Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cenas dum país "resgatado" e mal governado

por Francisco Clamote, em 03.07.12
"(...) A fila que escolhi hoje é pequena. À minha frente, está uma mulher de uns 30 ou 40 anos, elegante, com um olhar vivaz e um sorriso inteligente (...) que leva meia dúzia de compras na mão (...). Está vestida com um tailleur saia-e-casaco e sapatos pretos de salto, formais, certamente por necessidade profissional. Pousa as compras no tapete e murmura qualquer coisa à empregada. Percebo que lhe pede para ir fazendo subtotais, à medida que vai registando as compras. Há vários iogurtes mas estão separados, em vez de estarem num conjunto de quatro, como na prateleira. A caixa passa várias compras e quando o subtotal atinge 3 euros e 73 cêntimos a cliente diz "está bem assim". No tapete fica um iogurte natural e um pacote de bolachas da marca do supermercado que a caixa põe de lado num gesto rápido, numa pilha heteróclita onde há outros restos de compras. A mulher elegante paga os 3,73 euros com Multibanco.

Esta história é sobre uma mulher elegante de 30 ou 40 anos, com um sorriso inteligente, que trabalha num sítio onde lhe exigem que se vista com alguma formalidade e que só tem quatro euros no banco."

(Extracto de "Na fila do supermercado", por José Vítor Malheirosin edição impressa do "Público" de hoje)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:13


106 comentários

De Carla a 03.07.2012 às 23:40

Nada de novo...ou é mal paga, ou vive de aparências. É dificil chegar ao final do mes com muito dinheiro no banco e muitas vezes não é má gestão...

De Anabela Santos de Almeida a 04.07.2012 às 14:30

Eu quando estou na fila na caixa do supermercado não estou a olhar para a pessoa que está à minha frente se está ou não bem vestida, se leva poucas ou muita compras, Acho que é uma falta de respeito, mas enfim, há pessoas que só se sentem bem a fofocar

De Luis Carlos a 04.07.2012 às 16:29

Eu até reparo, de forma discreta...sobretudo na quantidade de compras. Mas apenas para ter uma ideia de quanto tempo vou esperar pela minha vez de pagar...

De Anónimo a 04.07.2012 às 17:41

Concordo plenamente!

De mike a 04.07.2012 às 00:16

e que tal irem trabalhar em vez de propagarem este tipo de noticias ? 

De jak a 04.07.2012 às 00:26

mike tem toda a razão se estava a olhar a vida dos outros é porque ñ foi trabalhar         o angolano diz k macaco ñ olha pró rabo do outro

De Ah Jak a 04.07.2012 às 12:28

Ora toma....

De catarina a 04.07.2012 às 01:00


O Sapo continua a fazer um mau serviço. Tanta coisa boa se publica em muitos blogs nacionais e as escolhas do Sapo  vão sempre para os mesmos blogs que só nos trazem estas merdas...... Julgam que nós somos anormais? Elevem a qualidade do vosso trabalho para elevarem a qualidade do Sapo. Não prestam? Rua o que falta para aí são pessoas qualificadas para fazerem um trabalho de qualidade nesta tarefa de seleccionar blogs e dá-los a conhecer. Aqui só se dão a conhecer os blogs dos amigos...... bolas ....é demais.....

De Rogério Costa Pereira a 04.07.2012 às 01:07

bolas, bolas, bolas.
Vou fazer beicinho. humpf...


De Júlio a 04.07.2012 às 11:04


Na verdade, há muito anos atrás, quando se olhava para o Sol tinham-se duas "certezas"; Primeiro que o Sol era uma chapa redonda; Segundo, que era o Sol que girava à volta da Terra. Uma observação mais pormenorizada permitiu de facto desmontar estes mitos, pois o Sol tinha um formato aparente parecido com o da Terra, esférico e era a Terra que girava em volta do Sol.
As observações empíricas são inevitavelmente subjectivas. Quem vê uma pessoa no supermercado a fazer o que é relatado neste bolg pode fazer mil e uma interpretações, subjectivas claro, sobre o que presenciou...
Neste sentido, estou de acordo com Catarina. Mas que interessam as sensações e interpretações subjectivas deste tipo? Que conclusões se podem tirar de situações desta natureza? Não há de facto outros assuntos muito mais importantes para debater do que as interpretações subjectivas de uma pessoa qualquer sobre aquilo que observa no dia a dia? Isso não contribuiria para uma elevação do nível desta interelação que é possível desenvolver entre blogs e comentários?
Outra coisa que também concordo com Catarina é que defacto são invariavelmente sempre os mesmos blogs que aqui são apresentados, sempre as mesmas pessoas, que dá para desconfiar da existência de um contrato com alguma finalidade, porque depois, quando vamos a esses blogs, constatamos que os seus posts não são lidos por ninguém.....zero.....

De Manuel Vaz a 04.07.2012 às 12:23

Concordo consigo.

Aliás, quantas vezes acontece só ter uma nota de 5 na carteira e ter de me cingir a esses poucos euros para comprar uns produtos para desenrascar porque me esqueci do cartão MB em casa, no carro ou por aí!!!

Cumprimentos

De 26121944 a 04.07.2012 às 12:49

Concordo plenamente com a Catarina. Creio que nao se deviam publicar comentários indecentes obcenos para assim se elevar este servico do SAPO

De P a 04.07.2012 às 13:20

Tens toda a razão. Há anos que digo o mesmo.
Milhares de blogs e é sempre a mesma clientela. No "Radar" é mais do mesmo, ainda por cima uma semana inteira sempre com os mesmos tweets. Uma coisa que podia rodar diariamente correndo milhares de correntes de opinião diferentes.
Também tenho blog aqui no "batráquio" nas este comentário está anónimo para não dizerem que também me estou a auto promover.
P.

De virgílio lopes a 04.07.2012 às 14:20

O comentário da Catarina é a verdade nua e crua

De sandsman a 04.07.2012 às 17:40

Afinal o que é a inteligência ? Ter capacidade para compreender uma metáfora, em meu entender. Ou neste caso talvez uma alegoria. Não vale a pena tentar ? Penso que sim. O texto completo só por si vale um prémio Nobel, em meu entender, claro.

 

De Rogério Costa Pereira a 04.07.2012 às 01:09

ó mike, eu também acho que há notícias que se devem esconder. Bad Clamote, vai já para o castigo. Olha o desplante, a propagar notícias sobre o estado do país. 

De PIFF a 04.07.2012 às 18:13


A noticia é mesquinha e não trás nada que já não se saiba ou de novo sobre a situação deste país. Tão mesquinho é quem a escreveu como quem a colocou aqui, o primeiro porque a noticia é mediocre e se ele é tão mediocre com a noticia o melhor é ir embora e dár lugar a alguem mais habilitado, o segundo porque pegou numa noticia mesquinha e cheia de preconceitos e a publicou aqui com a garantia de que daria mais dinamismo ao blogue e o facto de haver trocas de post's entre os "habituais" do blogue com as "habituais" lamechisses do tipo "vai já para o castigo. Olha o desplante, a propagar notícias sobre o estado do país", só mostra a dimensão da palhaçada, com a agravante de ser uma palhaçada mesquinha...

De Zé Portugal a 04.07.2012 às 11:29


Este sujeito deve estar a ser pago pelo PSD/CDS para dar respostas destas. Deve viver à grande e à francesa, pois não gosta de ouvir as verdades. O Coelho também não. Quando as perguntas não lhe cheiram escusa-se a dar respostas. ons politicos `têm este país de miséria.

De Catarina a 04.07.2012 às 16:17

[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<BR class=incorrect name="incorrect" <a>Poe</A> exemplo, comentários desta natureza deveria ser apagados. A razão é simples. Nestes comentários ninguém sabe quem eu sou. Se sou homem ou mulher, se sou jovem ou velho, se sou português ou estrangeiro se sou do Sporting ou do Benfica, se sou do PS ou do PSD, nem é isso que interessa...... e em nada contribuem para a discussão que era no sentido de elevar o nível do Sapo, abrindo este serviço a blogs de qualidade, transversais em termos de sensibilidades, correctos, e que se promovesse também o aumento de qualidade dos comentários que aqui são produzidos. O que acontece na verdade é que o Sapo, por razões económicas, políticas ou outras enveredou por um modelo completamente parcial em quase tudo o que edita. Não se vislumbra qualquer atitude de imparcialidade nem a existência de critérios jornalísticos de selecção de notícias, como também é o caso dos blogs....

De João Marques a 04.07.2012 às 00:17



Aqui se vê o estado do nosso pais.
Podemos agradecer aos incompetentes dos nossos governantes.

De Lisete Ornelas a 04.07.2012 às 16:15


Só um caso de tantos que existem. Pode ser o caso de que a notícia fala. O estado do nosso país, das empresas que pagam mal aos seus funcionários, que os explora, de endividamento, pode ser tanta coisa. O importante é mudar o estado deste país completamente desgovernado.

De jak a 04.07.2012 às 00:18

engraçado repararam na srª se fosse um homem comprar um pacote de bolachas cheio de fome k era o seu jantar e  pagasse em muedas pikenas ninguem reparava!.... fraco observador só reparou nos sapatos da srª  se calhar agrava-lhe TEM JUIZO

De Francisco Clamote a 04.07.2012 às 01:14

Também digo, Rogério: bolas, bolas, bolas, para a maior parte destes comentários !

De Rogério Costa Pereira a 04.07.2012 às 01:16

Quem te manda a ti seres linkado pelo sapo? Eu mudei agora para a Cabovisão! Só podes ser tu! 

De MartaVieira a 04.07.2012 às 01:57

Ainda não percebi qual é o problema destas pessoas, com estes comentários a roçar a inveja típica do "portuguesinho" que não lida nada bem com o sucesso dos outros, mas deve ser cansaço meu, talvez pelo avançado da hora.

A intenção deste post, na minha opinião, era mostrar que até aquelas pessoas que têm uma boa apresentação e até porventura um emprego, também precisam "contar os tostões" quando vão ao supermercado. Tal e qual como o pobre com má apresentação precisamente por ser pobre e desempregado, que pede nas ruas e conta as moedas uma a uma para ver o que pode comprar.
Uma intenção muito bem conseguida, diga-se. E por isso mesmo dou os parabéns ao Pegada.
(E já agora permitam-me a ironia: se é com "cunhas" ou não que têm o vosso blogue em destaque, dou também os parabéns a quem escolhe os blogues a destacar.)

 

De VOZ a 04.07.2012 às 11:16

  Eu entendo que a ideia a transmitir é de que o cumulo a que chegamos na nossa sociedade em breve teremos de "Pagar para trabalhar". Como assim? Vejam um emprego onde somos obrigados a vestir formalmente como por exemplo fato e sapatos os quais somos nós a comprar, esses não são propriamente baratos mas o valor do ordenado é pouco mais do que o ordenado mínimo algo como 600 a 700 Euros. Quem trabalha na produção ou armazenagem recebem pouco mas as suas empresas dão vestimenta e calçado de segurança "Custos suportados pela empresa", em muitos outros empregos como assistência técnica, atendimento ao publico e em muitos outros os custos de fardamento imposta pela empresa em si é da responsabilidade do funcionário "Tendo o mesmo um custo adicional para poder trabalhar" este é o mundo económico para onde caminhamos. Reflictam nisso.

De João Perdigão a 04.07.2012 às 02:39


O que mais impressiona não é a pequena crónica da vida real do bloguer. É o comentário de quem por aqui passa. Causa preplexidade como as pessoas têm medo de enfrentar a miséria encapotada em que vivem e preferem recriminar o autor da crónica, como se vivessemos no País da Alice e fosse tudo cor de rosa e o cronista fantasiasse uma realidade a preto e branco.

Uma avestruz não faria melhor: cabeças enterradas na areia, pois então!!! Pode ser que, se nada virmos, a miséria deixe de existir...

De 26121944 a 04.07.2012 às 13:12

Concordo plenamente com o Joao Perdigao. Quando o Sapo nos pôs este servico á disposicao foi certamente com a ideia de podermos fazer comentários elevados e com mural e nao para comentarmos como muita gente infelizmente o fáz que só servem para extravazar as suas frustracoes, as suas invejas, demonstrando a sua má formacao moral.

De Jota a 04.07.2012 às 04:42


Estas situações são reais e muito tristes. Conheço algumas...

De Já foste... a 04.07.2012 às 05:13

E sabe, quanto é que a senhora tem depositado a prazo ?


Conheço quem ande sempre a pedir cigarros aos outros, porque não tem dinheiro, e tem 2ª habitação no 
Algarve e vários milhares a prazo....

De Helena a 04.07.2012 às 08:03

Ao contrário dos outros, eu acho que este é um belíssimo post.

Relata bem a vida de cada um de nós. De "olhar inteligente e sorriso nos lábios", imagino as lágrimas que lhe corriam na alma...
Quanto tempo faltará a cada um de nós para selecionarmos criteriosamente aos compras de um qualquer supermercado?
Assim vão os tempos, miseráveis tempos estes!

De 26121944 a 04.07.2012 às 13:00

Belíssimo comentário este da Helena. Um comentário impregnado de sencibilidade e que descreve a verdadeira realidade a que as nossas vidas chegaram. Comentários destes sim: merecem ser lidos. 

De NELLY a 04.07.2012 às 14:30

Eu não percebi se o artigo é uma critica ao fato ou ao dinheiro que tem no banco

mas,tambem vejo de outra forma o que tem a roupa haver com o saldo bancario será que não foi este tipo de pensamento a que nos deixou no estado que estamos

Comentar post


Pág. 1/7



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Você precisa de algum serviço de hackers? ENTÃO CO...

  • Anónimo

    Você precisa de algum serviço de hackers? ENTÃO CO...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um serviço de hackers profiss...

  • Anónimo

    Incrível, mas verdadeiro. Acabei de receber meu em...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Estou tão feliz que recebi um empréstimo de um cre...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    OLÁ, você precisa de um serviço de hackers? Você e...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog