Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Passos está a mudar o discurso porque o essencial das medidas já foram digeridas pelas vítimas. Até Junho Passos vai continuar a meter o pé no acelerador mas cada vez mais levemente até que, lá por Junho, vai arranjar mais tempo ou mais dinheiro. Os alemães já o admitem pela boca de responsáveis que nunca o fariam agora se não fosse assunto já assente.

Depois de Junho vamos ver redistribuir pelos que ganham menos o que foi agora tirado à classe média. É que o dinheiro que for entregue aos que ganham menos vai contribuir para uma procura interna de produtos cuja importação é menos penosa para a nossa balança comercial. As exportações estão a portar-se bem e desde há muitos anos que não tinhamos uma balança comercial equilibrada como a que temos agora.

Com esta primeira parte sobre controlo podemos avançar para o serviço da dívida, pedindo mais tempo para pagar e baixar juros. Desta forma libertamos dinheiro para injectar na economia. A Comissão de técnicos europeus que aí vem tratar do apoio financeiro das PMEs é mais um sinal que as coisas já estão a andar.

Claro que o primeiro ministro já ouve a contestação a subir de tom e, mais, as pessoas já sabem que os alemães estão dispostos a ajudar. Seria um suícidio se Passos Coelho fizesse ouvidos de mercador. Portanto meus caros, uma boa hipótese é meio subsídio de férias ser devolvido. Chega para ir até ao Algarve ou ao Douro ( e à Caparica) mas não chega para ir para mais longe e, isso, é uma alavanca poderosa para o Turismo interno e para a restauração.

Empregam muita gente!

E, Passos quer chegar aqui: " Defendeu também que, no actual contexto económico, os bancos “precisam cada vez mais de dar menos crédito” para a habitação, para as empresas públicas e para o consumo.
“Precisam de dar mais crédito para a agricultura, para a indústria, para as empresas que têm capacidade exportadora e que, de um modo geral, não conseguem ir buscar mais do que seis por cento do crédito que os bancos conseguem dar”, disse.
Na opinião do líder nacional do PSD, em Portugal é preciso “financiar menos o imobiliário e mais a indústria e a agricultura”.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:30


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Muitas pessoas disseram que os hackers invadiram d...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    QUERO HACKEAR UM BLOG!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Anónimo

    oi me explica mais siobre isso

  • Anónimo

    Necesita un préstamo urgente para revivir sus acti...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO GENUÍNO E PROFISSION...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog