Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A pegada não morreu; apenas deslocámos a maior parte das nossas pegadas para o facebook. Enorme pecado, bem sabemos; mas por estes instantes, em que o tempo não abunda, é mais fácil interagir e publicar ali. Esta nossa casa não desaparece; será sempre a referência principal e o lugar das pegadas mais profundas. No entretanto, e quando não nos virem por aqui, é porque estamos aqui:pegadabook. Cliquem no link (não é necessário ter facebook para ler, apenas para comentar) e/ou façam like acima. A todos os leitores e ao sapo, que nunca nos falhou, pedimos desculpa. É coisa de momentos; a pegada será sempre aqui. Aqui é a regra, este anúncio não revela mais do que uma excepção. Já agora, e também no facebook, mas numa onda diferente -- e em que todos os leitores podem ser autores --, visitem o ouvir & falar.

 

 


Posto de Comando da Pontinha

por Luis Moreira, em 25.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:00

25 de Abril - Comunicado das Forças Armadas

por Luis Moreira, em 25.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:00

25 de Abril - E Depois do Adeus

por Luis Moreira, em 25.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:00

Quer Marcelo quer Vitorino preferem que o 25 de Abril seja uma comemoração abrangente, que ultrapasse a política ocasional deste ou daquele governo e se concentre na festa da Democracia, na casa da Democracia, onde estão representados os eleitos do povo.

É óbvio que para os Capitães de Abril é muito difícil não estarem desiludidos com os caminho que as coisas tomaram, mas é preciso dizer que o balanço é extraordinariamente positivo. Quem se lembra da miséria do antes? Da iliteracia reinante? Da falta de oportunidades? Da falta de Liberdade?

Caso se tratasse de iniciativa do Governo, acrescentou, poderia dizer-se que a maioria dos associados da Associação 25 de Abril não se reconhece na interpretação que o Governo tem da democracia, mas é uma cerimónia que decorre no Parlamento. ( diz Marcelo)
“Um Parlamento que é uma casa de pluralismo”, salientou, insistindo na ideia que tem dificuldade em perceber a decisão da Associação 25 de Abril.
Também em declarações aos jornalistas antes de entrar para o debate que decorreu na Universidade Nova de Lisboa, o antigo comissário europeu António Vitorino disse não ter conhecimento da decisão anunciada esta manhã pela Associação 25 de Abril, sublinhando apenas que “o 25 de Abril não é uma data que suscite divisões, deve ser uma data de convergência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

A25A - RTP memória

por Luis Moreira, em 21.04.12

Por se considerar de interesse, divulgamos a informação que o Júlio Isidro nos transmitiu:

No dia 25 de Abril a RTP-Memória realiza uma emissão especial a começar às nove da manhã, com o título genérico "UM DIA DE LIBERDADE" e na qual serão transmitidas na íntegra as Galas "Vozes de Abril" de 2008, "Vozes que Abril abriu" de 2009 e "República de Abril" de 2010. Para além disso, são convidados para entrevistas que decorrem nos intervalos das galas, Joaquim Letria, João Gobern, Alice Vieira, Eduardo Gageiro, Batista Bastos, Luanda Cozetti e José Fanha. A linha temática das conversas é a Liberdade nas áreas de  actividade dos convidados, antes e depois da Revolução dos Cravos.

Cerca das 20 horas e a encerrar este dia de memória, será transmitido o documentário "A consciência de Abril - Melo Antunes".

Cordiais saudações

Vasco Lourenço

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:30

A25Abril - Jantar 25 de Abril

por Luis Moreira, em 20.04.12
Mais um aniversário do 25 de Abril, dia libertador que iniciou um sonho onde tudo era possível.

Atravessamos momentos muito difíceis e, como ficou decidido na Assembleia-Geral da nossa A25A, no passado dia 24 de Março, vamos endurecer a nossa posição cívica, de intervenção na sociedade portuguesa.

Posso informar-vos que no próximo dia 23 de Abril, às 11h00, iremos tornar público um "manifesto" através de uma conferência de imprensa.

Mas... porque não abdicamos de comemorar o 25 de Abril, numa perspectiva de festa pela acção libertadora e numa perspectiva de luta pela realização dos seus ideais, vamos:


  • Dia 24, às 19h00, no restaurante Varanda do Tejo (ex-FIL, à Junqueira), jantar e conviver;

  • Dia 25, às 15h00, integrar as Comemorações Populares em Lisboa.


Isto, evidentemente, para além das inúmeras comemorações e evocações onde estaremos, a convite das mais diversas entidades.

Tal como iremos, como nos anos anteriores, integrar a organização da Festa Jovem (dia 21 de Abril, em Almada/Feijó) e a Corrida da Liberdade (dia 25, em Lisboa e Odivelas).

Porque é necessário mostrar que Abril não desarma, incentivamo-vos a inscreverem-se já para o jantar-convívio (custo por pessoa 27,00 euros).

Até lá, um abraço por Abril!


Vasco Lourenço




Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

À tarde no Arquivo

O 25 de Abril de 1974: Momentos da Revolução

Ainda se lembra como era em sua casa, quando a família e os amigos se juntavam só para conversar?

Venha ter connosco, recorde o passado através das fotografias e partilhe as suas recordações com os que não tiveram oportunidade de viver este acontecimento.

Traga as suas memórias… e um amigo também!

Local: Arquivo Municipal de Lisboa| Arquivo Fotográfico. Rua da Palma, n.º 246 Lisboa

21 de Abril às 16h

Público-Alvo: Público em geral

Entrada gratuita

Informações

Ana Brites

Telf: 21 884 40 60

dmc.dpc.dam@cm-lisboa.pt

http://arquivomunicipal.cm-lisboa.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00

Os cravos de Abril - programa

por Luis Moreira, em 11.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Cravos de Abril - Canções

por Luis Moreira, em 10.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:00

Os cravos de Abril - Festival

por Luis Moreira, em 09.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Os cravos de Abril

por Luis Moreira, em 08.04.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

A Lusoponte que tem a exploração das duas pontes está interessada em retirar carros à sobrelotada ponte 25 de Abril e canalizá-los para a subutilizada ponte Vasco da Gama. Neste ponto de vista é claramente um ideia sensata. Há os impactos ambientais e o interesse de alguns autarcas da margem sul quererem a terceira travessia do Tejo que seria uma opção muitíssimo mais cara. Mas neste país o dinheiro e o desperdício não travam ninguém.

E  ( a Lusoponte) está disposta a pagar sobretudo porque esta nova estrada poderá levar muitos utentes da península do Barreiro a optarem pela travessia da Vasco da Gama em vez de pela saturada 25 de Abril. A empresa concessionária destas duas pontes considera que a Vasco da Gama está "claramente subutilizada e muito aquém da sua capacidade máxima, gerando menos receitas do que à partida seria expectável", refere um parecer da Câmara da Moita a que o PÚBLICO teve acesso. Por isso tem a "expectativa" de que esta nova estrada possa "vir a captar um maior número de utilizadores para a Vasco da Gama" para as ligações a Lisboa e à restante margem norte do Tejo, porque reduz também a distância entre o Barreiro e zonas da capital.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:00


 

 

 

 

 

 

 

Autores

Alexandre Santos facebook LM

Ana Bento facebook Ana Bento

António Leal Salvado facebook LM

Quadratim

Célia Correia facebook Célia Correia
Filipe Figueiredo facebook Filipe Figueiredo
Francisco Clamote facebook FC

Terra dos Espantos

Hélder Prior facebook Hélder Prior

Herculano Oliveira facebook Herculano Oliveira

João de Sousa facebook João de Sousa

Ergo Res Sunt

João Moreira de Sá facebook JMStwitter Arcebisbo

Arcebispo de Cantuária

Micro Cuts

Lu Pelejão Eusébio facebook Lu Pelejão Eusébio

Luis Grave Rodrigues facebook LM twitter LGR

Random Precision

Diário de uns Ateus

Licínio Nunes facebook Licínio Nunes

Manuel Tavares facebook Manuel Tavares

Maria Helena Pinto facebook Maria Helena Pinto

Maria Suzete Salvado facebook MSS

robe de soir

Pedro Figueiredo facebook Pedro Figueiredo

Rogério da Costa Pereira facebook LM twitter RCP

O homem-garnisé...

cadáveres esquisitos

rui david facebook LM twitter rui david

Bidão Vil

itálicos

Arquivo

 

Adriano Pacheco

Ana Paula Fitas

António Filipe

Ariel

besugo

Catarina Gavinhos

Cristina Vaz

Fátima Freitas

Fernando André Silva

Isabel Moreira

Isabel Coelho

João Mendes

João Simões

lucy pepper

Luís Moreira

Luiz Antunes

Miguel Cardoso

Maria do Sol

Maria Duarte

Maria Mulher

Nuno Fernandes

Rolf Dahmer

Sofia Videira

Xavier Canavilhas


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes


Arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog