Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cavaco foge do povo, mas o povo não desarma

por António Filipe, em 05.10.12

O Presidente da República, no dia em que se comemora a data que lhe deu o último nome, decidiu fugir do povo. Teve azar. O povo não está a dormir e foi à procura dele e encontrou-o no Pátio da Galé, em Lisboa, onde, à porta fechada e juntamente com os seus convidados, estava a comemorar o dia da Implantação da República. Ora, desde o dia 5 de Outubro de 1910, esta data nunca foi comemorada sem o povo. Hoje, o Presidente Cavaco decidiu esconder-se. Teve medo do povo, fechou-lhe as portas, trocou-lhe as voltas e, na companhia de alguns amigos, foi comemorar para um sítio diferente do habitual. Mas o povo foi ter com ele e manifestou-se. O Primeiro-ministro, esse fugiu para a Eslováquia, mas o povo fica à espera que regresse, esperando que não o faça. Para se manifestar contra ele. A mulher desta foto, Luísa Trindade, uma verdadeira representante do povo, foi uma das pessoas que foi ao encontro do Presidente e, bem alto, gritou por emprego, um grito que, infelizmente, está a ser dado (talvez em silêncio) por mais de um milhão de portugueses.



Na mesma altura, e acho que ao mesmo tempo, uma outra mulher, a cantora lírica Ana Maria Pinto, cantava a canção “Firmeza” de Fernando Lopes Graça. Aqui vos deixo a canção “Acordai”, que também faz parte das “Canções Heróicas”, de Lopes Graça, que contribuíram para exaltar a liberdade e dar força a todos aqueles que lutavam contra a ditadura de Salazar. A intérprete é a Ana Maria Pinto, a quem presto a minha homenagem pela sua coragem de gritar, em forma de canto, aquilo que muitos portugueses cantam, em forma de grito. Bravissimo, Ana!
 



 

Antes da cerimónia comemorativa da Implantação da República, na varanda da Câmara Municipal de Lisboa, várias entidades como o Presidente da República, o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, a Presidente da Assembleia e outras, olhavam para as nuvens, com ar de basbaques, sem notarem que o Presidente da República estava a içar a bandeira… “de pernas para o ar”.


Mas colocar a bandeira “de pernas para o ar” parece ser apanágio da direita portuguesa! Como demonstra esta foto. Mais basbaques de boca aberta, com o basbaque-mor do Paulo Portas a olhar para o relógio, talvez a pensar: “Vamos lá despachar isto, que já estou farto. Sou o único que notei que a bandeira está ao contrário, mas não digo nada, senão atraso ainda mais esta merda.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:08


1 comentário

De miguelmferreira@gmail.com a 07.10.2012 às 23:03

Concordaria com quase tudo...até vir com a "estafada" expressão: "apanágio da direita portuguesa"!!!
Como se hoje em dia existisse diferença entre direita e esquerda (ou até centro). Nos últimos anos quem esteve no governo? A direita? Aaahhh, já me esquecia..foi um governo PS (de Guterres a Sócrates) mas com "politicas de direita"!!!!
Assim só se mata a luta do povo Português. Estamos "nas tintas" para a esquerda ou direita...queremos é honestidade e competência a gerir o País!!!!

E já agora...a responsabilidade da bandeira ao contrário...é de um tipo do PS, o António Costa. Nos próximos tempos talvez se veja a "esquerda" a apoiá-lo para PR!!!!

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    kkkk tipo a classe média de Cuba ou da Venezuela?

  • Anónimo

    Olá, telespectadores, quero compartilhar minha exp...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ONLINE Cuidado com os am...

  • Barei Khan

    Olá, deparei-me com um grupo de hackers certificad...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • SALLY PAUL

    NOTA: Se vocêestá procurando uma empresa de emprés...

  • MIKE BLIZZ

    Por que você vai ao banco pedir um empréstimo que ...

  • MARK DOROTHY

    Do you suffer financially or do you need emergency...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog