Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Santana Castilho - O grau zero da decência

por Luis Moreira, em 13.10.11

Desde que não foi convidado para ministro da educação que as crónicas (que eu leio hoje como leio há muito) estão carregadas de "fel" e, não raras vezes, com confusões na ânsia vã de mostrar como o "ministro vai nu".

É o caso da crónica  de hoje no "Público"( com o título: O grau zero da decência e a excelência do cinismo) que enferma de um erro e duas confusões. O erro é que quem convida para ministro é o primeiro ministro, ninguém se faz ministro a si próprio, Nuno Crato não devia ser chamado para "contas" que não são do seu "rosário". Deu-lhe, a ele, Santana Castilho, expectativas que se goraram? Deve cobrar ao Sr. Passos Coelho.

Quanto às críticas, que APONTA Santana Castilho hoje, no prosseguimento da sanha anti- Crato?

Os prémios que não foram entregues aos alunos e o facto de a colocação dos professores ter ido parar a tribunal. Vejamos:

Quer num caso quer noutro não é a política educativa que está no cerne da questão é "o não saber fazer", o não explicar o que deve ser explicado. Os prémios dos alunos, como o próprio Santana Castilho mostra, podem ser sempre retirados e empurrados para mais tarde. Razões financeiras? De qualquer forma o montante não é assim tão grande que não estivesse ao alcance do orçamento. É uma decisão que eu, com o que tenho conhecimento, não tomaria, mas não se trata de política educativa. Será uma medida pouco ética, concedo!

Quanto à colocação dos professores, todos os anos há este folclore como, aliás, já aqui apontei várias vezes e, o facto de os sindicalistas colocarem uma acção em tribunal, não quer dizer que tenham razão. Crato deu ordens para que a aplicação informática fosse "truncada" por forma a favorecer uns em detrimento de outros? Não creio. Nem um matemático como Crato saberia como fazer para favorecer este ou aquele.

Gostava mais que o Professor Santana Castilho apontasse razões políticas e não convertesse, como sempre se faz quando nos falta a razão, razões políticas em razões morais e éticas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:00



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    OFERTA DE EMPRÉSTIMO ACESSÍVEL SEM TAXAS PRÓPRIAS ...

  • Anónimo

    OLÁ; Você precisa de um empréstimo?Fornecemos todo...

  • Anónimo

    Hi guys, I'm Davidson. The blank ATM card I receiv...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um empréstimo rápido?Eu sou S...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog