Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Joan Sutherland – “La Stupenda”

por António Filipe, em 07.11.12
No dia 7 de Novembro de 1926 nasceu em Sydney, Austrália, a soprano Joan Sutherland. É considerada uma das melhores cantoras do seu tempo, que se especializou no repertório de bel canto, com uma voz encantadora, um excelente registo e uma fantástica presença em palco.

Os críticos italianos chamaram-lhe “La Stupenda”. Órfã de pai quando tinha apenas seis anos, a mãe era uma mezzo-soprano aposentada, com quem Joan Sutherland diz ter aprendido bastante em casa, quando costumavam cantar juntas e ouvir gravações. Enquanto trabalhava como secretária, Sutherland começou a estudar canto seriamente por volta dos 18 anos. Curiosamente, nunca frequentou um conservatório.
Em 1951 ganhou a mais importante competição de canto da Austrália e, com o dinheiro do prémio, viajou para Londres, para estudar na Escola de Ópera do Royal College of Music. No dia 16 de Julho de 1952, fez a sua estreia europeia no Parry Theatre, acolhendo boas críticas, o que lhe abriu as portas da célebre Royal Opera House, Covent Garden, de Londres. A partir daí, Sutherland correu mundo, interpretando uma enorme quantidade de personagens. Só o papel de Lucia, da ópera “Lucia de Lamermoor”, de Donizetti, foi interpretado mais de duzentas vezes, ao longo de trinta anos.
Em 1961, em reconhecimento da fenomenal carreira (em que se incluem mais de 1800 performances, mais de 50 papéis interpretados e mais de 80 discos gravados) a Coroa Britânica condecorou Joan Sutherland como Comendadora da Ordem do Império Britânico. Em 1975 veio a ser nomeada Companheira da Ordem da Austrália e, em 1979, recebeu o título de Dama do Reino da Grã Bretanha.
Estes e diversos outros títulos são, afinal, apenas o epílogo de uma carreira de mais de 40 anos de estrondoso sucesso, com todos os recordes de vendas de discos, cantando todos os papéis importantes do repertório da ópera.
A soprano Joan Sutherland morreu no dia 10 de Outubro de 2010, em Genebra, na Suiça, onde vivia com o seu marido, o maestro Richard Bonynge.


Ária "Casta diva" da ópera "Norma", de Bellini
Soprano: Joan Sutherland
The Elizabethan Symphony Orchestra
Maestro: Richard Bonynge

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog