Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ainda não tinham acabado uma já ameaçavam com outra. Os rapazes não percebem que a administração não pode abrir a "caixa de Pandora". Se a empresa abrir mão da competência disciplinar é o principio do fim da companhia.( enfim não é bem assim porque o processo há muito que se iniciou).

Os passageiros e a sociedade civil têm que se organizar e pôr estes senhores no lugar e a trabalhar. Além do vencimento têm mais dezoito subsídios e não satisfeitos, querem ser eles a exercer a acção disciplinar na empresa.

Não há ninguém que diga a estes senhores que estão a exigir o que não podem, nem devem, nem têm competência para tal? Então agora é o sindicato que diz quando os seus associados podem ou não ser objecto de inquéritos disciplinares? Os inquéritos disciplinares não têm enquadramento jurídico próprio?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00


13 comentários

De j a 02.01.2012 às 14:46

não cabe na cabeça de alguém uma greve em que o motivo é querer obrigar a empresa a retirar os processos disciplinares! é que a administração nem sequer pode demitir-se dessa competência, que, antes de ser uma prerrogativa, é um dever. ou seja, a administração não pode sequer "deitar os processos para o lixo" por vontade própria, porque se existem factos que podem enquadrar ilícitos disciplinares estes têm que ser tratados em sede própria, o mesmo é dizer que no próprio processo e para cada arguido em concreto, não podendo, legalmente, a administração não promover o procedimento.

mas a culpa não deixa sobretudo de ser das administrações anteriores que levaram a empresa à ruína, por conta do emprego politico, e que aceitaram conceder regalias absurdas. uma delas é o transporte de borla, incluindo familiares, e em que em alguns horários os comboios vão cheios de funcionários e não de passageiros.

acho que, de facto, se perdeu a noção da normalidade. está tudo doido!

De Luis Moreira a 02.01.2012 às 16:32

É verdade, um inquérito disciplinar tem um enquadramento jurídico que tem que ser observado. Um gestor não pode abrir um inquérito sem razões nem pode deixar de o abrir se as tiver. É o Estado de Direito que está em causa! SE arquivarem os inquéritos vamos todos partir os azulejos aí de uma bela estação qualquer e ai se a administração nos abre um inquérito...( não vamos nada os azulejos têm que ser preservados...)

De Manuel a 02.01.2012 às 15:30

Caro sr . Luis Moreira, espero que tenha entrado no novo ano com o pé direito e que tenha digerido bem as couves oferecidas pela vizinha, diga-me onde mora para eu me mudar para lá, é que na minha terra quem quiser couves que as plante, ou vá à praça. :)
Em relação aos motivos destas greves da CP, após tudo o que foi dito e redito neste blog, eu já entendi as posições de ambas as partes, o sr . como gestor e pessoa inteligente que com certeza é também entendeu, temos que respeitar as opiniões dos outros, por isso não nos vale a pena falar mais sobre este assunto.
Podemos entretanto focar-nos nos dados novos que vão aparecendo, como se costuma dizer, zangam-se as comadres descobrem-se as verdades, e estou a falar desses subsídios , o sr . Miguel Sousa Tavares falou de 190 itens que engrossavam o salário dos maquinistas, o presidente da CP disse que na CP haviam tantos subsídios como o número de sindicatos, 23  (não sei se seriam todos dos maquinistas ou se seriam o total de todas as classes de trabalhadores), agora o sr . diz que são 18, como tal e para, tanto eu como todos os frequentadores deste fórum, ficarmos esclarecidos peço-lhe que os enumere e coloque aqui a lista, pois como administrador deste blog, que penso é, com certeza que não está aqui a inventar coisas e como tal sabe do que está a falar. Ficamos todos então a aguardar os seus esclarecimentos

De Luis Moreira a 02.01.2012 às 16:27

Meu caro, estão todos numa das notícias para onde fiz link, é ver os vários textos que esscrevi sobre o assunto. Se bem me lembro são 10 subsídios fixos e 8 flexíveis, o que quer dizer que o vencimento dos nossos grevistas, são o vencimento normal somando mais dez subsídios fixos. Vem em vários jornais nas duas últimas semanas.

De Manuel a 02.01.2012 às 16:49

Lamento mas não os consigo encontrar, em todas as notícias que vejo apenas se fala da quantidade e de um que parece um prémio para ir trabalhar (bom, nos dias que correm tb acho que quem tem trabalho merece um prémio  :)  ), por isso sr. Luis Moreira, uma vez que estou bastante curioso acerca desses subsídios e já que o senhor os enumerou numa notícia sua (que eu não encontro), não custa nada, é só fazer copy paste para aqui, eu satisfaço a minha curiosidade e tiro da cabeça a ideia que tenho, que o sr. não sabe do que está a falar.
M.C.

De Luis Moreira a 02.01.2012 às 17:41

Sr. Manuel, isso vem em vários jornais e foi várias vezes referido nas duas entrevistas com o Mário Crespo. Não posso é guardar passadas duas semanas aquilo que o sr não leu.Só adivinhando, e se tem dúvidas não há como perguntar à própria empresa.Manda um e-mail à CP e eles elucidam-no e assim fica a saber de fonte segura se eu sei ou não o que ando a dizer. Se quiser até pode mandar uma cópia do meu texto para eles analisarem . Que tal?

De Manuel a 02.01.2012 às 18:15

Exactamente caro Luis Moreira, só adivinhando, que quando não sabemos tentamos adivinhar. Uma vez que não me soube elucidar, esteja descansado que eu vou investigar e se conseguir obter a resposta a esta minha questão colocarei aqui.
M.C.

De Luis Moreira a 02.01.2012 às 18:28

Sei, sei, tenho a certeza que é como eu digo. Se quer saber mais pergunte à empresa. Diga o que eu disser vai sempre dizer que não encontra, não é?

De Manuel a 03.01.2012 às 13:28

Caro Luis Moreira, como prometido cá estou para o esclarecer daquilo que o senhor tem a certeza do que diz, mas não me soube esclarecer. Afinal foi mais fácil do que poderíamos pensar, enviar o email à CP, como me aconselhou, estava fora de questão, qualquer pessoa minimamente consciente saberia que isso seria perda de tempo, assim nada melhor que ver, com estes que a terra há-de comer, o recibo de vencimento de um maquinista gentilmente cedido pelo trabalhador, de salientar que o mesmo tinha dois recibos em seu poder e cedeu-me o que tinha o valor maior, pois o outro referia-se a um mês em que tinha estado uns dias de férias, logo não correspondia ao valor normal.
Assim vou enumerar, como lhe tinha pedido, os "18 subsídios" que o sr . tanto afirma existirem. Todas as remunerações constantes no recibo de vencimento são as seguintes:
1 - Retribuição mensal
2 - Subsídio de escala
3 - Trabalho extraordinário 50%
4 - Ajudas de custo por repouso fora da sede
5 - Trabalho nocturno
6 - Subsidio de refeição

Estes itens não carecem de qualquer explicação, pois todos eles constam da lei do trabalho em vigor e são de pagamento obrigatório a qualquer trabalhador.

7 - Deslocação/itenerância
8 - Prémio de condução
9 - Diuturnidades

Estes são os específicos para a profissão em causa, e a razão da sua existência foi explicada pelo sr .presidente da CP na entrevista que o sr . fala.

E é tudo o que consta do recibo em causa, referente a um mês normal de trabalho, dá isto tudo um total de abonos de 1800 € e valor líquido de 1300 € (os valores foram arredondados por defeito às dezenas por motivos óbvios). Estes valores foram igualmente confirmados pelo sr . presidente da CP nessa mesma entrevista, quando falou de valores médios de 2000 €, pois vencimentos de 3000€ como ele confirmou existem, mas fruto de um trabalho bastante penoso, palavras do presidente da CP.
Na minha opinião o valor em questão não é de forma nenhuma um exagero para a profissão em causa, e o sr . que é gestor, o que acha?

De Manuel a 03.01.2012 às 13:56

Peço desculpa que faltou um:

10 - Subsídio de agente único - Este foi-me explicado que foi criado quando há uns anos a CP retirou os agentes que acompanhavam os maquinistas na cabine de condução, face à diminuição da despesa por parte da empresa e ao acréscimo de responsabilidade para o agente de condução. Se é justo ou não, não comento, mas são 40 €.

De Manuel a 03.01.2012 às 14:31

Pois, não sei, eu vi dois recibos de vencimento e não exista lá mais nada do que isto, 4 itens que o normal trabalhador não tem, se o senhor diz que são mais esclareça-me, se não continuo a pensar que o sr . é um transmissor de mentiras para incendiar o tema.
Esclareça-me que cá estarei para lhe pedir desculpa.
Os factos são estes eu vi e o sr . leu em qualquer lado, por isso tenho que acreditar em mim.
Mais uma vez ficou uma pergunta sem resposta.
M.C.

De Luis Moreira a 03.01.2012 às 17:47

Olhe meu caro, começaram por me dizer que ganhavam  1 000 euros esquecendo-se de todos os subsídios. Agora o Sr. já viu vencimento somado a 10 subsídios (que são os fixos) falta procurar um pouco mais e vai verificar que faltam os ocasionais que são mais oito. Mas continue que vai lá chegar.Abraço

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • santos

    Olá, você precisa de um serviço de hackers profiss...

  • santos

    Olá, você precisa de um serviço de hackers profiss...

  • António Filipe

    E não ficou?

  • Anónimo

    Na parte final do texto, dá a impressão de que fic...

  • Anónimo

    Precisa de crédito ao consumidor?Eu sou um correto...

  • Anónimo

    EMPRESTIMO DE ALAIN FESTORCumprimentosMeu nome é H...

  • Anónimo

    EMPRESTIMO DE ALAIN FESTORCumprimentosMeu nome é H...

  • Anónimo

    CumprimentosMeu nome é HELENA RIBEIRO.Só para comp...

  • Anónimo

    Olá senhor e senhora Para resolver seus problemas ...

  • Anónimo

    Você está em busca de um serviço de hacking confiá...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog