Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Deus existe e eu conto-lhe uma história todas as noites

por Rogério Costa Pereira, em 03.04.10

Que Deus não existe, dizem. Parvoíce. Deus existe e eu conto-lhe uma história todas as noites — ando agora a ler-lhe o Pinóquio (antes foram os Maias para crianças — noto que ele estranha a mudança, vejo-o nos cocós, que andam menos consistentes). Há dois anos e meio, Deus escrevia-se com minúscula. Era o deus das guerras, o deus da barbárie, o deus redutor dos massacres em nome de, o deus das mortes nas gémeas. deus e o petróleo, a urina de deus. O diabo; deus era o diabo. O diabo dos homens e da puta que os pariu. Nunca me servi dele, com excepção de uma revolta intestinal sem casa de banho à vista. Nem ele de mim. Nasceu o Francisco e tudo mudou. deus cortou as barbas e passou a Deus. Era uma vez um puto. Este meu Deus tem um feitio tramado, porque aos 30 meses ainda se julga um deus. Eu sou o braço esquerdo, a mãe é o direito. Julga ele. Neste Deus, que está no sorriso e no choro, já assentei umas belas dumas palmadas. Já mandei Deus de castigo para o quarto. Este Deus usa fraldas, duas de pano para dormir e uma descartável para fazer as coisas que só Deus pode fazer por ele (vamos acabar com isso no Verão, introduzindo-lhe a tirania do pitó — e ele a nós a prepotência da cama molhada). Este Deus, ao contrário do outro, dá-me sorrisos. Diz-me "papá, não vás trabalhar" (traduzo para os incréus, ignaros na língua Dele). Eu explico-lhe as coisas e ele entende. Deus magnânimo assimila. O problema é a sopa e a negociação que a coisa envolve. Digo-lhe para comer só uma colher, ele diz não, eu proponho três e ele decide-se por dez. Done!, e damos cinco. Quando Deus está presente, sinto-me um negociador do FBI num livro de Kafka. Deus não quer, eu quero. Acabo por convencer Deus que é ao contrário, que ele quer e eu não. Raras vezes a coisa não resulta, ó tirania dos homens.

Neste momento, passa da meia-noite, Deus está a dormir. Antes de dormir, disse-me, como faz todas as noites: àputo-puto (amo-te muito, na língua de Deus). E depois pregou-me um susto: “Bu!”.

Se o diabo está nos detalhes, Deus está ali ao lado, a dormir. Aquela tábua onde me agarro, onde ele se agarra, onde a minha mulher se agarra. Tudo o que nos une aos três. Isso é Deus. O outro, o do paga agora e livra-te do fogo dos infernos, nunca se mostrou e não o concebo. Não lastimo a minha falta de fé, porque a tenho. Fé no amanhã. No próximo passo do meu filho, o pontapé na bola, o dizer puta em vez de porta (que embaraços já me causou). Que mais se pode querer de Deus, para além da vontade de correr para casa para o ver? O meu pequeno grande Deus. Quinze quilos de matéria divina (com a fralda limpa pesa menos).

(também neste arquivo de coisas)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:12


20 comentários

De Rogério da Costa Pereira a 03.04.2010 às 15:22

Miguel: mudar a fralda ao inimigo? Não me parece, quero que ele se afogue em merda.

De Rogério da Costa Pereira a 03.04.2010 às 15:23

Obrigado pelo comentário, mas não se preocupe com isso do ser ou não escritor.

De fernando antolin a 03.04.2010 às 16:05

Enfim, poderá ser então o Deus das pequenas coisas...

De Isabel Moreira a 03.04.2010 às 17:29

Achas que consegues explicar a Deus que tens aqui uma amiga que lhe quer dar um beijo do tamanho dele? Magnífico..

De besugo a 03.04.2010 às 17:45

É preciso dizer-lhe mais alguma coisa?

De Rogério da Costa Pereira a 03.04.2010 às 19:18

Vou tratar disso. Beijos

De Rogério da Costa Pereira a 03.04.2010 às 19:20

Sim, sim, diga. Adoro os seus comentários (e gosto deste tom de ralhete, mas a culpa não é minha).

De jv a 03.04.2010 às 19:40

Sportinguista? Como os Deues por vezes são tão injustos.
Belo texto.

De bom-dia a 05.04.2010 às 15:14

Deus devia de estar a dormir quando "aceitou" ser do Sporting.

De Marcelo do Souto Alves a 06.04.2010 às 12:13

Parabéns e felicidades! Para a questão sportinguística, digo eu (com compaixão verdadeira, sobretudo porque também padeço...). Se fosse crente dir-lhe-ia mais algumas coisas, por exemplo que também eu tenho dois que, embora não os vendo como meus deuses, em apenas poucos dias me deram a conhecer muito melhor o Deus que me obrigaram longos anos a adorar na credulidade na minha infância. Mas não posso dizer nada disto, porque infelizmente sou agnóstico...

Comentar post


Pág. 2/2



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Anónimo

    Olá, o carregamento de bitcoin está disponível no ...

  • Wahid Miha Wahid Miha

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    Meu nome é Valeria Marco. Há 6 meses atrás, meu ne...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO PARA TODOS OS TIPOS DE TRABALHO H...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog