Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Millôr contra os homens cinzentos

por Miguel Cardoso, em 30.03.12

 

 

Algumas (ir)reflexões de Millôr Fernandes (n. em 1923 ou 1924, fisicamente ausente desde o  passado dia 27 de Março, brasileiro, humorista, poeta, dramaturgo, jornalista, escritor e tudo o mais), das muitas com que anos a fio foi brindando e abalando os políticos no seu poleiro. Pertinentes aqui e em qualquer lugar, hoje e sempre, podiam ser outras, foram estas, para usar e abusar:

 

“Os homens não são iguais, são apenas feitos da mesma maneira.”

 

“Não se esqueça de que, quando você mistura um litro de leite bom com um litro de leite ruim, o resultado são dois litros de leite ruim.”

 

“É melhor calar a boca e passar por imbecil do que falar e acabar com as dúvidas.”

 

“Toda a lei é boa desde que seja usada legalmente.”

 

“Estranha é a química do corpo humano: você põe uma coroa na cabeça de um homem e ele fica logo com o rei na barriga.”

 

“Um ministro prevenido nunca vale por dois.”

 

“Político é um sujeito que consegue não dizer nada sem deixar nada de ser dito.”

 

“Democracia é um sistema em que as autoridades não se importam com o que você diz, desde que tenham os meios de impedir que você o faça.”

 

“O dinheiro não é só facilmente dobrável, como dobra facilmente qualquer um.”

 

“E como dizia, melancolicamente, um burocrata para outro: ‘Pois é, meu caro, a vida é assim mesmo, hoje estamos aqui e amanhã também.”

 

“Chato é um sujeito que faz a você uma pergunta, ele mesmo responde e logo começa a provar que você está redondamente enganado.”

 

“Aquele político roubava, sim. Mas só em legítima defesa!”

 

“Chama-se político coerente aquele que, tendo-se vendido uma vez, permanece fiel aos seus princípios e se vende o resto da vida.”

 

“Chama-se entrevista política o acto de falar naquilo que se devia estar fazendo.”

 

“Chama-se celebridade um débil mental que foi à televisão.”

 

“No seu sono profundo o deputado sonhou que estava na Câmara ouvindo um discurso. E, quando acordou, estava.”

 

“Quando um político grita que outro político engana o povo, você preste atenção; é impossível ele ocultar completamente um leve traço de inveja.”

 

“Certas pessoas jamais nos abandonam... aí é que está o mal.”

 

Porque o humor sempre serviu de arma contra os monstros!

 

imagem

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 19:02



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    Bonjour la famille. Je vous présenteoffre de prêt ...

  • Anónimo

    Bonjour la famille. Je vous présenteoffre de prêt ...

  • Anónimo

    I am so delighted I found your weblog, I really fo...

  • Anónimo

    PRONTO MEU TESTEMUNHOMeu nome é Jeremy Santos, do ...

  • Anónimo

    PRZYGOTUJ MOJE ŚWIADECTWONazywam się Jeremy Santos...

  • Anónimo

    bonjour madame et monsieurParticuliers Grecs Belgi...

  • Anónimo

    Amazing unique article direct to the point. Many a...

  • Bradley Garrett

    Você precisa de um empréstimo urgente? Um emprésti...

  • Anónimo

    Auto Authentic SSD Chemical for sale in South Afri...

  • Anónimo

    Pure Universal SSD Chemical Solution +27735257866 ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog