Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



No dia 3 de Abril de 1897 morreu, em Viena, o compositor alemão Johannes Brahms. Tinha nascido, em Hamburgo, no dia 7 de Maio de 1833. O pai cedo se apercebeu dos dotes de Brahms e quando este completou 7 anos, contratou um professor para lhe dar aulas de piano. Desde muito jovem acompanhou o pai, que era contrabaixista em bares, e, aos 10 anos, deu o primeiro concerto em público, interpretando Mozart e Beethoven. Não tardou a ser convidado para tocar nas cervejarias de Hamburgo e foi nesse ambiente que um dia decidiu sair de casa, aliciado por um violinista húngaro a fazer uma tournée pela Alemanha. A companhia não era a melhor, mas a digressão valeu a Brahms conhecer e fazer-se amigo de Joseph Joachim, Liszt e, Schumann. Em 1853, Robert e Clara Schumann receberam Brahms na sua casa, em Dusseldorf. Reconhecendo-lhe o génio, Schumann recomendou as suas obras aos seus editores e escreveu um famoso artigo na Nova Gazeta Musical, intitulado Novos Caminhos, onde lhe chamou "jovem águia" e "Eleito".
Em 1860, comete um grande erro: assina, junto com Joachim e outros dois músicos, um manifesto contra a chamada escola neo-alemã, de Liszt e Wagner, e o que chamava "música do futuro". Embora Brahms nunca fosse afeito a polémicas, acabou classificado de reaccionário, rótulo de que só se livrou muitos anos mais tarde, graças ao famoso ensaio de Schoenberg “Brahms, o Progressista”. Por isso ou não, deixou a Alemanha e fixou-se em Viena. E foi na Áustria que construiu algumas das suas principais obras e o prestígio que a qualidade destas merecia. Van Büllow referiu-se a ele afirmando que estava encontrado o 3º B da genialidade alemã (depois de Bach e Beethoven)
Mas foi só a partir da estreia do Réquiem Alemão, em 1868, que Brahms começou a ser reconhecido como grande compositor.
Em 1876, estreia a sua Primeira Sinfonia, ansiosamente aguardada. Foi um grande sucesso e Brahms ficou marcado como sucessor de Beethoven - o maestro Hans von Bülow até apelidou a sinfonia de Décima. Em 1890, depois de concluir o Quinteto de Cordas, op. 111, decide parar de compor e até prepara um testamento. Mas não se aguentou muito tempo. No ano seguinte, encontra-se com o clarinetista Richard Mülhfeld e, encantado com o instrumento, escreve inúmeras obras de câmara para clarinete. A sua última obra publicada foi o ciclo Quatro Canções Sérias, onde praticamente se despede da vida. Ofereceu a si mesmo esta colectânea, no aniversário de 1896. Johannes Brahms viria a morrer um ano depois, no dia 3 de Abril de 1897, em Viena.


3º andamento da Sinfonia nº 4, de Brahms
Orquestra Sinfónica do YouTube
Maestro-Michael Tilson Thomas

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Anónimo

    I was searching for loan to sort out my bills &...

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    ENTRE EM CONTATO COM TODOS OS TIPOS DE TRABALHO HA...

  • Anónimo

    Recebi meu cartão multibanco programado e em branc...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE EM C...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    Olá, conheci um grupo de hackers há algumas semana...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog