Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Todos os tipos de tecnologia

Em Peniche com a investigação Filandesa, o dinheiro de Bruxelas e as competências dos Estaleiros Navais de Peniche. E, claro, o nosso mar!

"Aproveitar as correntes submarinas do fundo do mar para produzir energia eléctrica é o objectivo do projecto Waveroller, de tecnologia finlandesa, que vai instalar no mar de Peniche uma plataforma com três módulos capazes de produzir 300 kilowatts-hora (KWh).
O software e grande parte do hardware são, obviamente, finlandeses. Os portugueses têm a seu cargo os trabalhos de montagem final e preparação da fixação da estrutura ao fundo do mar, que é da responsabilidade dos Estaleiros Navais de Peniche.
Os trabalhos estão em curso desde Janeiro e, em Maio, deverá ser depositado a três milhas (cerca de 5km) da praia da Almagreira (Baleal), a uma profundidade de 25 a 30 metros, a estrutura sobre a qual assentam três asas que se movem ao sabor das correntes, e que estará ligada a terra por um cabo submarino pelo qual será transportada a energia eléctrica que será injectada na rede da REN/EDP."

Nem impacto ambiental tem, tudo é instalado no fundo do mar!

Trata-se de um equipamento pioneiro, com pás que oscilam debaixo de água face com o movimento das ondas e que foi testado pela primeira vez a nível mundial na praia da Almagreira, em Peniche, em 2007.

Mais tarde, a única máquina Wave Roller, instalada a 20 metros de profundidade e a 500 milhas da praia, foi retirada da água por problemas técnicos, atrasando a concretização do projecto em cerca de três anos.

A inovação foi criada em 2007 pela AW Energy para ser comercializada e testada em Portugal pela empresa Eneólica, do Grupo Lena, durante a primeira fase de demonstração do projecto-piloto.

Além de Peniche, esteve a ser testada pelo Centro Europeu de Energia Marítima (Orkney), ao largo do mar da Escócia. Através de pás flutuantes que acompanham o movimento das águas, a tecnologia é capaz de captar energia para depois ser transformada em electricidade, como demonstrou o protótipo com uma potência de 15 quilowatts (KW).

O objectivo dos promotores passa por criar na praia da Almagreira um grande parque mundial de energia das ondas e entrar numa fase de exploração comercial do projecto com uma potência instalada entre os 50 e os 100 megawatts (MW). «O avanço para a fase comercial depende dos resultados desta nova fase», disse o autarca.

A avançar para a fase comercial, o investimento ascenderá a 100 milhões de euros e colocará Portugal na linha da frente no segmento da produção mundial de energia a partir do movimento das ondas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    OLÁ; Você precisa de um empréstimo?Fornecemos todo...

  • Anónimo

    Hi guys, I'm Davidson. The blank ATM card I receiv...

  • Anónimo

    Olá, você precisa de um empréstimo rápido?Eu sou S...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você está enfrentando desafios financeiros ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog