Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Novo Hospital de Loures centrado no doente

por Luis Moreira, em 19.01.12

Uma das razões mais importantes que resultam da concorrência nas organizações, sejam hospitais, escolas ou empresas é  a concretização no terreno de novos modelos de gestão mais eficazes. Neste hospital, hoje inaugurado, o modelo de gestão centra-se no doente, quer dizer, o doente tem um responsável médico que centraliza todas as informações e que é responsável pela terapia desde a medicamentosa ao chamamento das valências médicas especializadas.

Fogem a este conceito, com serviços próprios apenas a Pediatria ( para que a criança não esteja misturado com adultos) a Psiquiatria, Oncologia e Infecto-Contagiosas ( por razões óbvias), todas a outras especialidades não têm serviço próprio funcionando em "open space". Este modelo permite um acompanhamento personalizado e um rendimento muito maior das instalações, equipamentos e camas instaladas.

Deixa de haver serviços superlotados e, ao mesmo tempo, serviços em subaproveitamento . São duas mais-valias introduzidas de grande importância tanto no que diz respeito aos custos como à qualidade dos serviços prestados. Em circuito fechado, com uma só entidade a intervir no terreno, não há introdução de inovação nem de filosofias de gestão diferentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00


3 comentários

De António Leal Salvado a 20.01.2012 às 00:15

Sabendo que o Luís é expert na matéria, aceito com mais optimismo as dúvidas que me surgem quanto ao teste que necessariamente a História fará deste modelo. O título do post (que o texto parece confirmar) é muito animador.

De António Leal Salvado a 20.01.2012 às 00:22

Em 1988 tive um severo problema de saúde do meu filho (com 11 anos então) em Pisa. Fomos conduzidos pelos serviços de emergência médica ao Hospital Público (universitário) da cidade - que funcionava precisamente sob este modelo.
Tenho dito, ao longo destas duas décadas que desde então passaram, que cheguei a ficar comovido quando avaliei o funcionamento daquele Serviço de Saúde, no momento em que o miúdo teve alta - de tal modo fiquei apaixonado pela eficiência científica e humana que nos foi dedicada.

De Luis Moreira a 20.01.2012 às 00:46

Também conheci médicos e mais pessoal nos hospitais de uma dedicação extrema.

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Anónimo

    RELIABLE PRIVATE ONLINE INVESTIGATIONS Have you ev...

  • Anónimo

    Olá a todos, Meu nome é janice albert, sou do Alab...

  • Anónimo

    Mettiamo a vostra disposizione un prestito da 1000...

  • jOse

    INSTEAD OF GETTING A LOAN, GET A BLANK ATM CARD AN...

  • jOse

    INSTEAD OF GETTING A LOAN, GET A BLANK ATM CARD AN...

  • Anónimo

    OPORTUNIDADE DE INVESTIMENTO DE EMPRÉSTIMO:Você pr...

  • Kelvin Ericksson

    Blank ATM cardDo you know that you can withdraw c...

  • 曾于娟

    Welcome. BE NOT TROUBLED anymore. you’re at the ri...

  • Abraham Khan Joy Shik

    Ei pessoal, estou tão feliz que recebi meu cartão ...

  • Pensador pensantw

    Luis Moreira, não sei de onde tu és, mas no Brasil...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog