Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Carta aberta à PT, SAPO, MEO e GNR: * 


Para:
suporte@acesso.sapo.pt,
ct.stb.dstb.pvna@gnr.pt, (POSTO TERRITORIAL DE AZEITÃO)
gapc@mun-setubal.pt, (Gabinete da Participação Cidadã da Câmara Municipal de Setúbal)
provedoria-cliente@telecom.pt,
meo@telecom.pt,
16200@telecom.pt,
16209@telecom.pt,
decolx@deco.pt

cc:
gnr@gnr.pt, (COMANDO GERAL DA GUARDA NACIONAL REPUBLICANA)
cg.gabcg@gnr.pt, (GABINETE DO COMANDANTE GERAL)
cg.gab2cg@gnr.pt, (GABINETE DO 2º COMANDANTE GERAL)
dcrp@gnr.pt, (DIVISÃO DE COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS)
co.dic@gnr.pt, (DIREÇÃO DE INVESTIGAÇÃO CRIMINAL)
ct.stb.dstb@gnr.pt (DESTACAMENTO TERRITORIAL DE SETÚBAL)

data: Mon, Jan 23, 2012 at 7:20 AM
assunto: Re: Ausência de linha telefónica (PT/MEO/SAPO ADSL) devido a roubo de cobre


Exmos. Senhores,

Após participações de quebra/avaria/ausência de serviço de telefone e Internet por ausência de linha telefónica - sempre causada por roubo de fio de cobre em Galeotas, Brejos de Azeitão, na estrada que a GNR local reconhecerá como "a estrada para as Vendas, entre a Gracinda dos Leitões e os viveiros Matéria Verde", situações reportadas, conforme cópias de emails anexas, nos dias:

"No dia 26 de Dezembro de 2011 reportei uma avaria - ausência de linha telefónica devido a roubo de cobre segundo me foi informado posteriormente.

No dia 2 de Janeiro de 2012 voltei a reportar avaria causada pelo mesmo motivo.

No dia 6 de Janeiro de 2012 voltei a reportar avaria causada pelo mesmo motivo.

No dia 11 de Janeiro de 2012 voltei a reportar avaria causada pelo mesmo motivo.

Hoje, dia 20 de Janeiro de 2012 vou ter que reportar nova avaria - ausência de linha telefónica MEO e consequentemente de serviço de Internet SAPO ADSL"

a situação atinge o intolerável ao ter sido de novo roubado, na noite de domingo 22 para segunda 23 de Janeiro o cobre que havia sido reposto na tarde de sábado 21 em substituição do cobre roubado na noite de dia 19. 
O tempo que consegui usufruir do serviço que subscrevo de Internet e telefone fixo? a noite de sábado e domingo, 1 dia e meio no período da manhã de dia 20 até à tarde de dia 24, altura em que - já conheço os "timmings" - esta nova situação que hoje se verifica será resolvida. 
Ou seja: pago por um serviço do qual não consigo usufrui mais de 50% do tempo.

Tenho copiado nos emails anteriores o email que a página de Internet (que às vezes consigo usar) indica como pertencendo ao:
POSTO TERRITORIAL DE AZEITÃO212198990 0 212198998 ct.stb.dstb.pvna@gnr.pt
sem que até ao momento tenha tido qualquer esclarecimento ou contacto pelo que hoje copio neste email - onde abaixo se podem ler todos os anteriores - as devidas entidades desta corporação que penso serem as indicadas.
Sabem os senhores, autoridades e empresas envolvidas e também afectadas, que eu, cidadão, nada valho numa "queixa contra incertos" (que contudo farei, porque assim mo exige a minha consciência de cidadão), penso - ou pensava - que mais construtivo seria, uma vez que estas ferramentas hoje em dia o permitem - alertar de forma construtiva, copiar todos os envolvidos de forma a que possa haver cooperação e actuação.

E é tão fácil (ou assim parece ao comum cidadão), se no caso, se tratam de roubos de cobre verificados sempre no mesmo sítio (eu digo onde, no início deste email), logo após a reposição de cobre anteriormente roubado. Local conhecido, fácil prever quando, que faltará para que as autoridades actuem? Vontade? Capacidade humana, operacional? O saber já não seria mau...

Sei que para as empresas envolvidas - no caso a PT ainda que sob diversas empresas do grupo - também têm prejuízos com as reposições de cobre pelo que não posso deixar de estranhar que se também da vossa parte sinta ma passividade de apenas repor o cobre roubado.
Talvez para uma PT o prejuízo seja pequeno, no todo, para o cliente não é. Ao facto de eu pagar por um serviço de que não posso usufruir - que nenhum acerto em factura poderá compensar devidamente por ser impossível calcular o tempo total - entre roubo/quebra de serviço e sua reposição - de privação de serviço. Acrescem custos adicionais não ressarcíveis, tais como gastos em chamadas a parti de telemóvel para reportar avarias, gostos com a PEN SAPO para poder usar a Internet, sem a qual não posso trabalhar, para não falar no transtorno psicológico (sim, isto enerva, muito), familiar... é indescritível. É mais fácil estar do lado de quem só tem que vir cá repor o cobre, acreditem.

O meu nome é João Moreira de Sá
O meu número de telefone fixo (linha afectada) o 212 180 XXX
O meu código postal: 2925-161
O meu email: jmoreiradesa@gmail.com
O meu número de telemóvel: 936 672 XXX

Ajudem-me. Eu não quero começar a gostar das ideias do meus vizinhos (alguns serão clientes ZON, Cabovisão, somos todos afectados) de "pegar nas caçadeiras e ir fazer-lhes uma espera", sei que não é esse o caminho, mas começo a entender a vontade e parece-me uma situação social perigosa. E parece-me desnecessária. 
Mas também me parece que alertar, tentar não "gritar", não "reclamar", antes tentar ser construtivo, de nada serve...

À vossa disposição
João Moreira de Sá


(*) cópia de email enviado aos destinatários indicados

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30


3 comentários

De na primeira pessoa do singular a 23.01.2012 às 10:04

A polícia sempre poderá fazer como fizeram aqui na freguesia de Maceira, Leiria, onde se passa exactamente o mesmo.

Um senhor detectou roubos num pinhal perto de sua casa, avistou os ladrões e chamou a polícia. A policia chegou, falou com o senhor, viu os roubos à distância, ligou as sirenes e foi direito ao local do roubo. Isto pensando que, com tamnaho aparato, os ladrões ficariam à espera para ser levados...

Uns quilómetros ao lado, há uns meses a policia perseguiu 2 ladrões de cobre. Alvejou um, que veio a falecer. Identificou o outro, que continua solto. E a roubar.

No ano passado, um jovem morreu electrocutado. A culpa era da família disfuncional...

A alguns quilómetros encontram-se sucateiras referenciadas pela recepção do cobre. Continuam a funcionar.

As cartas com as facturam continuam a chegar no dia certo: valha-nos isso, os CTT continuam a funcionar.






 

De Luis Moreira a 23.01.2012 às 11:47

Sim, alguém compra o cobre e esses é que viabilizam o negócio.

De Alberto Cruz a 14.02.2012 às 22:05

É triste saber que vivemos num país de ladrões e é lamentável que estes usuários tenham ficado desprovidos do serviço por culpa dessa gente, mas também é certo que ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão.

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    SE VOCÊ PRECISA DE UM SERVIÇO DE HACKING GENUÍNO E...

  • Piyush Giri Goswami

    VOCÊ ESTÁ PROCURANDO UM HACKER ONLINE, ENTRE EM CO...

  • Piyush Giri Goswami

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    hello everyone, i'm so happy to recommend and tell...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Tenho o prazer de anunciar ao mundo sobre esse gru...

  • Anónimo

    Eles são uma equipe de legítimos profissionais HAC...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço genuíno de hackers ...

  • Anónimo

    They are a professional group of hackers beyond th...

  • Anónimo

    Despite all odds, this set of hackers has proved w...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog