Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Carvalho da Silva é um homem de mente aberta, comunista, católico, com amigos ideologicamente à sua direita, capaz de ouvir diferentes opiniões. Mas a verdade é que liderou durante 25 anos uma corporação monolítica, incapaz de mudar e de se adaptar aos novos tempos.

É difícil perceber que em todas as situações, em todas as circunstâncias,  a CGTP liderada por Carvalho da Silva nunca  tenha contribuído para as soluções. Sempre abandonou a concertação social e nunca assinou qualquer acordo.

Como é que se contribui para a resolução dos problemas colocando-se de fora da solução? Como se fosse possível, em Democracia, não ceder e avançar, ganhar e perder?

Tudo indica que quem o vai substituir é bem menos tolerante ideologicamente, menos capaz de alcançar pontes de entendimento, nem que seja no plano puramente intelectual. Se acrescentarmos o Bloco intolerante e monolítico de Louçã é fácil perceber que Portugal vai continuar a arrastar os problemas dos últimos trinta anos que nos conduziu ao último lugar no concerto dos estados da Europa.

Oxalá a esquerda socialista do PS e a Social Democracia há muito adormecida no PSD se revitalizem e preencham o vazio ideológico que o PCP e o BE teimam em não querer ocupar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:28


2 comentários

De António Leal Salvado a 23.01.2012 às 16:06

Também vejo em Carvalho da Silva as qualidades com que inicias o post, Luís. Também acho que alguns (muitos) dos sindicatos que ele superintende perdem frequentemente autoridade moral nas posições que assumem e na posição que se reservam no contexto nacional.
Mas, no contexto da crise económica que vivemos, tenho apreciado as posições de princípio e de acção escolhidas pelo lider da CGTP - pela coerência e pela bondade técnica. Em síntese, ele tem propugnado que se enfrente corajosamente o polvo financeiro que está a arrasar a Europa e se mobilizem as virtudes e capacidades dos portugueses para salvar a economia nacional - e em particular as classes mais sacrificadas, incluindo a classe média e as pequenas e médias empresas.
A firmeza de Carvalho da Silva diante da estratégia do actual Governo também não me surpreende - e muito menos me desencanta. A CGTP desempenha o seu papel: o de defesa de uma classe, uma classe que está a ser agredida e sacrificada até ao intolerável. Fazendo propostas em consonância com essa posição de parte no litígio. E sendo intransigente naquilo em que, sejamos justos, nenhum cidadão da classe média esperaria ter de aceitar quando a Democracia foi restaurada em Portugal.

De Luis Moreira a 23.01.2012 às 16:48

Eu, no actual contexto, acho que a posição da CGTP deu margem de manobra para que a UGT ajudasse a encontrar uma saída. Percebo isso! Há muitas coisas com que não concordo, receio mesmo que isto tudo nos empurre para uma situação miserável, mas a curto prazo, com os problemas de liquidez com que o estado e a economia se debatem não vejo outra solução. 

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • SALLY PAUL

    NOTA: Se vocêestá procurando uma empresa de emprés...

  • MIKE BLIZZ

    Por que você vai ao banco pedir um empréstimo que ...

  • MARK DOROTHY

    Do you suffer financially or do you need emergency...

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...

  • Anónimo

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE E ENTRE OS H...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Anónimo

    I was searching for loan to sort out my bills &...

  • Anónimo

    VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING DE QUALIDADE...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog