Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Artur Rodzinski – Maestro polaco

por António Filipe, em 01.01.13
No dia 1 de Janeiro de 1892, nasceu em Split, capital da Dalmácia, o maestro polaco Artur Rodzinski.

 Pouco tempo depois, o pai, de descendência polaca, regressou, com a família, a Lwów, na Polónia. Artur estudou música em Lwów e, depois, direito, em Viena, onde, simultaneamente, frequentou a Academia de Música.
Regressou a Lwów, onde assumiu o cargo de maestro do coro da Casa da Ópera, estreando-se, como maestro, em 1920, com a ópera “Ernani”, de Verdi. No ano seguinte dirigiu a Orquestra Filarmónica de Varsóvia e trabalhou na Casa da Ópera de Varsóvia. Enquanto visitava a Polónia, Leopold Stokowski ouviu Rodzinski a dirigir a ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberga”, de Wagner. Exclamou: “Encontrei essa coisa rara, um maestro nato!” e convidou-o para dirigir a Orquestra de Filadélfia.
Entre 1925 e 1929 desempenhou o cargo de assistente de Stokowski, dirigiu a orquestra da Philadelphia Grand Opera e dirigiu o departamento orquestral do Curtis Institute of Music. De 1929 a 1933 foi director musical da Filarmónica de Los Angeles e, entre 1933 e 1943, desempenhou o mesmo cargo na Orquestra de Cleveland, transformando-a numa das mais importantes orquestras americanas. Em 1934 e 1937 também dirigiu a Filarmónica de Nova Iorque.
Rodzinski também desenvolveu a sua actividade na Europa, tornando-se no primeiro americano naturalizado a dirigir a Filarmónica de Viena, no Festival de Salsburgo, em 1936 e 1937. A pedido de Arturo Toscanini, foi encarregado, pela NBC, para seleccionar os músicos da nova Orquestra Sinfónica da NBC. Ensaiou rigorosamente a orquestra e dirigiu os seus primeiros concertos, em 1937, antes da chegada de Toscanini.
Em 1943 foi nomeado director musical da Filarmónica de Nova Iorque, mas demitiu-se em 1947, devido a divergências com a direcção. A Orquestra Sinfónica de Chicago tinha andado a “namorar” Rodzinski já há algum tempo e, agora, decidiu aceitar o cargo de maestro daquela orquestra, a começar com a época de 1947-48. Mas, novamente, divergências com a direcção resultaram na sua demissão depois da primeira época.
Depois de deixar Chicago, a sua saúde começou a deteriorar-se. As hipóteses de trabalho nos Estados Unidos ficaram bastante reduzidas e Rodzinski decidiu regressar à Europa, onde o seu estatuto de grande músico era reconhecido. Foi convidado a dirigir importantes produções, tais como, em 1953, a estreia, no Maggio Musicale Fiorentino, da ópera "Guerra e Paz”, de Prokofiev. Dirigiu no La Scala e trabalhou extensivamente na rádio italiana, dirigindo produções das óperas “Tannhäuser” e “Tristão e Isolda”, de Wagner, bem como Boris Godunov e Khovanshchina, de Mussorgsky.
Em 1955, assinou um contrato com a editora Westminster Records, para a qual gravou com a Royal Philharmonic Orchestra. As suas últimas gravações foram para a etiqueta EMI, em 1958.
Nesta altura, já a saúde de Rodzinski era muito frágil e foi avisado pelo médico que, se continuasse a gravar, poria em risco a sua vida. No entanto, regressou a Chicago, em 1958, para dirigir a ópera “Tristão e Isolda”, desta vez, com a Ópera Lírica de Chicago e a soprano Birgit Nilsson. O seu regresso foi triunfante, mas esta foi a sua última apresentação.
Artur Rodzinski morreu pouco tempo depois, no dia 27 de Novembro de 1958.


Cavalgada das Valquírias, da ópera “A Valquíria”, de Wagner
Royal Philharmonic Orchestra
Maestro: Artur Rodzinski

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Piyush Giri Goswami

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE, ENTRE EM CO...

  • Piyush Giri Goswami

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    hello everyone, i'm so happy to recommend and tell...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Eles são uma equipe de legítimos profissionais HAC...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...

  • Anónimo

    They are a professional group of hackers beyond th...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog