do próprio veneno. Não me parece que seja o caso do Sporting.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

Um truque há muito conhecido é prestar uma previsão baixa para calar as bocas e depois é um fartar vilanagem. Olhem para esse gráfico aí em cima. Uma Câmara Municipal construiu uma escola com preço metro quadrado de 650 euros, na mesma altura. Mas deve haver uma explicação qualquer para o custo metro quadrado das escolas construídas pela Parque Escolar ser superior a 1 000 euros...

A Parque Escolar, criada em 2007 pelo Governo de José Sócrates, calculou o custo da modernização de 332 escolas secundárias de todo o país com base na estimativa de reparação de 25 escolas de Lisboa. Foi assim que chegou ao valor de 2,82 milhões de euros por escola que o ministro da Educação disse terça-feira ter disparado 447%, para 15,45 milhões.

Às palavras de Nuno Crato no Parlamento, a Parque Escolar contrapõe, em comunicado hoje divulgado, que o "valor médio dos custos de construção por escola, no final de 2011, era de 12,1 milhões de euros". Isto é, 329% acima da estimativa inicial.

Realmente é notável a diferença entre 447% e 329% ! O que não interessa nada é o custo real do metro quadrado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

O mais jovem presidente da Alemanha meteu-se em trapalhadas para ajudar um amigo com taxas mais baixas num empréstimo bancário e teve que demitir-se.

É o Estado de Direito a funcionar, a separação de poderes a ser respeitada, tudo a anos luz do que se passa aqui no cantinho.

""Tendo em conta os acontecimentos dos últimos dias e das últimas semanas, não posso continuar a exercer o cargo", disse Wulff, numa conferência de imprensa transmitida em directo por todas as televisões alemãs. A Alemanha "precisa de um presidente que tenha a confiança de uma larga maioria e não só de uma maioria", acrescentou Wulff, que precisou de quatro minutos para anunciar a sua decisão. "Cometi erros", reconheceu ainda.

Em Portugal estamos no reino da fantasia, da difamação, da irresponsabilidade. O que é muito mau nos adversários políticos no nosso caso são coisas sem importância. A culpa morre solteira.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Muitas pessoas disseram que os hackers invadiram d...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    QUERO HACKEAR UM BLOG!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Anónimo

    oi me explica mais siobre isso

  • Anónimo

    Necesita un préstamo urgente para revivir sus acti...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO GENUÍNO E PROFISSION...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog