Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Se a nossa economia tivesse sido desenvolvida, nos últimos anos, assente nas Pequenas e Médias Empresas e, não, nas grandes empresas monopolistas e nos investimentos do betão, os cérebros portugueses não fugiam, circulavam.

É o que fazem os indianos que vão para os Estados Unidos e depois voltam para o seu país desenvolvendo empresas de tecnologia. Circulam, após os estudos vão aprender novas formas de inovar, investigar e administrar empresas, imbuídos de um espírito empresarial que não há no seu país.

Os nossos emigrantes não têm razões para voltar se o modelo económico se mantiver tal qual, a não ser o sol e o mar que exercem um poderoso chamamento. Com a circulação o país de origem ganha muito com isso, com a fuga só perde. Ora em Portugal esses cérebros estudaram à custa do país e depois vão enriquecer os países mais ricos que nós.

Isto é, o modelo económico seguido em Portugal não só nos mantém na retaguarda do desenvolvimento e da pobreza como não dá lugar ao que mais importante temos.  O capital humano!

Acresce que à falta de empresas inovadoras, junta-se o apetite de boys e girls que de cérebros nada têm, impedindo a natural ascenção de quem tem mérito. As empresas públicas, os governos e a alta administração pública, são preenchidos pela tal "moeda má" de que nos falava Cavaco Silva quando quis correr com Santana Lopes. E, como se sabe a "moeda má" expulsa a "moeda boa". Cerca de 20% dos nossos melhores quadros trabalham no estrangeiro, contra os 4,3% na Índia. E sabem quem nos acompanha nesta fuga de cérebros que não voltam?  Serra leoa, Ruanda, Afeganistão...

Estamos numa posição linda, não estamos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52


Os cérebros vão mesmo embora...

por Luis Moreira, em 31.01.12

Porreiro, mais uma notícia fantástica e moralizante! A FACC (Fundo de Comunidade de Apoio à Comunidade Científica) acaba de anunciar a restruturação e a consequente suspensão de todas as candidaturas a apoios à Investigação (congressos, publicações, etc.), sem haver sequer à vista uma data à vista para retomar. Caso para dizer que as faculdades e centros de investigação estão "entalados", para não dizer algo pior. E a seguir devem ir à vida as bolsas, está-se a ver. Finalmente terão o que querem: o êxodo em massa dos nossos cérebros. Entretanto, o despesismo inútil não abranda. Será que já estou com alucinações ou isto está tudo ao contrário do que devia ser?

PS: Maria João Cantinho

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Kelvin Ericksson

    Blank ATM cardDo you know that you can withdraw c...

  • 曾于娟

    Welcome. BE NOT TROUBLED anymore. you’re at the ri...

  • Abraham Khan Joy Shik

    Ei pessoal, estou tão feliz que recebi meu cartão ...

  • Pensador pensantw

    Luis Moreira, não sei de onde tu és, mas no Brasil...

  • Anónimo

    OFERTA DE EMPRÉSTIMO ACESSÍVEL SEM TAXAS PRÓPRIAS ...

  • Anónimo

    OLÁ; Você precisa de um empréstimo?Fornecemos todo...

  • Anónimo

    Hi guys, I'm Davidson. The blank ATM card I receiv...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um empréstimo rápido?Eu sou S...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog