Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O ataque nuclear cibernético

por Luis Moreira, em 19.03.12

Um programa vírus, especialmente preparado para atacar as instalações nucleares do Irão, foi lançado na rede em 2010 e fez mover mais rapidamente as pilhas nucleares dos reactores, acima da sua capacidade, conseguindo destruí-las e atrasar por anos o programa nuclear do país.

Só os estados Unidos e israel têm capacidade tecnológica e razões para lançarem este tipo de ataque, embora os informáticos que detectaram o vírus tenham conseguido chegar à origem do ataque : Dinamarca e África.

A má notícia  é que depois de ser lançado e descoberto este vírus pode ser virado contra qualquer outro país, como sejam as centrais nucleares que produzem energia, ou contra as linhas de distribuição de electricidade, contra os semáforos de uma grande cidade, sinalização dos metropolitanos, controlo dos aviões...

As bombas militares são lançadas e explodem, acabou, mas as armas cibernéticas não morrem nunca, atacam e destroiem mas continuam activas.

Grandes países como os Estados Unidos têm grupos de segurança a trabalharem permanentemente com vista a não serem surpreendidos .

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50

“In a crashing civilization, being rich just means being the last to starve.”   Anthony Doerr (US-Writer) 2005

 “Numa civilização a desmoronar-se, ser rico não significa outra coisa senão ser o último que morre de fome”. Anthony Doerr, esritor norteamericano 2005

Sendo alemão e tendo lido em alemão o artigo tão bem traduzido para português pelo Instituto Humanitas Unisinos da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos, em São Leopoldo – ver link abaixo – no DER SPIEGEL impresso de 07-12-2011, aproveito para comentar o “paradigma controverso” da Europa sob o ponto de vista sistémico-holístico, como segue:

Toda a situação criada prova que os principais subsistemas de liderança dos sóciosistemas activados – p.ex. Alemanha e França – podem ganhar tanto imenso poder por uma estratégia que conduz ao saque aos sóciosistemas como por uma estratégia diversa que conduz ao seu fomento. Aliás, o mesmo se aplica às empresas que perseguem um saque sócio-ecológio sistemático. Só que: quando o poder adquirido sob uma estragia correcta de fomento é solidário e sem limites, o poder adquirido sob sinais de saque é não solidário e acaba com a destruição do sócio-sistema em questão. Daí a crescente raiva que se sente na Europa contra a Alemanha.

Ainda há dias escrevi no contexto com a absoluta necessidade da criação de uma união política sob forma de uma federação ou conferederação – Estados Unidos da Europa –, o seguinte:

“(...) Todavia, esta última (união política), necessária e indispensável para evitarmos graves e  violentas turbulências socais, não pode ser encontrada ad hoc nem feita em cima do joelho. E mesmo que ela fosse criada de um dia para o outro por toque de magia de alguma fada, faltaria o mais essencial que certamente não estaria incluido no pacote: o pensar e agir sóciocêntrico e diverso do actual que permitindo ver o mundo com outros olhos só pode ser adquirido através de uma evolução feita passo a passo – com trial and error and/or success. Assim, enquanto não chegarmos lá, o ideal para a transição sería a perseguição consequente de uma estratégia que permitisse alcançar o referido objectivo. Por outras palavras: se doravante em vez de exportarmos – ainda que inconscientes – miséria para o mundo, exportarmos riqueza, então seremos presenteados com tudo aquilo o que hoje perseguimos cada vez mais em vão e com maior insucesso (...)”.

As minha respectiva proposta estratégica queiram depreender dos textos anexos.

"Ceterum censeo Carthaginem esse delendam", ou seja,"quanto ao resto, penso que Cartago deve ser destruída".

Catão o Antigo...

...quanto ao resto, penso que a UE precisa de uma estratégia diversa.

Viva São Leopoldo, viva o Rio Grande do Sul!

Saudações de Estoril/Portugal

(Cibernética Social)

PS: amanhã à mesma hora continuação 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Ruth Breen

    It still feels incredible that my life has changed...

  • Anónimo

    Obtenha um cartão ATM em branco e dinheiro Bom di...

  • Anónimo

    Offre de prêt rapide et sérieuseLes informations s...

  • Anónimo

    Waow this is unbelievable, it is my first time to ...

  • Anónimo

    I am a veteran with the world trade organization h...

  • Anónimo

    Olá, Você precisa de um empréstimo de emergência p...

  • Anónimo

    Você busca fundos para pagar créditos e dívidas?{g...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Anónimo

    Precisa de um empréstimo? Empréstimo comercial? Em...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog