Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A levitar num comboio

por Luis Moreira, em 26.12.11

Entre Shangai e o aeroporto funciona um comboio que levita a uma velocidade de 400 Kms/hora e que foi inaugurado com a Expo Shangai.. Atinge aquela velocidade sem tocar nos carris, "voando" a 4 cms do chão. Lá fui para "ver como é e para contar como foi". Há também um comboio que liga Pequim a Shangai a 350 Kms/hora cobrindo os 1 000 Kms que separam aquelas duas cidades em pouco mais de quatro horas. No resto da viagem que fiz a distancia entre as cidades é de tal ordem que o avião é

que é o meio de transporte. Agora está na forja um comboio para atingir os 500 kms/hora. Na China , a dimensão do país explica o desenvolvimento desta tecnologia, não há qualquer hipótese de aparecer de 30kms em 30kms um apeadeiro ou, mesmo, de atravessar fronteiras sem se dar por isso como poderia acontecer aqui no nosso país. Badajoz à vista!

Com a venda da EDP aos Chineses  ainda vamos ter um comboio a funcionar por levitação, daqui a uns anos se calhar já nem precisamos da terceira ponte sobre o Tejo, levitamos e já está, aterramos do outro lado já perto de Évora, mesmo sem a estação do Souto Moura.

Estes países desenvolvem estas tecnologias com aplicação no seu próprio território e à sua medida mas se houver uns "modernaços" que os queiram comprar também os vendem.

Esperemos que se avance com as linhas férreas de mercadorias para servir Sines e Leixões os portos que, esses sim, podem ser importantes na economia do país e no transporte marítimo de mercadorias entre continentes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:25


5 comentários

De António Leal Salvado a 26.12.2011 às 22:59

Uma curiosidade: Esta tecnologia de repulsão electro-magnética foi desenvolvida, desde há já cerca de uma década, na Alemanha, por uma join venture (universidade-empresas) americana, cujo principal segmento de produção foi dirigido por um cientista português, o fundanense José Luis Ramos - mais um português que a visão subdesenvolvimentista tacanha empurrou para a emigração, tal como a um seu irmão de igual sucesso nas américas (este regressado a Portugal durante o governo de José Sócrates).
Os dois irmãos, que mantêm um enorme amor e raízes em Portugal, estão actualmente a desistir do seu país, face ao desinvestimento na Ciência já anunciado e praticado pelo actual Governo e à política de aniquilação do papel do Estado no desenvolvimento de inteligência e activos exportáveis que governo está a substituir pela descapitalização da Ciência para oferecer de bandeja as universidades de prestígio (todas públicas) à negociata dos privados.
O regresso ao passado medieval e obscurantista das "famílias" feudais tem destes custos...

De Luis Moreira a 26.12.2011 às 23:03

Ora ainda bem que falei nesta experiência que tive lá em Shangai. É realmente fantástico o que os Portugueses conseguem fazer quando estão reunidas as condições suficientes.

De António Leal Salvado a 26.12.2011 às 23:29

Tive o privilégio de assistir (e até participar) em alguns casos muito curiosos do que é a crença de um país nas suas capacidades - e as correspondentes opções no desenho do futuro. Contarei alguns na Pegada, espero - casos de top mundial.
Discuti o assunto com o Governo de Sócrates (que, o próprio, me disse uma vez que me tinha como um dos seus melhores amigos, com a curiosidade de essa amizade ter sido construída em cima de acesas divergências e discussões durante 25 anos) e, confesso ao meu amigo Luís, fiquei desde esse dia refém de uma grande comunhão de perspectivas quanto ao Futuro que desde sempre sonho para este País de grandes talentos e dos melhores trabalhadores da Europa.
Um dia (por que anseio há já tempo) falaremos disto pessoalmente, espero.

De Luis Moreira a 26.12.2011 às 23:54

Já fiquei muito comovido ao encontrar em terras longínquas feitos de portugueses que as pessoas do lugar acarinham. Nós não nos conseguimos organizar. Um amigo meu foi a Paris para ser transplantado. Disseram-lhe, "não precisa de vir aqui em Portugal fazem tão bem como nós, mas depois no acompanhamento aí, sim, venha cá." (queriam eles dizer, individualmente vocês são tão bons como os melhores mas quando se trata de trabalhar para uma organização aí...) E, isto foi há 30 anos. O meu amigo foi transplantado em Portugal pelo Dr Rodrigues Pena (já reformado, ao que penso, cirurgião de renome internacional) e andou a correr para Paris durante muitos anos para fazer o acompanhamento.

De Luis Moreira a 27.12.2011 às 01:01

E, claro, temos que arranjar um almoço para nos conhecermos. Ou no Fundão ou em Lisboa na primeira oportunidade. Terei um grande prazer.

Comentar post



página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • Aboubacar Aboubacar Sacko

    Se você precisar dos serviços de um hacker ético c...

  • Anónimo

    OLÁ!!! Você é um homem ou uma mulher? Você precisa...

  • Anónimo

    Se você precisar de um serviço de hackeamento prof...

  • Anónimo

    Ile é conectado como o controle de acesso à Intern...

  • Anónimo

    Eles são conhecidos como os onipotentes gurus da I...

  • Anónimo

    Se você precisa de um serviço de hackers genuíno e...

  • Anónimo

    Olá pessoal, você precisa de serviços de hackers?E...

  • Төлөгөн Аимэшхан

    Você precisa de algum serviço de hackers? Você est...

  • Anónimo

    Muitos QUEREM SER HACKERS ON-LINE Cuidado com os a...

  • Anónimo

    Eles são um grupo profissional de hackers além da ...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog