Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



No dia 23 de Julho de 1944 nasceu, em Lisboa, a pianista portugues Maria João Pires.
Aprendeu a tocar piano ainda criança. Aos cinco anos deu o primeiro recital, aos sete já tocava, em público, concertos de Mozart e com nove anos recebeu o prémio da Juventude Musical Portuguesa. Entre 1953 e 1960 estudou com o Professor Campos Coelho, no Conservatório de Lisboa. Prosseguiu os estudos musicais na Alemanha, primeiro na Academia de Música, em Munique, e depois em Hannover com Karl Engel.
Tornou-se reconhecida internacionalmente ao vencer o concurso internacional do bicentenário de Beethoven em 1970, que se realizou em Bruxelas. Tem feito numerosas digressões, onde interpretou obras de compositores, principalmente dos períodos clássico e romântico.
Maria João Pires é convidada com regularidade pelas grandes orquestras mundiais para tocar nas melhores salas de concerto, apresentando-se regularmente na Europa, Canadá, Japão, Israel e Estados Unidos. Em 1989, ganhou o Prémio Pessoa.
Foi fundadora e dirigente do Centro de Belgais para o Estudo das Artes, no concelho de Castelo Branco, de cariz pedagógico, cultural e social. Em 2006 partiu para o Brasil tendo declarado à Antena 2 e à publicação brasileira “Aguarrás”, ter sofrido muito em Portugal devido ao seu projecto em Belgais. No Brasil adquiriu uma casa nos arredores de Salvador, capital do estado da Bahia.


Nocturno op. 9, nº 1, de Chopin
Piano: Maria João Pires

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


2 comentários

De António Leal Salvado a 23.07.2012 às 00:47

No título, Companheiro, podias ter colocado, sem correres o risco de ser faccioso patriota, "quase unanimemente reconhecida como a melhor intérprete de Chopin viva".
Grande, grande senhora, esta 'nossa' Maria João, que além de Chopin é fabulosa a interpretar os difíceis concertos de Beethoven e absolutamente sobre-humana nessa obra única que é o Impromptus D.899, nº4 de Schubert.
(Ficas-me a dever que, na próxima vez, escolhes o Impromptus...)

De António Filipe a 23.07.2012 às 01:59

Quando andava a aprender piano, o meu sonho era conseguir tocar Chopin como o Ashkenazy.
Até que ouvi os Nocturnos pela Maria João Pires.
Escusado será dizer que nunca cheguei, sequer, ao dedo mindinho de qualquer deles.
Mas ainda hoje considero Ashkenazy como o melhor intérprete de Chopin, exceptuando os Nocturnos, que gosto mais de ouvir pela Maria João Pires. E nos Impromptus de Schubert, a "nossa" pianista é, sem dúvida, fabulosa.
Já agora uma pequena história da minha vida, daquelas que nunca esquecem:
Andava eu a estudar piano numa Academia de Música em Union City, Nova Jersey, quando, num dos muitos recitais que a Academia promovia num Teatro daquela cidade americana, calhou-me ter que interpretar um Prelúdio de Chopin (op. 28, nº 20). Peça fácil para qualquer pianista, mas para mim bastante complicada na altura.
Depois de a tocar, ao regressar aos bastidores do teatro, o meu professor de piano deu-me um abraço e disse-me:
"Ashkenazy would´t do it better!"
Tinha a consciência de que ele estava a exagerar, mas nunca esqueci aquelas palavras. Tanto mais que eu nunca lhe tinha dito que Ashkenazy era o meu ídolo, a tocar Chopin.

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog