Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A pegada não morreu; apenas deslocámos a maior parte das nossas pegadas para o facebook. Enorme pecado, bem sabemos; mas por estes instantes, em que o tempo não abunda, é mais fácil interagir e publicar ali. Esta nossa casa não desaparece; será sempre a referência principal e o lugar das pegadas mais profundas. No entretanto, e quando não nos virem por aqui, é porque estamos aqui:pegadabook. Cliquem no link (não é necessário ter facebook para ler, apenas para comentar) e/ou façam like acima. A todos os leitores e ao sapo, que nunca nos falhou, pedimos desculpa. É coisa de momentos; a pegada será sempre aqui. Aqui é a regra, este anúncio não revela mais do que uma excepção. Já agora, e também no facebook, mas numa onda diferente -- e em que todos os leitores podem ser autores --, visitem o ouvir & falar.

 

 



Jornalismo "palativo"

por Rogério Costa Pereira, em 29.04.11
A jornalista da SIC, Clara de Sousa, assevera que o beijo dos noivos soube a pouco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:02


Falcão

por Rogério Costa Pereira, em 28.04.11
Já há muito que não se via um ponta-de-lança assim. Até a simulação do penalty que deu o primeiro golo do Porto, aquele fantástico voo lançado no momento exacto, revela classe pura. Seria injusto se o árbitro não se tivesse deixado enganar. Sem ironias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:37


Então amanhã não há tolerância de ponto?

por Rogério Costa Pereira, em 28.04.11

Como raio vão os funcionários públicos ver o casamento real? Há relato na rádio pública, ao menos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:15


Vira o disco

por Rogério Costa Pereira, em 25.04.11
Sócrates continua a dizer que está tudo bem com Teixeira dos Santos. Que está a liderar as negociações com a troika, que tinha umas reuniões e que por isso não pôde estar presente nas comemorações do 25/4. É notório que não é assim, que nada está bem entre o ministro e o PM, e se dúvidas houvesse bastaria atentar na exclusão de Teixeira dos Santos das listas de deputados. Assim sendo, e sabendo Sócrates que assim é, parece-me que também Sócrates ainda não percebeu que os tempos são outros, e a todos os níveis. Que já chega desta politiquinha do parecer, da desculpazinha do atraso no trânsito, socialmente aceite e recomendada. Esta forma de estar e de agir é um insulto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:33

"Podíamos ter evitado muita coisa se tivéssemos esse espírito."
Mas assim ouvida, a seco, não podia concordar mais com as palavras de Sócrates. Pena que também a ele, em grandeza só ultrapassada pelo PR, tenha faltado "esse espírito".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:15


A propósito das comemorações

por Rogério Costa Pereira, em 25.04.11
Sem ironias o digo, de todos os convidados para as comemorações, Paulo Portas foi o único que assumiu pose de estadista. Não falou. Vergonhosas, como vem sendo hábito, foram as declarações dos aglomerados de extrema-esquerda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:02


Chuva de arco-íris na A23

por Rogério Costa Pereira, em 25.04.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:59


O défice irrequieto

por Rogério Costa Pereira, em 24.04.11
Alteração na forma de fazer as contas? De 6,8% para 8,6% e agora para 9,1%? Alteração na forma de fazer as contas, como diz o Governo, pois sim, concedo. Antes excluíam-se (ou colocavam-se no capítulo isso-agora-não-interessa-nada) despesas que agora se incluem. Alteração na forma de fazer as contas. Eu também já alterei a minha forma de votar. E muita pena tenho de não ter uma alternativa credível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:15


306295

por Rogério Costa Pereira, em 24.04.11

Adeus, rapaz, acompanhaste-me mais de 1/4 da minha vida, mas como compreenderás − e embora agora estivesses melhor que nunca −, com 306.295 kms (quase oito voltas ao mundo), prestes a fazer dez aninhos e com o IVA a prometer galgar para 25%, chegou a altura de partir para outro. E sempre aproveito para trair esta europa que me trai todos os dias − já tinha saudades de comprar barato e (muito) bom, coisa que o velho mundo já não me proporciona.

PS: ainda está no mercado, se alguém estiver interessado... 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:11


Bowie, Morrison, os covers e a idade...

por Rogério Costa Pereira, em 24.04.11

Sou algo fundamentalista no que toca a covers dos Doors, mas, neste caso, penso que Jim Morrison não terá dado grandes voltas na tumba. Primeiro estranha-se, depois entranha-se... E até dá para sorrir um bocadinho, o que pode ou não ser um elogio. Não conhecia o "tributo", mas ainda assim, preferia que o ex-camaleão não se aventurasse por estes caminhos. O mesmo diria se Morrison tivesse desatado a cantar Ziggy, coisa que Bowie arriscou fazer. Ninguém canta Ziggy com esse ar sorridente e com esse cabelo, pá (olha que as aranhas marcianas comem-te vivo); já não te lembras como fazias?, 'tás velho, pá!

Olha-te aqui em grande:

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:55


O Bom Inverno

por Rogério Costa Pereira, em 22.04.11

Acabei há dias de ler O Bom Inverno, de João Tordo. Trata-se, definitivamente, de algo de novo na literatura portuguesa. João Tordo tem o mérito de fazer das suas fraquezas forças. Assume-as – assume-se!, como bem se vê no recurso ao novelístico House − com folgança e às escâncaras, quase que a gozar connosco. Bom Inverno é um livro que tem um defeito bom – ele há disso, como o cigarro que ora fumo: o livro não se lê, devora-se. É um defeito, sim, mas, no meu caso concreto, é um defeito muito meu – um defeito do leitor, que é glutão. O romance tem – confirmo! − dos melhores diálogos de sempre – de sempre!, e não exagero − da literatura portuguesa. Bosco é o nosso bicho-papão, o homem do saco, metáfora crua de algo/alguém a que cada leitor dará forma/nome. O eterno monstro debaixo da cama que atenta todas as medranças, os tempos da luz acesa no corredor. Os outros actores, e não é à toa que uso esta palavra – actores ­−, são memoráveis (Olivia é um quadro em branco; nem João Tordo saberá exactamente quem ela é – e escrever é mesmo isto, as palavras a atropelar o instrumentalizado autor). Estamos lá todos e, como na vida, todos temos uma parcela da culpa; até da de estarmos vivos. João Tordo entrega-nos o livro em cru e obriga-nos a recorrer aos nossos sonhos e pesadelos para o cozinhar. É um livro manifestamente incompleto, de tão cheio que vem. Nem o facto de utilizar quatro vezes uma das palavras mais detestáveis da língua portuguesa, procrastinar, me tirou do sério; mesmo na altura em que esta antecede o belo adiar tão mais português. E tão mais bonito.

Em suma, fiquei leitor, e penso que com João Tordo e valter hugo mãe estamos bem servidos, por muitos e bons anos. Não podiam ser mais diferentes, quer nos enredos, quer no domínio das palavras, quer na criação de personagens. Ambos, porém, tem algo em comum. Escrevem de forma despretensiosa, coisa que os afasta de José Luís Peixoto, um fulano que tem tudo para dar certo, mas que exibe um umbigo grande demais. E não, nisto da literatura, a humildade não é algo despiciendo.

PS - Não sou crítico literário, já tenho afazeres que bastem, sou um "mero" leitor. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:48


A tolerância de ponto e a tradição

por Rogério Costa Pereira, em 22.04.11
A desculpa do Governo para conceder tolerância de ponto aos funcionários públicos na tarde de quinta-feira e mais um retrato do país. Que é uma questão de tradição, disse Silva Pereira. Ora é precisamente por causa de tradições como esta que se começa a implantar no país outra tradição, a de recorrer ao FMI. As tradições valem o que valem e algumas não passam de maleitas maníacas a que há que pôr fim. Vícios que só aumentam a doença deste Portugal, que há muito padece de preguicite aguda. O que o Governo disse aos portugueses foi simples: vão a banhos mais cedo, ide descansar, valentes, que o país não está assim tão mal. E os portugueses, de placebo no bucho, assim fizeram, aproveitando as migalhas que lhes restam para comprar uns óculos com lentes de peneira e de peneiras, de forma a encarar o próximo dia 26. Como se a crise que o país atravessa fosse um sonho mau. O problema é que esta bipolaridade, em que cada português são dois, fará Portugal acordar, na terça-feira, com uma depressão do tamanho da realidade. Vai doer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:27


Sócrates, Passos e os carros

por Rogério Costa Pereira, em 21.04.11

É normal, nos questionários da algibeira ardina, perguntar-se se compraríamos um carro usado a fulano, se preferiríamos jantar com sicrano ou beltrano. No que toca a estes dois do título, a questão do jantar nem se coloca. Uma noite a levar injecções na testa parece-me ser algo bem mais agradável. Já no que respeita ao carro, tenho algo a dizer. Não compraria um carro a Sócrates, não senhor − dispenso-me de elencar os motivos. E não compraria ou venderia um carro a Passos Coelho. Neste caso, por piedade. A verdade é que, bem trabalhado, Passos comprar-me-ia um carro sem volante e com meio milhão de kms nas unhas; já sem tanto trabalho, Passos, era gajo para me aceitar − e ficávamos quites − como retoma do último modelo topo de gama de um BM ... uma bicicleta sem rodas.

Assim sendo, dia 5 de Junho, lá estarei. Sem caneta. Num país a brincar.

Nota: fala assim quem entrou nisto de corpo-e-alma? Pois sim, que ao Sporting admito golos marcados pelo árbitro, com a mão e 15 mintos para além do tempo regulamentar. Falta aqui uma frase, à laia de conclusão? Olhem que não... A quem assim pensa é que falta qualquer coisa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:25


António Barreto dixit

por Rogério Costa Pereira, em 21.04.11
"Portugal rendeu-se. O Estado faliu. Estamos a ser governados por maus políticos."
Na RTP, agora mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:29


Barómetro coloca PS à frente do PSD por um ponto - TSF

por Rogério Costa Pereira, em 21.04.11
"Este estudo foi realizado no passado fim-de-semana, uma semana depois do congresso do PS em Matosinhos, do anúncio de Fernando Nobre como cabeça de lista do PSD por Lisboa e com os técnicos do FMI, do BCE e da Comissão Europeia já em Portugal a dar os primeiros passos para o resgate financeiro do país."
Força, Passos, estás quase a conseguir o impensável. Com um bocadinho mais de esforço, com esses cérebros todos a trovejar, talvez ainda seja possível ser ultrapassado pelo PP. Há que acreditar e continuar o bom trabalho.
Credo, que tamanha ineficácia até arrepia; vale o case-study para a posteridade (a haver posteridade, claro).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:06


Então, lampionada, acabou-se a água?

por Rogério Costa Pereira, em 20.04.11
E obrigado, bem sei que hoje é um dia especial, mas ainda assim sinto-me obrigado a agradecer o quão alto trovejaram aos sete ventos que haviam subido. Assim, a inevitável queda soube-me ainda melhor. Agora escrevam 100 vezes: "não mais contarei com o ovo no cu da galinha".
PS - ao pessoal que hoje andou a colorir o meu mural do facebook, que bem sei que isto vai aí parar: não me esqueci de vos agradecer, estes posts estou a fazê-los do telemóvel. Amanhã passo por aí.
Em tempo - Mourinho, Ronaldo, Pepe e Carvalho: obrigado pela sobremesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:10


Assim não vamos lá!

por Rogério Costa Pereira, em 20.04.11
Esta tolerância de ponto de amanhã é a imagem cuspida e escarrada de um país que já há muito perdeu a vergonha. Os senhores do FMI com certeza que tirarão as devidas conclusões. A imagem que fica é a de um mendigo de mão estendida com um cartaz aos pés a dizer "é prós copos".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:15


última hora

por Rogério Costa Pereira, em 17.04.11

Um dos candidatos do PSD promete renunciar ao mandato de deputado se não lhe garantirem assento na segunda fila. O candidato garante que as aulas de sapateado que tem tido lhe permitem patear melhor que ninguém. Por outro lado, assevera, a sua belissima dicção garante um "muito bem, muito bem" que fica no ouvido. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:59


Então e este, pá?

por Rogério Costa Pereira, em 17.04.11

Não lhe arranjam aí um lugarzito como pé-de-atleta de lista? É prá desgraça, é prá desgraça.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:51


Fernando

por Rogério Costa Pereira, em 17.04.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:41

Pág. 1/3



 

 

 

 

 

 

 

Autores

Alexandre Santos facebook LM

Ana Bento facebook Ana Bento

António Leal Salvado facebook LM

Quadratim

Célia Correia facebook Célia Correia
Filipe Figueiredo facebook Filipe Figueiredo
Francisco Clamote facebook FC

Terra dos Espantos

Hélder Prior facebook Hélder Prior

Herculano Oliveira facebook Herculano Oliveira

João de Sousa facebook João de Sousa

Ergo Res Sunt

João Moreira de Sá facebook JMStwitter Arcebisbo

Arcebispo de Cantuária

Micro Cuts

Lu Pelejão Eusébio facebook Lu Pelejão Eusébio

Luis Grave Rodrigues facebook LM twitter LGR

Random Precision

Diário de uns Ateus

Licínio Nunes facebook Licínio Nunes

Manuel Tavares facebook Manuel Tavares

Maria Helena Pinto facebook Maria Helena Pinto

Maria Suzete Salvado facebook MSS

robe de soir

Pedro Figueiredo facebook Pedro Figueiredo

Rogério da Costa Pereira facebook LM twitter RCP

O homem-garnisé...

cadáveres esquisitos

rui david facebook LM twitter rui david

Bidão Vil

itálicos

Arquivo

 

Adriano Pacheco

Ana Paula Fitas

António Filipe

Ariel

besugo

Catarina Gavinhos

Cristina Vaz

Fátima Freitas

Fernando André Silva

Isabel Moreira

Isabel Coelho

João Mendes

João Simões

lucy pepper

Luís Moreira

Luiz Antunes

Miguel Cardoso

Maria do Sol

Maria Duarte

Maria Mulher

Nuno Fernandes

Rolf Dahmer

Sofia Videira

Xavier Canavilhas


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • jamel

    Eu sou um credor que oferece empréstimos individua...

  • jamel

    Eu sou um credor que oferece empréstimos individua...

  • Cleiton

    Puts

  • Ana María Francisco

    O grupo Maria Isco fornece ajuda para resolver a c...

  • Juízes? Nem vê-los !

    E desde quando é que um juíz têm cérebro?Os juízes...

  • rodriguez

    Eu li uma testemunha disposta que falou de um hom...

  • james

    Testemunho Bom dia,Eu fiz uma descoberta que eu go...

  • fernandes

    Para a sua atenção Mais preocupado com seus proble...

  • Marceau robert

    préstamo testimonio entre particular, seria y sinc...

  • Luis Roland

    Bom dia, todos !!!Eu sou Luis Roland Eu gostaria d...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog  





subscrever feeds