Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Business as usual [por Fernando Felizes]

por autor convidado, em 25.01.13

Esta semana um relatório da Agência Europeia do Ambiente alertou para potenciais riscos ambientais das novas tecnologias, criticando governos e empresas que têm ignorado vários sinais de risco, tendo levado a danos evidentes para a saúde humana e para o ambiente. O relatório acusa directamente o sector privado de ter manipulado a opinião pública em vários momentos, através de cientistas contratados ou comentadores nos órgãos de comunicação social. “Fabricar a dúvida, desrespeitando as evidências científicas sobre os riscos e alegando excesso de regulação, parece ser uma estratégia deliberada de alguns grupos industriais e think tanks para minar o processo de decisão baseado no princípio da precaução”, alega o relatório. Já Lester Brown chamava a isto a mentalidade do “business as usual”, fazer negócios como de costume, o que interessa são as palavras-chave empreendedorismo e inovação em vez das palavras segurança e sustentabilidade, empreender e inovar não se sabe bem para quê nem para quem, mas é preciso manter a máquina do mercantilismo a rodar, e colocar produtos nos mercados para serem consumidos, mesmo que provoquem Cancro ou a doença de Alzheimer não importa, são os chamados danos colaterais. E é devido a esta mentalidade do “business as usual” que estamos como estamos, em que as pessoas são tratadas como meros danos colaterais, em que só há espaço para o consumismo e deixou de haver espaço para a humanidade.

Fernando Felizes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:35

E, porque não? Porque o lobby das petrolíferas não deixa! Afinal não temos já uma rede de abastecimento de electricidade nos "postos de gasolina" por esse país fora? O grande quinhão de combustíveis (tudo importado, cá só refinamos) consumido é no tráfego automóvel, um motor destes a gastar um euro aos cem Kms resolvia-nos uma série de problemas, incluindo uma grande parte da dívida.

As famílias, o ambiente agradeciam, só não agradeciam os accionistas das petrolíferas e o Estado que arrecada uma grandes fatia em impostos. Estão a ver, que não vale a pena "chover no molhado"? Isto explica porque não produzimos, é mais fácil importar e arrecadar comissões.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:39


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Godsto Mamedu

    Trazemos a você boas notícias dos cartões master e...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    kkkk tipo a classe média de Cuba ou da Venezuela?

  • Anónimo

    Olá, telespectadores, quero compartilhar minha exp...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ONLINE Cuidado com os am...

  • Barei Khan

    Olá, deparei-me com um grupo de hackers certificad...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • SALLY PAUL

    NOTA: Se vocêestá procurando uma empresa de emprés...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog