Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com problemas na visão

por Francisco Clamote, em 20.04.12
Quando alguém afirma, como Vítor Gaspar, que as “políticas fiscais expansionistas” do anterior governo socialista são a única causa do 'défice orçamental “insustentável” que desencadeou uma crise e o pedido de ajuda financeira a entidades internacionais"' e que Portugal é um exemplo a evitar e "a  prova de que “as políticas expansionistas não são uma condição favorável ao crescimento” é porque é míope e incapaz de ver que o fraco crescimento da economia portuguesa se ficou a dever a múltiplos factores, incluindo a maior crise  económica mundial dos últimos 80 anos (crise que, tendo uma tal dimensão, até é perceptível  para quem tenha fraca acuidade visual) e as dificuldades derivadas da entrada no euro, dificuldades que, na altura, muito pouca gente anteviu.

Os problemas visuais do ministro Gaspar não se ficam, porém, pela miopia. Com efeito, o homem não consegue ver as consequências da política de austeridade prosseguida pelo governo de que faz parte e por ele advogada. Essas consequências estão, no entanto, bem à vista, com a a economia portuguesa em recessão (-3,3% este ano, segundo as previsões do próprio governo, havendo porém quem, como o Citigroup,  avance já com previsões bem mais alarmantes: recuo de 5,4% do PIB, este ano e de 3%, em 2013) e com o desemprego a atingir números impensáveis até à posse deste governo, desemprego que já vai nos 15% e a subir, para atingir, segundo as previsões do citado banco de investimentos, os números dramáticos de 15,6% este ano e de 17,3% em 2013. Isto, para já não falar do alastrar dos casos de penúria alimentar; do aumento do número de falências de pessoas individuais e do número de alunos do ensino superior a desistir dos estudos por dificuldades económicas. Por exemplo. 

Se Vítor Gaspar, apesar dos avisos do FMI, é incapaz de encarar de frente estas realidades  e continua a garantir que o programa de austeridade do tipo "custe o que custar", programa que ele advoga e o seu governo  executa, tem “todos os ingredientes necessários para lidar com os problemas fundamentais da economia portuguesa”  é porque não tem os olhos no sítio certo.

Tê-los-à, porventura, na nuca?

Comecei por Vítor Gaspar, mas o certo é que o discurso de Passos/Coelho é idêntico ao do seu ministro das Finanças. Assim sendo, não é nada difícil diagnosticar que ele sofre dos mesmos problemas de visão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:33


1 comentário

De rui david a 20.04.2012 às 13:05

Não, mas é que ele também diz que o povo português "está pronto" para todos os sacrifícios. E isso inclui, obviamente, o HaraKiri.

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Ruth Breen

    It still feels incredible that my life has changed...

  • Anónimo

    Obtenha um cartão ATM em branco e dinheiro Bom di...

  • Anónimo

    Offre de prêt rapide et sérieuseLes informations s...

  • Anónimo

    Waow this is unbelievable, it is my first time to ...

  • Anónimo

    I am a veteran with the world trade organization h...

  • Anónimo

    Olá, Você precisa de um empréstimo de emergência p...

  • Anónimo

    Você busca fundos para pagar créditos e dívidas?{g...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Anónimo

    Precisa de um empréstimo? Empréstimo comercial? Em...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog