Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A pegada não morreu; apenas deslocámos a maior parte das nossas pegadas para o facebook. Enorme pecado, bem sabemos; mas por estes instantes, em que o tempo não abunda, é mais fácil interagir e publicar ali. Esta nossa casa não desaparece; será sempre a referência principal e o lugar das pegadas mais profundas. No entretanto, e quando não nos virem por aqui, é porque estamos aqui:pegadabook. Cliquem no link (não é necessário ter facebook para ler, apenas para comentar) e/ou façam like acima. A todos os leitores e ao sapo, que nunca nos falhou, pedimos desculpa. É coisa de momentos; a pegada será sempre aqui. Aqui é a regra, este anúncio não revela mais do que uma excepção. Já agora, e também no facebook, mas numa onda diferente -- e em que todos os leitores podem ser autores --, visitem o ouvir & falar.

 

 



Uma tragedifarsa em XII actos: "agradecemos muito; de nada."

por Rogério Costa Pereira, em 09.02.12

Se prestarem atenção, ouvirão uma coluna vertebral a partir-se

Do lado da tragédia: Vítor Gaspar, ministro português das finanças

Do lado da farsa: Wolfgang Schäuble, ministro alemão das finanças

(imagens TVI

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41


9 comentários

De Luis Moreira a 09.02.2012 às 22:46

Sinto-me lamuriento, pronto!

De Rogério Costa Pereira a 09.02.2012 às 23:03

Aprecio particularmente o ar do boche ao XII acto.

De Miguel Cardoso a 09.02.2012 às 23:08

Se reparares bem, ele já vai sem ela. Mas, como diz a Maria do Sol, a postura corporal é muito reveladora: curvado, de olhar baixo e meigo, a dar a patinha... Enfim, não deve dar trabalho nenhum em casa desde que se leve à rua 3 ou 4 vezes ao dia.

De Luis Moreira a 09.02.2012 às 23:13

E, agora, como vão eles negar a possibilidade de aliviar a pressão?

De António Leal Salvado a 09.02.2012 às 23:51

Certíssima a frase "do lado da tragédia...". Parecia-me que não a compreendia, mas vi melhor e lá está a linha do e texto bem clara - o caspar (ou é raspar?) escrito ao lado da verdadeira tragédia: "ministro português das finanças". Uma tripla tragédia, em que é difícil saber qual dos três atributos é mais trágico.
O Miguel Cardoso volta a ter razão: 1º acto = Kick me hard; 2º acto = muito obrigadinho.
Gostei do papel do homúnculo - entrou aparvalhado e saíu apaspalhado.

De António Leal Salvado a 09.02.2012 às 23:54

e já agora: qual coluna vertebral?
(foste buscar essa parte a outro filme, Rogério!)

De Ariel a 09.02.2012 às 23:59

mas que que cenaça mais deprimente...!

De Luis Moreira a 10.02.2012 às 00:13

Estou a perder muita coisa. Desculpem estive a preparar o trabalho de casa para amanhã de manhã...

De Rogério Costa Pereira a 10.02.2012 às 10:41

Pois, têm razão. Essa da coluna vertebral foi mal jogada. Tenho de estar mais atento, mas a verdade é que fiquei tão enojado com a cena, cuja substância, aliás, o fulano hoje veio desmentir, que perdi alguma capacidade de raciocínio. My bad.

Comentar post



 

 

 

 

 

 

 

Autores

Alexandre Santos facebook LM

Ana Bento facebook Ana Bento

António Leal Salvado facebook LM

Quadratim

Célia Correia facebook Célia Correia
Filipe Figueiredo facebook Filipe Figueiredo
Francisco Clamote facebook FC

Terra dos Espantos

Hélder Prior facebook Hélder Prior

Herculano Oliveira facebook Herculano Oliveira

João de Sousa facebook João de Sousa

Ergo Res Sunt

João Moreira de Sá facebook JMStwitter Arcebisbo

Arcebispo de Cantuária

Micro Cuts

Lu Pelejão Eusébio facebook Lu Pelejão Eusébio

Luis Grave Rodrigues facebook LM twitter LGR

Random Precision

Diário de uns Ateus

Licínio Nunes facebook Licínio Nunes

Manuel Tavares facebook Manuel Tavares

Maria Helena Pinto facebook Maria Helena Pinto

Maria Suzete Salvado facebook MSS

robe de soir

Pedro Figueiredo facebook Pedro Figueiredo

Rogério da Costa Pereira facebook LM twitter RCP

O homem-garnisé...

cadáveres esquisitos

rui david facebook LM twitter rui david

Bidão Vil

itálicos

Arquivo

 

Adriano Pacheco

Ana Paula Fitas

António Filipe

Ariel

besugo

Catarina Gavinhos

Cristina Vaz

Fátima Freitas

Fernando André Silva

Isabel Moreira

Isabel Coelho

João Mendes

João Simões

lucy pepper

Luís Moreira

Luiz Antunes

Miguel Cardoso

Maria do Sol

Maria Duarte

Maria Mulher

Nuno Fernandes

Rolf Dahmer

Sofia Videira

Xavier Canavilhas


página facebook da pegadatwitter da pegadaemail da pegada



Comentários recentes

  • jamel

    Eu sou um credor que oferece empréstimos individua...

  • jamel

    Eu sou um credor que oferece empréstimos individua...

  • Cleiton

    Puts

  • Ana María Francisco

    O grupo Maria Isco fornece ajuda para resolver a c...

  • Juízes? Nem vê-los !

    E desde quando é que um juíz têm cérebro?Os juízes...

  • rodriguez

    Eu li uma testemunha disposta que falou de um hom...

  • james

    Testemunho Bom dia,Eu fiz uma descoberta que eu go...

  • fernandes

    Para a sua atenção Mais preocupado com seus proble...

  • Marceau robert

    préstamo testimonio entre particular, seria y sinc...

  • Luis Roland

    Bom dia, todos !!!Eu sou Luis Roland Eu gostaria d...


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Pesquisar

Pesquisar no Blog