Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Édouard Lalo – Compositor francês

por António Filipe, em 27.01.13
No dia 27 de Janeiro de 1823 nasceu, em Lille, no norte da França, Édouard Lalo, compositor francês, de ascendência espanhola.

Durante a juventude, frequentou o Conservatório de Lille. Depois, com dezasseis anos, foi estudar para o Conservatório de Paris. Durante vários anos foi professor na capital francesa. Juntou-se com alguns amigos e formou o Quarteto Armingaud, onde tocava viola e violino. As primeiras obras de Edouard Lalo que sobreviveram foram canções e música de câmara. Duas sinfonias, anteriores a estas peças, foram destruídas.
A Sinfonia Espanhola, para violino e orquestra, de Édouard Lalo ocupa um lugar importante no repertório para o violino. Lalo é também conhecido pelos seus concertos e pela ópera “Le Roi d’Ys”. A mesma lenda bretã que inspirou a ópera “Le Roi d’Ys”, também influenciou a criação de obras de câmara e da sinfonia em sol menor.
Em 1865, Édouard Lalo casou-se com Julie Besnier de Maligny, uma contralto que o encorajou a compor música para o palco. Infelizmente as obras que Lalo escreveu foram consideradas demasiado progressistas e wagnerianas e, inicialmente, não foram bem recebidas, apesar da sua frescura e originalidade. Isto fez com que o compositor dedicasse a maior parte da carreira a escrever música de câmara e obras para orquestra. Embora Lalo não seja um dos nomes mais conhecidos da música francesa, o seu estilo característico ganhou-lhe algum grau de popularidade.
O estilo de Edouard Lalo é notável pelas suas fortes melodias e orquestrações coloridas, com uma solidez bastante germânica que distingue este compositor da maioria dos seus compatriotas.
Lalo só adquiriu fama como compositor quando já estava perto dos cinquenta anos. “Le Roi d’Ys”, a sua obra mais conseguida e complexa, foi rejeitada durante dez anos e não foi levada à cena até 1888, quando o compositor já tinha 65 anos. O seu sucesso abriu as portas a Édouard Lalo, no entanto a sua imaginação e o desejo de compor estavam a diminuir. Lalo morreu em Paris, no dia 22 de Abril de 1892, com 69 anos, deixando várias obras incompletas.

Sinfonia espanhola, de Edouard Lalo
Violino: Vadim Repin
Orquestra Filarmónica da Rádio Francesa
Maestro: Myung-Whun Chung

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Ruth Breen

    It still feels incredible that my life has changed...

  • Anónimo

    Obtenha um cartão ATM em branco e dinheiro Bom di...

  • Anónimo

    Offre de prêt rapide et sérieuseLes informations s...

  • Anónimo

    Waow this is unbelievable, it is my first time to ...

  • Anónimo

    I am a veteran with the world trade organization h...

  • Anónimo

    Olá, Você precisa de um empréstimo de emergência p...

  • Anónimo

    Você busca fundos para pagar créditos e dívidas?{g...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Anónimo

    Precisa de um empréstimo? Empréstimo comercial? Em...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog