Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



TC, sim, de Todos os Cortes!

por Rogério Costa Pereira, em 06.07.12

Bernardino Soares tem toda a razão. Foi um erro de palmatória o grupo de deputados à Assembleia da República que requereu a declaração de inconstitucionalidade dos cortes dos subsídios ter invocado a violação do Princípio da Igualdade da forma ingénua como o fez: "Não pode admitir-se uma dualidade de tratamento, agora nítida, entre cidadãos a quem os sacrifícios são exigidos pelo Estado essencialmente através dos impostos e outros cidadãos a quem os sacrifícios são exigidos não só por essa via, mas também, e cumulativamente, de forma continuada, em escalada de montante e extensão temporal, através da amputação definitiva de partes significativas e de direitos relevantes que integram, como acontece com outros, a sua retribuição". Ou seja, privado com subsídios vs público sem subsídios. 
E foi precisamente por aqui que o TC foi, abrindo a porta ao óbvio e fazendo o jeito ao governo. Acaba-se já com a desigualdade e não será, por certo, repondo os subsídios dos funcionários públicos.

Embora eu entenda que o Principio da Igualdade está efectivamente a ser violado, e continuará a sê-lo com os cortes no sector privado, abriu-se a Caixa de Pandora e só a mitológica esperança permaneceu bem encerrada.

O que está, em primeira instância, a ser violado é o Direito ao Salário, são os direitos adquiridos ao longo de anos (numa perspectiva individual) e geracional (numa perspectiva global). E só numa análise que não calha à sociedade TC & Governo se passaria daqui, destas patentes violações, para a violação do Princípio da Igualdade, que é bem mais abrangente do que aquela aritmética bacoca do tira-e-põe, do estes-e-os-outros. 
Apesar de tudo, não trocaria a decisão de hoje pelo seu contrário. A austeridade já deu provas cabais que não é remédio e esta é uma excelente oportunidade para discutir essa evidência no sítio certo. Na rua, pois claro. Ou vamos para a rua ou vamos para a rua, sendo que uma das acepções equivale a ir viver para debaixo da ponte. Escolham...
Escolham, sim, e não ousem contar com o TC. Esta de hoje foi excepcional e não teve nada a ver com a Constituição nem com os lindos ... olhos da República. TC, sim, de Todos os Cortes! 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:03


Seis rapidinhas a propósito da decisão do TC

por Rogério Costa Pereira, em 05.07.12

1) Registo o facto (conveniente) de a dita cuja apenas ter visto a luz do dia cerca de duas semanas após o roubo do subsídio de férias; 
2) Depois do reconhecimento da inconstitucionalidade, a admissão, pelo TC, da manutenção do fartar-vilanagem em 2012 é, por si, inconstitucional e não passa de um frete político ao governo;
3) O TC assume-se, assim, como um Tribunal político - vide 2)
4) Todos os trabalhadores roubados podem e devem demandar judicialmente o Estado, com vista à devolução dos subsídios de férias e também para evitar novo roubo no Natal -- diga o TC o que disser;
5) Com esta novidade, e tendo em conta a forma como a execução orçamental já estava a decorrer, podemos contar com a reacção dos mandatários da Merkel em menos de um fósforo. 
6) Tendo em conta o referido em 5) quem se vai lixar, e à grande, é o mexilhão. Vem aí chumbo grosso. Ou se mexem ou levam com ele!

ADENDA: E sim, é bem possível que isto tenha sido uma encomenda do governo ao TC para permitir ir ao bolso aos privados. Eis a reposição da "legalidade": Passos admite cortes no privado para evitar inconstitucionalidade

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:26


A TAP junta-se à agitação social em curso

por Luis Moreira, em 27.01.12

Os trabalhadores da TAP reagiram aos cortes nos subsídios e nos vencimentos concentrando-se à porta da empresa. Querem um regime favorável em relação aos outros portugueses. Como querem os trabalhadores da CGD e o Banco de Portugal. As empresas do estado, monopolistas e ganhando muito melhor que os outros trabalhadores e pensionistas.

Um dos trabalhadores diz "que isto ainda revolta mais porque não vai servir para nada". Como se trata de um mecânico, como saberá ele?

"Cerca de 400 trabalhadores da TAP concentraram-se esta sexta-feira frente à entrada do edifício da empresa. Em causa os cortes salariais e a suspensão do subsídio de natal e férias."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:21


Ex.mo Senhor Administrador de Insolvência da Nação,

por Rogério Costa Pereira, em 14.10.11

Uma dúvida. E se eu, funcionário público, ganhar €€ 999,00? Não se me aplica o corte dos subsídios? A fazer fé no que vexa disse ontem, parece que não... Já se ganhar €€ 1.001,00, é simples. Peço redução de salário e fujo ao corte. Caso contrário, fico a ganhar muito menos do que o outro.

Claro que não será desta forma, mas o senhor Administrador de Insolvência da Nação, ontem, limitou-se a dizer isto, lembra-se? Condenou assim: "Corte nos subsídios acima de €€ 1.000,00". Entende-se o simplismo de raciocínio, afinal, como diz o Jerónimo de Sousa, «o senhor sabe lá o que é a vida!».

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:21


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE OS H...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Anónimo

    I was searching for loan to sort out my bills &...

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO COM TODOS OS TIPOS DE TRABALHO HA...

  • Anónimo

    Recebi meu cartão multibanco programado e em branc...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog