Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A pegada não morreu; apenas deslocámos a maior parte das nossas pegadas para o facebook. Enorme pecado, bem sabemos; mas por estes instantes, em que o tempo não abunda, é mais fácil interagir e publicar ali. Esta nossa casa não desaparece; será sempre a referência principal e o lugar das pegadas mais profundas. No entretanto, e quando não nos virem por aqui, é porque estamos aqui:pegadabook. Cliquem no link (não é necessário ter facebook para ler, apenas para comentar) e/ou façam like acima. A todos os leitores e ao sapo, que nunca nos falhou, pedimos desculpa. É coisa de momentos; a pegada será sempre aqui. Aqui é a regra, este anúncio não revela mais do que uma excepção. Já agora, e também no facebook, mas numa onda diferente -- e em que todos os leitores podem ser autores --, visitem o ouvir & falar.

 

 


Dirijo-te estas palavras sabendo que o faço a alguém cujos neurónios entraram em guerra fratricida e bastarda ao ponto de só restar um (o mais escasso e ligeiro) — lamentavelmente, o que te sobrou está meio metro acima do habitat natural, desfruta de cauda acelerante e tem como ambição única irromper por um óvulo. Ciente disso, mas porque tenho bom coração, avanço.

Na última semana, resolveste publicitar — várias vezes — a tua imbecilidade. Percebo, porque te enxergo a natureza, a tua cretinice genética e “eurotica”. Os genes fazem-te, os euros justificam-te (perante o espelho aldrabão que te dá as trombas a ver).

Assim, e munido do tal espermatozóide mascarado de neurónio, decidiste fazer história. Por fortuna de quem te lê e essência tua, não fizeste a dos outros e desvelaste a tua. És uma espécie de rei midas da merda: transformas em trampa tudo aquilo em que tocas. Se por acaso te caísse nas mãos um qualquer pasquim pago para ser gente, havias de conseguir reduzi-lo a um teu irmão de sangue, assemelhá-lo à tua essência estéril.

És uma peçonha, pois. Porém, essa dor que te atenta e que tentas, para te aliviar a mágoa, passar para os outros, esse beliscão na alma que não tens, essa vocação de idiota útil — e outro tipo de utilidade não terás — estão condenados a ser só teus. Olha para trás. Olha para o teu reles viver e para tempo que levas desde o nascer. Traduzes-te num zero abaixo da nula referência. Algo numericamente impossível. Não chegas a ser nada, portanto. Um dia que te atinjam com um espelho fiel, morrerás em agonia — envenenado pela verdade que a representação te dá.

Bufas as bufas do bufos (eis a tua biografia) e usa-las como se tudo (as ventosidades e os respectivos excretores) fosse gente. Lamentavelmente, e isso deve doer — os meus pêsames à tua mãezinha —, nunca (nem os “teus”!) algum dia te levarão a sério. O problema, bobo desta corte, é que tu próprio não passarás do vento malcheiroso dos cus que a cada tempo (há séculos) te vão expelindo.

No entanto, verdade seja dita, estás cada vez mais acompanhado – não partiram o cabrão do molde. O teu fedor, honra te seja feita, é evidente — não enganas ninguém. Outros perfumam-se à francesa e, por vezes, a confusão de aromas engana ao primeiro lanço. És um puro óbvio e por isso — sempre de mola no nariz — acompanho o teu percurso.

Continua a fazer por nos ilustrar, faz pela comenda que um dia, por merecimento, te afixarão no focinho. És-nos necessário, cumpres o papel de grilo mudo do inferno, como que um sinal de animais na estrada.

Ainda assim, e perante tão reles intruso, que se foda o carro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:49


11 comentários

De jotaeme a 26.08.2010 às 16:30

Rogério, tendo a "felicidade" de por aqui aportar e participar nestas temáticas, não deixo de me congratular com o estilo aberto e sem papas na língua com que se discutem os  pontos de vista! Mas esta abertura de espírito, não tem feito escola nos últimos tempos! Só os convenientes, na mira de á frente receberem o soldo pela "concordância"! Esses não devem gostar do estilo!Por isso a minha satisfação por este seu desassombro, com o qual concordo na íntegra, se dirigido como penso á figura aqui tratada!
Sublime a última frase!
É um partir para a guerra de peito levantado!
JOrge madureira

De Rogério Costa Pereira a 26.08.2010 às 19:00

São tantas as figuras, Jorge. Ainda agora na praia me calhou uma família delas no toldo ao lado.

De António Parente a 26.08.2010 às 18:43

Não sei a quem se refere o post e nem quero saber. Não gosto do estilo e quando não gosto afasto-me, deixo de ler.

De Rogério Costa Pereira a 26.08.2010 às 18:54

E faz muito bem, António.

De valter marques a 26.08.2010 às 19:33


acho que nem devia perder tempo a comentar..

De António Parente a 26.08.2010 às 20:14

Discordo. Imagine que todos ficavam desagradados com o estilo e deixavam de ler o blogue. O Rogério ficava intrigado com o contador do sitemeter a zeros. Penso que é um acto de delicadeza informarmos o bloguer do que gostamos e do que nos desagrada para ele perceber o impacto que está a ter. A intenção não é fazê-lo mudar de estilo ou condicionar a forma como escreve. É dar-lhe, muito simplesmente, um feedback sobre o que foi publicado. Pode-se concordar, pode-se discordar ou pode achar-se tão mau ou tão bom que ou se elogia ou se diz que não presta. Quem publica um blogue, gasta o seu tempo a publicar coisas, tem uma caixa de comentários aberta e perde o seu tempo a ler o que os comentadores escrevem merece esta atenção. 


Eu parei de ler no parágrafo onde se fala de "peçonha". Esta pode ser uma informação importante. Se eu quisesse insultar alguém e descobrisse que só liam as minhas primeiras 150 palavras então não perdia o meu tempo a escrever 300. Concentrava os insultos em 150, conseguia o meu objectivo e os leitores iam até ao fim.


Com o meu comentário o Rogério percebe que há 1 leitor que não gostou e 3 adoraram. Dirá para os seus botões: badamerda para o 1. 


Por isso, comentar é importante mesmo quando se detesta o estilo.

De Marco a 26.08.2010 às 23:49

Mau, não tínhamos combinado que estas postas eram nas madrugadas de Sábado para Domingo?

Se estas coisas começam a sair à semana, e a horas de gente decente, temos o caldo entornado...

Saudações (e hoje, porque me apetece, não sei por que razão, leoninas)!

De Rogério Costa Pereira a 28.08.2010 às 02:15

Este já conhecias, Marco. Foi escrito à hora de sempre nos dias de sempre. É um remake. Não sejas queixinhas e inbejoso. ;)

De josé magalhães a 28.08.2010 às 12:08

Subscrevo e faço meus os comentários do António Parente.
Infelizmente, ao contrário dele, deu-me para ler até ao fim. Depois da peçonha, piorou. Não gostei do estilo, dos termos, da redacção. Há quem goste deste género, mas não é o meu caso. E o meu gostar ou não, nada tem a ver com o/a destinatário/a do post, que não conheço.
De vez em quando venho até este sítio, mas nunca me apeteceu comentar até agora. Faço-o aproveitando o comentário de outrem para o dizer como se fora meu.
Voltarei, claro, até para ver se o estilo e os termos são para continuar, ou se pelo contrário, não serve de exemplo, e então, tirarei a necessárias e devidas conclusões.
Aceitem os meus desejos de bons posts e de prosperidade.
José Magalhães

De burns a 28.08.2010 às 19:52

continuas o mesmo sujo apesar de teres sido expulso do anterior colectivo
vais continuar a ser o mesmo sacana enquanto tiveres garantida a dose diária de lentilhas por conta do orçamento de estado
vai trabalhar parasita

De Anónimo a 28.08.2010 às 21:04

Rogerio da Costa Pereira tens a resposta no CORTA _ FITAS. Vai te Foder, seu porco xuxa! Compra o pririlau primeiro, porque é coisa que não tens entre as pernas. Podes garvar o IP, porque se te metes comigo, podes crer que tens de volta.

 

Comentar post



 

 

 

 

 

 

 

Autores

Alexandre Santos facebook LM

Ana Bento facebook Ana Bento

António Leal Salvado facebook LM

Quadratim

Célia Correia facebook Célia Correia
Filipe Figueiredo facebook Filipe Figueiredo
Francisco Clamote facebook FC

Terra dos Espantos

Hélder Prior facebook Hélder Prior

Herculano Oliveira facebook Herculano Oliveira

João de Sousa facebook João de Sousa

Ergo Res Sunt

João Moreira de Sá facebook JMStwitter Arcebisbo

Arcebispo de Cantuária

Micro Cuts

Lu Pelejão Eusébio facebook Lu Pelejão Eusébio

Luis Grave Rodrigues facebook LM twitter LGR

Random Precision

Diário de uns Ateus

Licínio Nunes facebook Licínio Nunes

Manuel Tavares facebook Manuel Tavares

Maria Helena Pinto facebook Maria Helena Pinto

Maria Suzete Salvado facebook MSS

robe de soir

Pedro Figueiredo facebook Pedro Figueiredo

Rogério da Costa Pereira facebook LM twitter RCP

O homem-garnisé...

cadáveres esquisitos

rui david facebook LM twitter rui david

Bidão Vil

itálicos

Arquivo

 

Adriano Pacheco

Ana Paula Fitas

António Filipe

Ariel

besugo

Catarina Gavinhos

Cristina Vaz

Fátima Freitas

Fernando André Silva

Isabel Moreira

Isabel Coelho

João Mendes

João Simões

lucy pepper

Luís Moreira

Luiz Antunes

Miguel Cardoso

Maria do Sol

Maria Duarte

Maria Mulher

Nuno Fernandes

Rolf Dahmer

Sofia Videira

Xavier Canavilhas


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • julie

    Olá, Você precisa de um empréstimo urgente para pa...

  • caronjoel

    empréstimo acessível para todas as 24 horas Olá! E...

  • juliet

    Você precisa de um empréstimo? Se sim emial nós em...

  • caronjoel

    empréstimo acessível para todas as 24 horas Olá! E...

  • caronjoel

    empréstimo acessível para todas as 24 horas Olá! E...

  • Anónimo

    Oh dirty minds. Esta polémica já tem um século ou...

  • antonio carmo

    boa tarde. após ler por alto alguns comentários, e...

  • caronjoel

    Olá Coloquei à disposição de qualquer específico ...

  • caronjoel

    Oferece empréstimos de dinheiro variando de 5000 a...

  • Domingos Ferrari

    Eu tenho o meu cartão de ATM já programado e em br...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog