Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Artur Pizarro – Pianista português*

por António Filipe, em 17.08.12

No dia 17 de Agosto de 1968 nasceu, em Lisboa, o pianista português Artur Pizarro, um nome grande na música da Europa de hoje. Filho de pais portugueses, nascido em Portugal, criado no nosso país.
Começou a estudar música no ano em que a Democracia voltou a Portugal. Nesse ano de 1974 Artur tinha 6 anos e era já aluno do grande mestre do piano, Sequeira Costa.
Vive actualmente em Londres, onde tem sede profissional a actividade artística que desenvolve por todo o mundo, como distinto representante da cultura europeia.
Comemorou os 25 anos de carreira artística em Portugal, num concerto no Teatro Municipal de São Luís, em Lisboa.
No palco, o pianista tocava Ravel, com uns legattos muito de sua criação, que faziam a interpretação soberba. Na plateia tocou um telemóvel, num sample da Missão Impossível ou do CSI ou de coisa nenhuma – mas estridente. O pianista parou.
A seguir veio Débussy. O pianista voltou a parar, porque o piano não conseguia competir com mais um toque do telemóvel.
Quando o pianista quis recomeçar, foi impossível. Os assuntos políticos do afanoso empresário, ou as obras grandes do autarca sem descanso, não podiam esperar. A música incomodava o negócio. No corredor do São Luís, a teleconversa subiu de tom. E a seguir subiu mais ainda, na discussão do importante senhor com o guarda do Teatro.
Ninguém chamou a polícia – e talvez não servisse de nada. A suite de Débussy não chegou ao fim. E ninguém pôde ouvir a sonata de Rachmaninov que muitos aguardavam.
O concerto ficou por ali. O importante senhor do telemóvel reclamou o preço do bilhete que pagou pelo concerto que não ouviu.
As salas do seu país são pequenas demais para a sua música… E o pianista, filho de pais portugueses, nascido em Portugal, voltou para Inglaterra.
Hoje faz anos. Por isso, ou por ser Agosto, ou por saudades da sua terra natal, talvez queira gozar o aniversário e as férias no alegre ambiente de uma praia do sul da Europa. Quem sabe não estará em Espanha…

* Texto de António Leal Salvado

 


Início do Concerto nº 3, para piano, de Rachmaninoff
Piano: Artur Pizarro
Orquestra Sinfónica da Cidade de Birmingham
Maestro: Simon Rattle

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

No dia 22 de Abril de 1868 nasceu, em São Tomé e Príncipe, o pianista e compositor português José Vianna da Mota. Estudou no Conservatório Nacional, em Lisboa, sendo os estudos patrocinados pelo rei D. Fernando e a Condessa de Edla. Em 1882 parte para Berlim onde, custeado pelos reis mecenas, continua, durante três anos, os estudos de piano e composição. Em 1885 parte para Weimar onde é aluno de Franz Liszt, que, mais tarde, lhe oferece uma fotografia com a dedicatória: "A José Vianna da Mota, saudando os seus futuros sucessos." Dá concertos nos Estados Unidos, Paris, Inglaterra, Espanha, Itália, Dinamarca, Lisboa e Porto, Brasil e Argentina, numa série de recitais que são outros tantos triunfos.
Durante a Primeira Guerra Mundial foi director do Conservatório de Genebra. Em 1917 regressa a Portugal, onde foi director do Conservatório Nacional de Lisboa, de 1918 a 1938. Entre as suas composições mais conhecidas está a sinfonia "À Pátria" e as obras "Evocação dos Lusíadas", "Cenas da Montanha", entre outras. José Vianna da Mota faleceu em 1948, no dia 1 de Junho, em Lisboa, tendo vivido os últimos anos da sua vida na residência de sua filha Inês Vianna da Mota e do seu genro, o psiquiatra Barahona Fernandes.


2º andamento do Concerto em lá maior, para piano, de Vianna da Mota
Piano: Artur Pizarro
Orquestra Gulbenkian
Maestro: Martyn Brabbins

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog