Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Uma ditadura mascarada de Democracia, em que as vozes dos donos e os donos das vozes se podem escudar atrás das garantias de um Estado de Direito Democrático, é mais perigosa e difícil de abater, porque golpeou o Estado de dentro para fora e instrumentaliza as antigas instituições democráticas, do que uma ditadura escancarada e assumida. Por isso, independentemente dos passos que se venham a dar para combater o actual estado de coisas, é urgente dar um primeiro. Não lhe chamemos Democracia.

Alguns dirão que só numa Democracia eu poderia escrever palavras como estas sem ser atentado por um qualquer pide ou bufo dos tempos modernos. Ora aí é que a porca torce-o-rabo. As formas serão diversas, por enquanto, mas os tarrafais dos tempos que correm já viraram para cá da esquina. Estão aí, no meio de nós. Já todos lhes vimos as formas de actuação, aqui e ali, ontem e hoje. Se duvidam, se acham que exagero, queiram fazer o favor de esperar mais um bocadinho. Até doer! Se fazem questão de esperar mais um bocadinho, depois não se queixem. Continuem "atrás da mesa com o cu na mão". Até doer!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:14


1 comentário

De António Filipe a 25.01.2012 às 17:16

Que o sistema em que vivemos não é uma democracia já eu digo há muito tempo. Que esta ditadura é mais difícil de derrubar do que a ditadura fascista já eu penso e digo há muito tempo. Que no dia 25 de Abril de 1974 não houve uma revolução já eu sei desde o dia 25 de Abril de 1974.
Durante o fascismo, o facto de se ser contra o sistema, embora mais perigoso, tinha o condão de congregar mais amigos à volta de quem era “do contra”. Nesta “democracia”, o facto de se ser “do contra”, parece ter o efeito contrário. Muitos amigos, os mais acomodados, pensam que quem é “do contra” se irrita com facilidade e, constantemente, lhe atiram isso à cara. Acontece, principalmente, quando os argumentos dos que defendem o poder instalado se esgotam.
Nesta “democracia” o povo só pode mudar o sistema através do voto.
No antigo regime o povo também votava. Também havia oposição, mas ganhavam sempre os mesmos.
Neste regime, também há oposição, mas ganham sempre os mesmos.
No antigo regime havia censura.
Neste regime há vários exemplos de censura.
No antigo regime os dirigentes eram autoritários.
Neste regime há vários exemplos de autoritarismo por parte dos dirigentes.
Os dirigentes do antigo regime não prometiam nada e nada faziam. Sabíamos com o que contávamos.
Os dirigentes deste regime prometem muito e nada fazem. Sabemos com o que contamos.
O antigo regime mantinha uma guerra contra outros povos.
Este regime mantém uma guerra contra o próprio povo.
No antigo regime, o Presidente da República era um banana.
Neste regime, o Presidente da República é o que se vê.
O antigo regime já morreu.
Este regime está moribundo.
Será que qualquer semelhança entre o antigo regime e este regime é mera coincidência?

Reforço a ideia do título desta crónica: “Não lhe chamem democracia”.
Chamem-lhe ditadura económica, chamem-lhe ditadura disfarçada, chamem-lhe ditadura dos partidos.
Será tudo o que disserem, mas democracia… NÃO.

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Ruth Breen

    It still feels incredible that my life has changed...

  • Anónimo

    Obtenha um cartão ATM em branco e dinheiro Bom di...

  • Anónimo

    Offre de prêt rapide et sérieuseLes informations s...

  • Anónimo

    Waow this is unbelievable, it is my first time to ...

  • Anónimo

    I am a veteran with the world trade organization h...

  • Anónimo

    Olá, Você precisa de um empréstimo de emergência p...

  • Anónimo

    Você busca fundos para pagar créditos e dívidas?{g...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Pito

    Oferta de crédito internacional,WhatsApp: +3519107...

  • Anónimo

    Precisa de um empréstimo? Empréstimo comercial? Em...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog